Isadora foi embora e Alexander viu seu mundo ruir. Ele fez de tudo para esquecê-la. Desesperado e sofrendo, tornou-se outro homem: implacável, frio e indiferente. Agora Alex está obstinado a encontrar e punir os culpados que destruíram a sua vida no passado. Após alguns eventos, Isadora retorna à empresa decidida a reconquistar o seu grande amor. Mas a reconciliação parece impossível. Intrigas, armadilhas e perigos envolvem o casal. Será que Alexander e Isadora conseguirão vencer os obstáculos e viver o amor em sua plenitude? O segundo volume da duologia Fênix despertará nos leitores fortes emoções.



Clique AQUI, e adquira o seu e-book.




Sublime Renascer da Fênix é o segundo – e último – volume da duologia Fênix, da autora Nina Müller. Bem, se você leu a minha primeira resenha, sabe que o livro me virou de ponta à cabeça. O primeiro livro foi intenso, e este não me decepcionou, manteve a linha e me surpreendeu do começo ao fim. A história está recheada de tensão, suspense, sensualidade e esbanjando amor, paixão, superação e redenção. Nossos protagonistas irão nos provar que o amor é capaz de superar qualquer barreira, maldade, armação e orgulho.

O final do primeiro volume me deixou em cólicas e com a respiração presa por alguns segundos. E quando comecei a ler sua sequência, os mistos de sentimentos voltaram com tudo. Depois de cair em uma armação de um ex-caso de Alex, Isadora sai com o coração estilhaçado e junto, leva o de Alexander. Por sua vez, nosso Zeus fica arrasado, ferido e totalmente perdido. Durante todo o relacionamento deles, ele não conseguiu professar seu amor à sua Afrodite. E durante a hipótese de perdê-la de uma vez por todas, ele resolve desnudar sua alma, porém, já é tarde demais. Dora não só não acredita em seu amor, como também em sua inocência. No lugar dela, eu também não acreditaria nele. Todas as provas e a falta de comprometimento dele, a leva a acreditar na mentira contada. Determinado a se vingar de todos os que acabaram com sua felicidade, e a arrancar de vez Isadora do coração, nosso homem de aço junta – mais uma vez – suas cinzas e renasce novamente. Entretanto, dessa vez, ele volta mais frio, mais rancoroso e muito mais amargo.

“O melhor pedaço de mim está aqui e resta-me saber se ela trouxe consigo o coração que arrancou do meu peito.”

“Vejo em seus olhos a confusão de sentimentos que ele se encontra neste momento. Tudo se torna explícito para mim. Amor e raiva duelam dentro dele, enquanto somente o primeiro explode em mim.”

Algum tempo depois, Isadora recebe as provas de que caiu em uma bela armação. Decidida a reconquistar o amor de seu Zeus, ela retorna disposta a conseguir o impossível. Entre muitos jogos de sedução e ciúmes, os dois não resistem e caem nos braços um do outro. E, enfim, conseguem encontrar a paz merecida. Porém, suas vidas não serão um mar de rosas. Os inimigos de Alexander que estão à caça de sua cabeça, colocarão sua vida em risco e também daqueles a quem ele tanto quer bem, começando por Isadora. Seremos apresentados a novos personagens e também a novos segredos e revelações. E de onde Alex menos espera, virá a grande apunhalada, podendo levar a perder o seu bem mais precioso, o amor de sua vida, sua Afrodite.

“(...) Eu estava cego e imerso em meu passado, desprovido de tudo que era bom. Mas você chegou e, de mansinho, foi abrindo brechas em mim, penetrando em meu coração, despertando coisas que nem eu sabia que podia sentir.”

O segundo volume da trama está regado de emoções extremas, que me fez ter uma miríade de sensações. A autora não deixou nenhuma ponta solta, tudo foi devidamente finalizado. Todos os personagens tiveram um final merecido, ninguém foi esquecido. Alex nos prova que o amor tem o poder de curar um coração ferido e uma alma cansada. E quando você se abre aos bons sentimentos, e faz o bem, a vida te recompensa com felicidades que antes pareciam inalcançáveis. A Isadora para mim foi uma personagem que se manteve firme desde o começo. Lutou, amou e conquistou. O final dessa trama intensa, excitante e extremamente viciante, fez meu coração respirar e eu tive a certeza de que o amor, seja ele de qual forma for, sempre será capaz de fazer mudanças incríveis na vida de qualquer pessoa.  E após finalizar mais uma leitura da autora, digo que virei uma super fã da sua escrita e do jeito envolvente de suas histórias. Os personagens criados foram super marcantes e a história soube me cativar e ganhar um espacinho no meu coração.

“A minha Afrodite, a mulher que eu amo, que foi responsável por me trazer das trevas à luz, que encheu de vida os meus dias nebulosos, que deu sentido ao significado da palavra amor. (...) E isso não se explica, apenas se sente.”


 

A AUTORA


Nina Müller é capricorniana, formada em Letras e Direito, com especialização em Língua Inglesa. Gaúcha de nascimento, ela começou a escrever nas horas vagas em janeiro do ano de 2014. Atualmente é escritora de romances eróticos. A paixão por livros começou desde a pré-adolescência, escrevendo alguns poemas e narrativas curtas. O Enigma da Borboleta Azul é seu romance de estreia na literatura erótica. Seu segundo romance se intitula O Ardente Cativeiro da Fênix.










Amanhã Tem uma super entrevista com a autora Nina Müller aqui no blog. Não perca!










2 Comentários

  1. Eu PRECISO ler com urgência! Amei a resenha e agora estou em cólicas! kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Oi! Já estava com esse livro na minha lista. Vou começar a leitura essa semana ainda e ele tem tudo para me surpreender!

    ResponderExcluir