Oi, gente! 

Hoje vamos conhecer o segundo lugar na votação "Melhores romances do Wattpad no ano de 2015". E quem levou a segunda colocação foi o livro "Um conto quase de fadas" da autora Widjane Albuquerque.

Confira também, a super entrevista que a autora concedeu ao blog. E no final deste post, ainda teremos as palavras dos leitores.

Vamos lá?!




Siga a autora:







Um conto quase de fadas
A obra ficará completa no Wattpad até dia 30/01/16

Leia AQUI




Uma vez eu disse para um querido amigo que o tamanho de sua vitória seria um reflexo do tamanho da sua fé.O que eu não sabia era que a minha fé seria testada duramente, uma vez pós outra. Eu vivi muitas coisas em pouco tempo, poderia dizer que foi uma montanha russa emocional, mas nunca deixei de acreditar. Deus sempre esteve ao meu lado, mesmo quando eu trabalhava para uma mulher abusiva Deus esteve comigo, quando eu vivi meu primeiro e único amor ele esteve comigo, quando eu chorei de saudade ele esteve comigo. Quando me decepcionei ele estava lá. Então eu tive meu coração arrancado do meu peito, eu vi ele sendo retirado, esmagado, depois resposto no lugar, e quando finalmente ele parou, Deus me deu a prova de seu amor por mim. Mas isso ainda não era o fim. Não posso descrever a dor em minha carne... Ele chegou e quebrou-me. Eu sofri... eu chorei... eu desmoronei... mas no fim eu sobrevivi, e vivi plenamente...Quebrou meu corpo... minha mente... Minha consciência e sanidade... Mas meu espírito se manteve intocável, envolto é uma escudo duro e impenetrável, eu sabia que mesmo em meio a tempestade mais selvagem Deus estaria comigo. Guiando-me na escuridão. Eu fraquejei por um pequeno momento, não conseguia medir o tamanho da minha angustia, era algo alem desta vida. Era algo descomunal, eu estava morta. Mas eu vivia... E Você... Acredita?Eu sempre acreditei que Deus tinha um plano para mim, que o fato de tudo ter acontecido da forma que foi era necessário, eu não entendia, mas eu sabia que aquele não era meu fim... Eu sempre acreditei... eu acreditei e continuo acreditando.... Mesmo sem luz, sem esperança, sem nada eu continuei lutando e acreditando. E Deus deu minha resposta! Completamente avassalador em sua defesa a mim, sua filha... ele rugiu, eu pude ouvir... e vi a luz... Eu acreditei...



 


Entrevista

1) Quando você percebeu que seu desejo era ser escritora?
Quando as histórias estavam se amontoando em minha cabeça. As vezes eu estava tentando me concentrar em coisas mas ai eu estava pensando em uma cena, um beijo apaixonado... juras de amor. Não houve chances, eu precisava dar voz a esses personagens.

2) Como foi a sua primeira experiência com a plataforma do Wattpad?
 Eu postava uma fanfic no face,(atualmente está sendo repostada no wattpad). Bom, eu estava lá postando meus capítulos bem tranquilamente quando fui colocada em um grupo de uma escritora. Eu não sabia como fazer para ler, e ela me explicou então eu passei meses sendo apenas uma leitora, até que criei coragem e escrevi.

3) Qual o seu objetivo com suas histórias?
 Sabe, se eu parar para pensar eu não tenho um objetivo único. Por exemplo, eu abordo temas atuais, sejam eles simples como a diferença de idade entre um casal ou o trafico humano. Eu não consigo fazer história onde é só amor alegria e retratos perfeitos. Minhas história tem muita cena forte, perda, recomeço e fé. Eu não opto pelo simples, e confesso me desgasto terrivelmente em certos pontos, mas penso que se tem 1 leitor eu escreverei para ele. E assim compartilharemos juntos.


4) O que a escrita afetou a sua vida? Mudou muita coisa?
 Na verdade tornou minha vida agitada demais, eu era a simples universitária simplória que estava feliz em ler. Mas então meu livro começou a crescer e eu ganhei um celular que pegava  whatsApp (kkkk), perdi minha paz e adorei cada segundo.


