Oi gente!

Vamos falar de coisa boa? Sim! Convido vocês para conhecerem a nova parceria do blog, a autora Tahiana Andrade S. BorgesA autora estará lançando no mês de setembro seu primeiro livro pela Editora Novo Século, no Selo Talentos da Literatura Brasileira.

Tahiana, seja muito bem-vinda ao Cheiro de Livro Nacional! Muito obrigada pelo carinho e confiança. 




Tahiana Andrade S. Borges é Psicóloga, especialista em Gestão de Pessoas. Atua na área clínica e organizacional. Escreve artigos para diversos blogs e revistas eletrônicas e ministra palestras em empresas, escolas, equipes de saúde e comunidades,sempre com temas relacionados à Psicologia, Comportamento Humano e Bullying. Sofreu bullying na infância, por 4 anos consecutivos, e por isso desenvolveu um interesse especial pelo assunto, dedicando-se a estuda-lo profundamente nos últimos anos.
Tem 28 anos, é casada, bahiana de Salvador, apaixonada por livros, música e Psicologia.








Atualmente o fenômeno bullying/violência escolar tem sido assunto de constante preocupação e discussão entre professores, pedagogos, psicólogos, pais e estudantes em todo o mundo. Isso acontece devido ao crescimento desse fenômeno, que tem feito com que muitas crianças sofram violência física, psíquica e verbal no ambiente que deveria lhes transmitir segurança e socialização: a escola. Com isso, o bullying passou a ser considerado um problema de saúde pública internacional.
O livro “Memórias do bullying” aborda o assunto a partir de duas perspectivas: a experiência profissional da autora do livro como estudiosa dos fenômenos psicológicos relacionados ao bullying e; as experiências de ter sido vítima de bullying na infância, corroborando as pesquisas citadas no livro. Dessa forma, os profundos sentimentos e emoções vividos durante os 4 anos em que a autora sofreu com o bullying são narrados em paralelo a estudos inovadores sobre as causas, as consequências e os aspectos psicológicos que envolvem o problema. Em “Memórias do bullying” é possível compreender a definição, as formas e a origem da violência escolar entre alunos, além da percepção sobre o perfil das crianças envolvidas, as consequências na vida infantil e adulta e estratégias de intervenção e prevenção acompanhados de uma história de sofrimento que foi transformada em superação narrada com sensibilidade em trechos autobiográficos.





Até a próxima!









2 Comentários

  1. Olá, Dai!
    Ainda não conhecia a autora e fiquei curiosa com o livro.
    Mas, só lendo para termos as nossas próprias opiniões sobre este assunto tão delicado, que na verdade, já existe desde que o mundo é mundo...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a autora/livro, mas parece um livro bom com um tema interessante, apesar de estar bem comum livros com ele.

    ResponderExcluir