Boa noite!
Voltamos para a última postagem, de hoje. Gostaria de agradecer a cada um que participou desse projeto que nasceu de uma união, a cada mamãe e a cada blog. O dia de hoje foi muito especial...

“Mães, vocês são como livros!"

Se você não leu as duas primeiras postagem de hoje, não deixe de conferir: "Mães que escrevem" e "Mães Blogueiras".

Para encerrar esse dia especial, vamos a homenagens feitas por Autoras, Blogueiras e/ou Leitoras.


*Todas as Homenagens foram enviadas por livre e espontânea vontade. A divulgação de nomes, textos e imagens foi previamente autorizada.*




Homenagem da Blogueira: Giuliana Sperandio


“Não posso dizer que minha mãe seja um livro. Seria pouco, não teria como descrevê-la em apenas um título...
Talvez tenha sido A Culpa das Estrelas por o destino tê-la escolhido como minha mãe...Nenhuma Prova de Fogo seria capaz de fazê-la deixar de amar as filhas... Ela já esteve várias vezes Perdida com nossas rebeldias, mas sempre encontrou O Melhor de Mim.... Eu tenho Fé no Amor Sem Limites da minha Mãe... Ela é A Verdadeira Bela da Minha Vida. Espero sempre estar no Caminho Certo para que nossos Laços Sejam Inseparáveis... Minha mãe não é um livro, minha mãe é a biblioteca inteira! Eu te amo Mãe!”

*****

Homenagem da Blogueira: Jenny Martins 

Menina, Mulher, minha Mãe.
Lá estava eu, sentada em frente ao PC, pensando em algo bacana pra escrever pra senhora, mas as ideias simplesmente desapareceram da minha cabeça. Nenhuma frase bonitinha, nem um versinho dos tempos de escola, nem poemas de autores famosos apareceram para me inspirar, nada, nada mesmo. Nenhuma uma linha se desenhou na minha cabeça confusa. Então eu resolvi ser pratica e deixar que meu coração falasse por mim. E não é que o sacana sabe ditar direitinho.

MÃE

Se eu fosse definir minha mãe em poucas palavras, diria que ela é: Menina, mulher, engraçada, séria, brincalhona, sensível, durona, sentimental, forte, protetora, carinhosa, romântica (Mãe, a senhora é romântica? hehehe), corajosa, valente, sangue bom. Definir minha mãe em uma única coisa chega a ser impossível, porque ela consegue ser muitas em uma só. Uma vez eu me perguntei; Como ela consegue ser tudo e, ainda assim, ser mais alguma coisa? E meu subconsciente respondeu, ela é mãe. Mães conseguem ser tudo e muito mais.

Minha mãe é muitas em uma só.
É triste quando eu estou triste.
É feliz quando eu estou feliz. (Mesmo quando ela não está)
É durona quando eu sou molenga.
É professora quando eu sou aluna.
É suficiente quando eu sou insuficiente.
É critica quando eu sou a criticada.
É poeta quando eu sou o poema.
É plateia quando eu sou espetáculo.
É o palhaço quando eu sou a risada.
É menina quando eu preciso ser mulher 
É mãe quando eu sou filha.


Minha mãe é de longe tudo de bom que eu conheço, e mesmo sendo clichê o que eu vou dizer agora, eu digo com o coração aberto. Ter você, Celi Lourenço de Oliveira Martins, como minha mãe é a melhor coisa do mundo. Você sempre me colocou como prioridade, esquecendo as suas. Você me faz ver além do que eu posso enxergar. Você é a força que me motiva nos momentos de fraqueza, é a minha luz na escuridão. Você mãe, é sem dúvida nenhuma a melhor coisa da minha vida, meu sol em dias de chuva e meu arco-íris em dias nublados. Você me motiva a ser a melhor versão de mim, e eu estou aqui pra te agradecer. Obrigada por ser minha mãe. EU TE AMO! MAIS QUE ONTEM E MENOS QUE AMANHA. PARABÉNS PELO SEU DIA.FELIZ DIA DAS MÃES.”

*****

Homenagem da Autora: L. L. Alves
Obras literárias: Mudanças | Série Instituição para Jovens Prodígios | As aventuras de Daniela 