5) Como você critica e enxerga o seu trabalho?
 Eu critico no sentindo de que, onde eu poderia ajustar essa parte? Eu sempre fico pensando e repensando, imaginando a melhor maneira de transmitir a idéia e nunca perder o foco, o que pode acontecer, meu mocinho é louco e eu sou louca com ele. Alem de lindo, Rocco não se apega a normalidade, ele tem problemas de controle de temperamento, o infeliz é possessivo como um cão com seu osso, e teimoso como uma mula empacada. Por fim, ele dita as regras e eu sou apenas aquela que transmite. Então poderia dizer que eu o critico por ser assim, e  no fim, acabo sendo a louca citada a cima, pelo simples fato de brigar com meus próprios personagens. rsrs

6) De onde surgiu a idéia para livro “Um conto quase de fadas”? Conte-nos um pouco sobre ele.
 Foi louco, veja bem. Pode parecer clichê mas eu tive um inside com essa história. Eu vi uma cena terrivelmente emocionante, dolorosa e letal. Eu vi a dor de uma mocinha aparentemente frágil e o cinismo de um homem aparentemente poderoso. Vendo assim, fica como se fosse algo corriqueiro, mas ali existia tanto amor e ódio que eu me vi sem fôlego. Então como se pudesse eu pausei a cena e olhei ao redor. Eu faço isso, e simplesmente não esqueço de nada. Bom, eu olhei a cena inteira, consegui ver as coisas a volta, e captar as emoções. Comecei o livro a partir dessa cena, escrevi quase 40 paginas e guardei, então sabendo do grande momento do livro, Rocco se mostrou insuportavelmente perfeito. Ele cativou suas leitoras, só para depois fazê-las odiá-lo. Ele sempre disse, "não sou um mocinho", e de fato ele nunca foi. Rocco é briguento, possessivo, apaixonado. Se ele quiser ele vai lá e vai pegar, como dizem seus amigos, ele é o "TODO FODEROS MASARI", porem sucumbiu ao amor, e hoje ele o vive todos os seus dias.

7) Widjane, quais são os seus escritores favoritos? Eles te inspiram?
 Eu poderia citar uma longa lista, mas existem três que sacode meu mundo.
 Barbará Cartland – Gena Showalter – Kresley Cole
 Eu amo essas escritoras com tudo de mim. são perfeitas e sim me inspiram até o ultimo fio de cabelo.

8) Como autora, qual é o seu maior sonho?

Ter um livro publicado, poder passar em uma grande livraria e encontrá-lo lá. Nossa, isso seria como ganhar de presente todo o saco do papai Noel de uma vez.

9) Você utiliza algum material como referência para escrever, faz pesquisas, ou é pura inspiração e criatividade?
Quando se trata de dados clínicos, doenças, coisas de conteúdo documentário eu faço pesquisa.
Por exemplo, tenho uma querida amiga que é medica, e para o livro do conde ela me ajudou demais. Não gosto de criar situações impossíveis, então em muitos casos eu preciso estudar muito.

10) Como é a sua relação com os fãs?
Eu os mantenho perto. Meus grupos estão lotados, falo horas e horas que as vezes durmo com o celular na mão. Quando podia eu respondia a absolutamente todos os comentários e quando vi que não poderia mais, eu fiquei triste comigo mesma, mas sempre estou lá.
Mesmo aquelas leitoras que tem prazer em apenas criticar eu gosto de ter contato, porque eu fico em expectativa, porem, quando as coisas passam de bom modos a grosseria, o  trem fica carregado.

11) Conte-nos um pouco sobre você. Quem é Widjane Alburquerque?
 Eita, difícil isso heim.
Não vou falar de qualidades, seria melhor perguntar para alguém que me conhece, então vou falar apenas um pouco sobre minha vida.
Bom, eu sou uma pessoa muito emotiva, as pessoas ao redor sabem que pode contar comigo independente de qualquer coisa. Prezo meus entes queridos, porque conheço a dor da perda, então não deixo de dizer eu te amo quando sinto vontade.
Vivo intensamente, em sua grande maioria morta de cansada, mas gosto dessa sensação, ela me dar a consciência de dever cumprido. Amo meu curso, fazer Biblioteconomia é como passear no parque, prazeroso até dizer chega.
Ademais, eu simplesmente ainda não acredito no tanto de gente bacana que o livro trouxe para minha vida, em muitas vezes eu me misturo tanto que esqueço que sou a escritora, falo besteira, tomo umas Skol beats e mando áudios para minhas amigas e familiares.
No fim, eu sou aquela que vai tentar fazer o povo rir quando quer chorar, mesmo que minhas lagrimas brilhem em meus olhos.

