Título: Jogos Ardentes
Autora: Ana Sóh
Editora: Bezz
Ano: 2015


Isadora é uma menina do interior forte e determinada, pronta para qualquer desafio e valente para enfrentar os problemas, sozinha. Mas todo mundo tem seu ponto fraco e com ela não é diferente. Ela não tem medo de dizer o que pensa e sente. Isa é uma menina/mulher como poucas, e que sabe o que quer. Isso fica mais evidente quando decide ir embora de sua pacata cidade, para viver na capital, junto com sua prima e melhor amiga, Bruna. Ricardo é responsável e controlador, gosta de tudo sob seu controle e alguns dizem que ele não tem coração. Para ele, o mundo é um jogo onde só existem dois tipos de competidores: o que ganha e o que perde. Ele com certeza é um vencedor que cuida de um império, a empresa de sua família. Mas ele carrega dentro de si um sonho, que parece estar muito distante da sua realidade. O que eles têm em comum? Nada. Mas realmente os opostos se atraem e eles descobrirão que o mundo realmente é um jogo. Um jogo perigoso e ardente. Muito ardente. E a química entre os dois será fatal, porém difícil demais.



 


Oi gente!


Hoje vou falar um pouquinho do livro “Jogos Ardentes” da super simpática Ana Sóh. O livro foi lançado recentemente pela Editora Bezz, e eu fiquei felicíssima com o lançamento, pois acompanhei as postagens fielmente no Wattpad. Essa foi a primeira obra que li da Ana e fiquei apaixonada. Ela é uma pessoa muito carismática e humilde, que dá muita atenção aos seus leitores. Pra mim, isso conta muito. Não basta ter uma história boa, o autor tem que cativar e fidelizar seus leitores. Mas deixando de lado o “blá blá blá” vamos á história do Rick e da Isa. 

Isadora é uma jovem determinada, forte e humilde. Com apenas 19 anos deixou sua família no interior e foi tentar a vida na cidade grande. Isa é uma mulher que tem uma beleza única e marcante, com seus olhos extremamente azuis, pele de porcelana e cabelos vermelhos, ela chama a atenção por onde passa. Tem um jeito de menina e carinha de boneca, mas não se engane, por dentro ela esconde um furacão. Isa é uma pessoa muito justa, defende com unhas e dentes quem ama, detesta injustiça, é obstinada, inteligente e super extrovertida. Mas não foi só os pais que Isa deixou para trás quando decidiu morar com a prima Bruna em Curitiba, ela deixou também o Eduardo, seu ex-namorado.
“Era preciso deixá-lo, ele não quis me seguir e aquela vidinha estava me sufocando. Eu precisava de mais, muito mais. Às vezes é preciso abrir mão de certas coisas para conseguir outras, é a lei da vida.”

Ricardo Stefanell é um homem jovem de apenas 26 anos que assumiu um cargo de extrema importância na empresa da família. Ele é chefe rigoroso e um tanto frio para muitas pessoas. Apesar de jovem, Rick tem uma alma velha, e em várias cenas ele fala de si como se fosse mais velho do que realmente é. Ele tem poucos amigos, mas é fiel aos que tem. Ele vive para trabalhar e raramente se diverte. Prefere não se envolver afetivamente com ninguém, mas não abre mão de seus casinhos. Como é filho único, seu pai depositou em suas costas toda a responsabilidade de assumir, em um futuro próximo os negócios da família, fazendo com que abrisse mão de sua verdadeira vocação.

“Ocupo um cargo de extrema importância, mas que não me faz feliz. Meu pai jamais aceitaria o que me faz feliz, já que essa empresa é tudo para ele.”


Bruna, a prima de Isa, trabalha como recepcionista na empresa de Rick, e está prestes a ser promovida. Ela tem um ótimo relacionamento profissional com Rick, e não consegue esconder sua euforia em ter sua prima morando com ela. Quando Ricardo vê Isa pela primeira vez, através de uma foto mostrada por Bruna, ele fica encantado. Nunca tinha visto uma mulher tão linda, e isso o deixa totalmente desconcertado. Sem pensar duas vezes, ele oferece o cargo vago de recepcionista para Isa. E assim os dois começam a conviver diariamente.