“Minha mãe nunca teve que me obrigar a ler um livro. Nunca. Minha mãe nunca teve que me mandar estudar ou fazer dever de casa. Ela era uma mãe diferente, apenas com o olhar a gente sabia. Mesmo assim, foi minha mãe que me fez descobrir o gosto pelas palavras. Sem perceber, sem querer, eu fui me aprofundando e aprendendo, sozinha e na escola, o quanto eu amava as letras. E ela sempre estava lá, com o olhar que dizia tudo sem dizer nada. Foi ela que comprou meus livros Harry Potter, que me deu livros da coleção Vagalume, que com o pouco dinheiro que tínhamos sempre dava um jeito de comprar uma revista ou um mangá; que dizia aos amigos que ela tinha que me mandar parar de ler (você só lê o dia todo!!), ela que hoje diz aos mesmos amigos com orgulho e lágrimas nos olhos que tem uma filha escritora. Foi ela que, com seu apoio e amor incondicional, nunca disse uma palavra que me fizesse desistir da carreira de escritora, porque ela sempre acreditou em mim, mesmo e principalmente em momentos em que nem eu mesma acreditava. Por isso, é claro, quase todas as minhas "mães personagens" tem um pouco da dona Vera Lucia. Todas elas possuem "o olhar", possuem o pulso firme e o amor no coração, prontas para fazer o que for preciso pelos filhos. Hoje, Dia das Mães, tenho apenas a agradecer pela linda mãe que tenho. Hoje, Dia das Mães, posso dizer com todo meu coração: obrigada, mãe.
Feliz Dia das Mães a todas as mamães, sejam escritoras, blogueiras, ou de qualquer outra profissão. Cada uma de vocês é guerreira e merece mais do que apenas um dia em comemoração a tudo que passam para ver o sorriso no rosto de seus pequenos. Felicidades!"

*****


Homenagem da Blogueira: Lisandra Dilara

“Sabe, a minha mamis é ‘mara’; ela me deu o mundo e não no sentido "vida", apesar que isso é super importante. kkkk Ela me deu livros! Isso aí, ela incentiva minha paixão, apesar dela achar que qualquer dia eu vou ficar doida (é mãe, acho que já tô louca mesmo, kkkk). Mas, enfim, a minha mãe é literalmente meu tudo, apesar dos puxões de orelha que não são poucos (eu vivo aprontando fazer o que?).


Mãe se eu tivesse que te dizer alguma coisa hoje, é que você é melhor mãe, amiga, irmã que sempre vou ter. E mais uma coisa, você não gosta de "Eu te Amo", mas eu tenho que te dizer EU PRECISO DE VOCÊ DESDE SEMPRE, PRA SEMPRE (esse é o ‘eu te amo dela’).”

*****
Homenagem da Blogueira: Nuccia de Cicco

“Antes mesmo de aprender a ler, já tinha uma paixão especial por livros. Isso só aconteceu por causa da minha mãe. Ela me estimulou, me presenteou e me ensinou a passar a paixão adiante. Foi dela que ganhei meu primeiro livro ‘adulto’, por culpa dela sou esta viciada de agora, reclamando que não tenho mais espaço para comprar novos livros (não que isso me impeça, óbvio). Mas, não foi só livros que ela me deu. Ela me deu, e continua dando, carinho, sorrisos, apoio, preocupações, brigas, abraços, docinhos, presentes, discussões, livros, lenços de papel e tapas mentais. Ela me apoiou mais do que qualquer um quando terminei meu noivado, quando fiquei surda e tive sérios problemas de aceitação. Ela continua me apoiando em todas as minhas decisões, mesmo achando tudo uma loucura sem limites! Eu tento agradecer todos os dias, mas às vezes palavras não são suficientes. Então, dou um sorriso, um abraço, falo sacanagem. Tenho certeza que ela me entende. Obrigada por tudo, pelo que já foi, pelo que está por vir. Há lembranças que ficarão na minha alma, mesmo após a passagem; papai e você são as principais."

*****

Homenagem da Blogueira: Suelaine Fagundes
Blog: Livros & Tal

“Minha nossa, minha devoção por aquela que me deu e se precisar dá a vida por mim, é algo que não consigo colocar em palavras pelo simples fato de preferir sentir, pois a grandeza do sentimento é muito maior em sua infinita pureza e bondade, o olhar que ela me dá é o olhar mais lindo e mais perfeito do mundo, meu sonho é poder ser para minha filha, não melhor dizendo é tentar ser para minha filha o que ela foi é e será para mim. Estou escrevendo essas palavras pensando em como seu amor por mim é puro e verdadeiro, porque hoje sendo Mãe eu sei o peso que esse sentimento tem, as lágrimas rolam de emoção, pois falar de minha Filha e de minha Mãe é muito fácil e ao mesmo tempo difícil, pois eu acho em minha auto critica que nunca será o bastante para descrever todo o amor que sinto por elas.
Eu não acho que exista um livro para descrever uma Mãe, elas têm de cada, um pouco, claro que somente dos melhores exemplares!
Então é isso, vou ali enxugar as lágrimas que não param de cair e borrar minha visão, para elas nesse dia especial todo o meu amor ainda é pouco!


Feliz dia das Mães para todas as Mães, sejam aquelas de coração, Mãe de bichos, futuras Mães, ou as Mães Tentantes (acreditem, a sua hora vai chegar, tudo no tempo de DEUS, e vocês já são Mães em sua graça e coração).”

*****

Sorteio
Clique na imagem, e saiba como participar.

 Sorteio

*****
Conheça e acompanhe o trabalho dos blogs que formam o grupo "Blogueiras Unidas".





Feliz dia das Mães, sem vocês, nada seríamos!

Dai



Um Comentário

  1. Que lindo, parabéns!
    Ficou muito legal essa série de homenagens!

    ResponderExcluir