12) Deixe um recado para seus leitores.
Diiiiiiiiiiiiivas, amores, eu gostaria de agradecer mais uma vez por vocês fazerem parte de algo tão importante na minha vida. Vocês transformaram algo simples em algo fenomenal, por vocês consegui juntas todo o Brasil e o mundo em um mesmo lugar.
Cada uma de vocês retém um pedacinho do meu coração, e todas sabem o quando eu as prezo.
Obrigado por tudo, e vamos né, porque o que mais tem aqui é história para vocês...





E para finalizar este post super especial, demos a palavra aos leitores da Widjane. 

Sei que muitas leitoras gostariam de expressar sua admiração pela autora, mas infelizmente o nosso espaço é limitado. Sintan-se parte de cada depoimento!


Widjane, espero que goste dessa pequena homenagem feita por seus leitores, que está transbordando muito carinho e amor.








♥ Lucy Gama

O que falar sobre você Widjane Albuquerque?! Eu fico pensando e a única palavra que me vem à mente é Incrível kkk Você simplesmente ilumina nosso grupo quando chega nos trazendo alegria com o seu jeito descontraído de ser... Você também é forte, pois passa por muitas coisas para conseguir o seu objetivo, e mesmo naqueles dias frios e tristes você busca a força necessária para seguir em frente. Para mim é um prazer imensurável ter te conhecido, e fazer parte do seu grupo é uma felicidade. Só tenho a agradecer e dizer que você é maravilhosa. Te Adoro Diva! Agora Um Conto Quase De Fadas é simplesmente perfeito, você simplesmente me prendeu e eu nunca mais consegui largar rsrs este é um dos poucos livros em que a escritora, creio eu, escreva com o coração, que nos afoga em um turbilhão de emoções. Isso UCQF é uma turbilhão de emoções porque sentimos os sentimento que cada personagem nos transmite , aprendemos com a Vick a colocar Deus sempre em primeiro lugar e mão ficar pensando nele só nas tristezas mas nas alegrias também porque Deus tem um propósito mais em nossas vidas... Acho que nunca chore, sorri, xinguei, fiquei com ódio e muito revoltada além de muito excitada também kkkkkk Diva mesmo com críticas de pessoas que não compreendem o seu livro, você continuou mesmo desanimada. Nós do grupo 2 estamos aqui, sempre do seu lado para te apoiar em qualquer situação ... Quero te agradecer por nos permitir ler os seus livros e ter nos apresentado os seus filhos kkkk aqueles lindos gostosos e molhadores de calcinhas kkkkk. Muito obrigada Diva! - Lucy Gama GP 2








♥ Lind 

Sabe aqueles livros que te fazem chorar, sorrir, ficar com raiva, ficar ansiosa, ficar revoltada, se apaixonar, odiar, amar? Então UCQF é um desses livros! Você incorpora os sentimentos dos personagens!! Você chora com as merdas que Rocco faz, você ri do Dinka, Will e tia Laura, você se emociona com o modo que Vic se posiciona diante dos problemas, você fica com ódio mortal dos vilões, as vezes fica com ódio do Rocco ( mas só as vezes), você ama as fofuras que Rocco faz para Vic, você fica ansiosa para o próximo capítulo!! E também temos uma escritora super carinhosa, legal, engraçada, com uma mente brilhante e com os melhores filhos da face da terra. - Lind GP 2








♥ Aguitha 

Widjane Albuquerque, mas conhecida por nós como Diva, não tem esse apelido à toa. Uma escritora fantástica, maravilhosa, atenciosa e que busca sempre ser respeitosa e humilde com seus leitores. Ela transmite através de seus livros, não apenas uma história para nos entreter. Nos ensina a cada capítulo uma lição diferente: ora a sempre acreditar nos planos de Deus, ora buscar o perdão e não julgar e nem guardar magoas, ora buscar ouvir o lado da outra pessoa, antes de julgá-lo. Ela transmite a todos nós o prazer de sentirmos livres e amados através de suas obras. Um conto quase se fadas, é assim. A cada capítulo novo a ansiedade toma de conta, com expectativa de encontrar risadas, choros através do sofrimento dos personagens, a raiva por causa dos vilões. Literalmente ela consegue transmitir os sentimentos e angústias dos personagens a cada um de nós que lê. Ela é a nossa Diva dos livros, que merece todo o sucesso do mundo. Ela junto de Um Conto Quase de Fadas, conquistaram não só milhares de pessoas, mas fãs que sempre estarão ali, ao lado dela pro que ela precisar. E presenciar sua chegada ao topo, que é onde ela merece estar. - Aguitha Gp2