Isadora também não fica imune à visão de Ricardo. Porém nenhum deles quer um compromisso, mas é inevitável resistir à atração avassaladora que surge entre os dois. Mesmo querendo resistir, eles não conseguem se manter separados, e assim começam a viver uma sedutora história, um jogo ardente, onde a palavra amor não será aceita. Será?!


“Ela tem um sorriso de menina, angelical, não parece nada com essa mulher de fogo que conheço e quero possuir.”

Aos poucos, o que era apenas uma noite, vira várias e a paixão começa a dar sinais de amor. Porém, terão muitas pessoas querendo acabar com a alegria desse casal, e vão jogar sujo para conseguirem o querem. Gente, o Rick é maravilhoso! Ele muda completamente quando a Isa chega em sua vida, começa a enxergar as coisas com outros olhos e passa a viver mais livremente. Ele é um homem atencioso, protetor, romântico, possessivo, carinhoso e muito apaixonado. A Isa teve o poder de colocar para fora tudo o que Rick tinha de melhor. Os dois se completam e nos agraciam com cenas quentes, apaixonadas e lindas. A Isadora é uma personagem incrível! Ela é sincera, forte, impulsiva, não leva desaforo pra casa e luta por aquilo que acha certo. Ela tem um carinho imenso pela família, e isso é emocionante de se ler.

“Dizem que todo mundo tem um verbo – ele chega perto novamente e passa a mão no meu rosto. – O meu, é sentir. Eu sinto. Adoro sentir as coisas, sebe... – sorri. – Qual é o seu verbo? (...) – Então eu vou te ensinar o verbo sentir.”

Jogos Ardentes tem um enredo quente e ao mesmo tempo leve, sensual, envolvente e descontraído. O livro conta com o ponto de vista de ambos os personagens, intercalados entre capítulos. Mesmo Isa e Rick sendo o casal protagonista da trama, o livro ainda conta com personagens secundários marcantes, como por exemplo, a Bruna e o Pedro, e a Juliana e o Gustavo. A autora explorou um pouquinho do romance desses casais e nos deixou com gostinho de quero mais.

“- Viciada? Ora, Ricardo! Digamos que meu verbo também seja sentir. Só que no modo hard.”

Uma trama marcada de cenas sensuais, drama na medida certa, a paixão e o amor são pontos de destaque no livro, assim como a amizade e a família. Um livro gostoso de ler, o enredo te prende e não é nem um pouco maçante. A leitura flui facilmente, é leve, gostosa e divertida. O Ricardo é um personagem marcante, assim como a Isa. Ela faz o tipo de mocinha que eu gosto, não tem meio termo, não fica parada esperando cair do céu, ela corre atrás, luta e não desiste fácil. É bem humorada e está sempre pronta a ajudar, principalmente se forem seus amigos. É honesta, destemida e pavil curto. Ah! E tem uma carinha de anjo que esconde em seu interior uma diabinha que virou nosso Rick do avesso. Adoro! RS. Falando em Ricardo... Ele é um príncipe! Vou deixar vocês descobrirem e se apaixonarem por ele também. Uma leitura mais que indicada!

“Eu quero te dar todo o mundo e principalmente todo o meu amor. Eu sou seu, serei eternamente seu. Obrigada por me libertar.”


Ana, parabéns pelo lançamento! Te desejo todo o sucesso do mundo! Saiba que Isa e Rick são meus queridinhos e estão guardados na minha memória literária para sempre. Rs

“O nosso amor é assim: quente, bruto e selvagem. Ardente, muito ardente. E eu quero me queimar no fogo dela para sempre.”


Adquira o E-book de Jogos Ardentes na Amazon.



******

Até a próxima!
Dai




2 Comentários

  1. Aii adorei a resenha! Estava de olho nesse e-book, mas estava esperando uma resenha para me dar uma dica da leitura. Gostei bastante, e me parece ser um livro bem legal. Vou correndo na Amazon... kkkkk

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Ainnnnnn eu comprei! Adorei a história! O Rick realmente é incrível! OMG JMJ
    E a Isa faz o tipo de mocinha que adoro. Parabéns a autora e obrigada ao blog pela dica de leitura.

    BJKS

    ResponderExcluir