♥ Rebs 
O que podemos descrever de quem nos inspira a ser melhores dando exemplos fictícios e mesmo assim não tirando a proximidade que temos?! Digo de maneira curta que nada nos preparou para quantidade de sentimentos que temos ao ler sua obra, cada palavra escrita, é como se fosse uma tela sendo preenchida das cores que o próprio coração não sabe como reagir. Sim, estou dizendo coisas bonitas sem sentido, mas nenhuma palavra é capaz de descrever a inspiração que nos passa através de cada contato com cada leitor (a). Diva é uma palavra que sempre usamos para te descrever, pois é assim que nos sentimos quando estamos lendo ou conversando com você. Mais de uma vez te disse qual foi e qual é o seu papel na vida de cada leitora que tem contato, e eu não canso de repetir. Então, se for necessário, falarei mil vezes. Me falaram uma vez, que tudo que somos, refletimos de alguma forma. A sua é bem brilhante, que quase ofusca as outras, por isso muitas se sentem oprimidas e até mesmo com inveja. (Faz parte!) Suas obras são inspiração para termos algo melhor em que podemos nos refletir. Seus livros são ensinamentos que de forma bem rasteira nos prende e nos fazem a sermos pessoas melhores. Amo-te e a teus livros, como um sol gosta de brilhar. Enfim, a humildade aqui e aquela que ganho o troféu de mais briguenta se despede dizendo que nem tudo são flores, mas é pegando nos espinhos que nos tornamos mais forte. - REBS Gp2





Gostaria de agradecer imensamente as leitoras que toparam participar deste post tão especial. Meninas, muito obrigada!

Por fim, gostaria de agradecer de coração a autora Widjane, pela simpatia, alegria e carinho com que me tratou. Obrigada por topar nos conceder essa entrevista e por ter me atendido com toda a paciência do mundo (hahhahaha). A Família Cheiro de Livro Nacional sempre estará de portas (e coração) aberto para você, suas histórias e suas leitoras.

Até a próxima!







7 Comentários

  1. Meu Senhor amado. Isso é tão lindo de ver. A Diva é Diva, porque sim. Fico tão feliz de que agora muitas outras pessoas vão ter a chance de conhecer os seus filhos lindos, nossos sonhos.

    Só pra dizer que essa história é muito mais que só isso, porque a Diva faz dela tão real que as vezes eu me pego perguntando a qualquer pessoa alheia à isso, se ela sabe o por quê do Rocco ter feito uma coisa ou outra, se ele(a) também não se emocionou com a atitude da Vic, se também não riu até doer a barriga com as besteiras do Dinka, como se eles estivessem inseridos no nosso cotidiano. E esse é o poder que a Wid tem, de trazer para nós um mundo novo, não cheio de fantasia, e amor irreal, são pessoas, simples ou não, que vivem de acordo com os caminhos que a vida impôs, tem dor,tem força, tem fé, tem superação, recomeço. É lindo, é Divo, e nos ensina a ter esperança.

    Muito obrigada Widjane, por nos deixar conhecer essa mistura louca de emoções, não é em vão.

    ResponderExcluir
  2. Só uma coisa a declarar: esse livro é incrível! Amo a escritora❤❤

    ResponderExcluir
  3. Mesmo não tendo contacto com a autora acho ela uma boa pessoa mais acho que sou suspeita já que eu amo o livro dela😃

    Não existe um único livro dela que eu não vá ler com todo o prazer do mundo.
    Desejo tudo de bom a nossa querida autora!

    ResponderExcluir
  4. Wid ja disse que você é perfeita? Amooo seus livros

    ResponderExcluir
  5. DIVAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!! TE AMO!!! VOU CASAR COM VC!!! kkkkkkkkkkk... Sucesso para Ti mulher, você merecer ter seus sonhos realizados!! O dia que seus livros estiverem em uma editora famosa... eu vou sorrir porque eu vou pensar: Caramba, eu fiz parte disso, eu li, comentei e votei, e acredito que muitas aqui vão se sentir assim, pq vc sempre nos disse q somos nós que fazemos você continuar!!!! Te adooroo!!! <3

    ResponderExcluir