"O que você faria se dividisse um prêmio de trezentos milhões de reais com um desconhecido?"
Pauline de Freitas Dias, uma mulher bem-resolvida que ama viver a liberdade plena, sabe exatamente o que fazer! Ela já tinha em mente o itinerário da viagem mais incrível de sua vida antes mesmo de apostar. Sua empolgação ao falar dos destinos mais inusitados da lista contagia o tímido Joseph Ayres, com quem literalmente esbarra na fila da lotérica. Ele é convencido a jogar pela tagarelice sem fim da doidinha, mesmo que relute devido aos seus princípios rígidos. O destino faz com que marquem os mesmos números e ganhem uma bolada inédita! Animada com a sorte dupla, Pauline convida Joseph para acompanhá-la em uma aventura pelos lugares mais exóticos do país. De cara, percebem o quanto são diferentes: ela é uma paulistana completamente liberal e ele é um mineirinho virgem que acabou de ser enxotado pela noiva. Disposta a fazer Joseph se permitir de verdade, Pauline estipula três regrinhas antes de iniciarem a viagem: 1) nada de usar o celular, 2) experimentar tudo o que puderem e 3) não se apaixonar. Ambos têm muito dinheiro para gastar e nada a perder, mas não podem prever que essa experiência única se tornará a mais louca de suas vidas, principalmente quando começam a quebrar as regras, uma por uma. (Conteúdo erótico +18)




Compre aqui: Amazon




Clique aqui, e adicione Eu Nunca no Skoob.









Quando tomei conhecimento deste livro nas redes sociais da autora Mila Wander, fiquei super curiosa com título. E mesmo assim, me segurei e resolvi não acompanhá-lo pelo Wattpad, porque sou muito ansiosa, prefiro pegar e ler de uma vez. Sorte a minha que ele não demorou nada a ser lançado na Amazon. Então, “Eu Nunca” é a minha sétima leitura deste ano (devagar e sempre!). A primeira coisa que quero ressaltar sobre o livro, é que essa dobradinha de Divas, Mila Wander e Josy Stoque, deu super certo. As duas conseguiram criar um livro super divertido, intenso, sensual, fofo, carismático e que com certeza sai do padrão mais do mesmo. Nele, não iremos encontrar um mocinho fodão, pegador e dominante. Nem vamos encontrar uma mocinha tímida, tapada e inocente. Ah, não mesmo! Nossos protagonistas são totalmente fora dos padrões. Prepare-se para se apaixonar pelo tímido e recatado Joseph Ayres, e para morrer de rir da louca varrida Pauline de Feitas Dias.

“E que assim seja para todas as coisas boas que existem. Renascer é a palavra.”

A vida de Joseph e Pauline não tem nada em comum. Na verdade, essas duas pessoas não são nem um pouco parecidas, se comparam perfeitamente com a junção da água com o óleo. Mas, em um dia chuvoso no interior de Minas Gerais, mais especificamente na cidadezinha de Itaú de Minas, a vida desses dois se cruza e se entrelaçam para sempre. Depois de tomar um belo pé da bunda da noiva, Joseph fica arrasado, totalmente desolado e achando que seu mundo acabou. Ele foi criado de maneira simples, por pais carinhosos, porém, sua mãe sempre foi muito religiosa, controladora e um tanto preconceituosa. Desta forma, Joseph acabou crescendo desta forma. Ele é muito religioso, tímido, inocente e pasmem, virgem. Isso mesmo, ele é virgem! Mesmo estando noivo há dez anos, ele nunca cedeu aos prazeres da carne, estava se guardando para sua esposa, que até então, seria sua amada Laurene. Sua vida já não ia lá grandes coisas, ele nunca teve muitas metas na vida, sempre viveu cheio de regras e pudores, não gostava do seu trabalho, mas era conformado com o que tinha. Acho que se resume bem, ele vivia no conformismo. Mas tudo estava traçado para mudar, e quando entra na lotérica para pagar suas contas, ele conhece uma mulher doida, simpática e que fala pelos cotovelos. Pauline chega chegando, com todo o seu entusiasmo natural e convicta que aquele seria o seu dia de sorte. Munida de toda a sorte que julga ter, ela vai a Loteria jogar na Hiper-Sena, já acreditando que seu mundo iria mudar naquele dia, e que assim, conseguiria realizar seu sonho: viajar pelo Brasil, conhecendo todos os seus encantos sem dia de retorno. Já de primeira ela sente uma conexão com aquele recatado rapaz. Disposta a dissipar toda a tristeza dele, e agindo por impulso, convida-o para viajar com ela, caso ganhe o prêmio. Mas é lógico que ele não aceita. Contudo, no fim do dia e de saco cheio da vida que tem, em um momento de loucura, ele retorna a loteria e no último segundo, resolve jogar e arriscar pelo menos uma vez na vida. E eis que a sorte estava com esses dois, e alguns dias depois, a cidade de Itaú de Minas descobre que havia dois sortudos ali que ganharam o maior prêmio do país. Joseph e Pauline estavam milionários. E agora, o que eles fariam já que teriam que dividir o tão sonhado prêmio?

“Sou a garota que não se abala facilmente, que segue em frente e deixa o resto para trás. A vida flui e me leva, nada me segura.”
“Eu só me pergunto se sobreviverei a esta mulher ou se morrerei antes de colocar as mãos na grana.”

Pauline estava decidida a levar Joseph com ela em sua louca viagem pelo Brasil, e depois de muita insistência, ela enfim consegue convencê-lo a “fugir” com ela. E assim eles partem para a maior aventura de suas vidas, sem preocupações, sem destino certo e sem data de retorno. Eles só teriam que seguir algumas regrinhas básicas: nada de telefone, se permitir vivenciar de tudo e o mais importante, não se apaixonar. Bom, mais nem sempre as coisas saem como planejado... Disposta a apresentar a vida para Joseph, Pauline vai fazer de tudo para fazê-lo sair da casca, inclusive mostrar um dos maiores prazeres da vida, o sexo. Mesmo estando atraídos de forma inexplicável, Joseph não abrirá mão de suas convicções e Pauline terá que ralar muito para conseguir seus objetivos. Os dois viverão uma aventura inesquecível, cheia de confusão, diversão, e principalmente, cheia de primeiras vezes, não só para ele, mas para ela também. Mas o que fazer quando suas regras são quebradas uma a uma? E quando as coisas começa a sair controle? E o mais importante, o que fazer quando a atração passa a ser algo muito, muito maior? Pode ter certeza de que eles vão passar por muitas loucuras para conseguir descobrir as respostas para tantas perguntas.

“Somos muitos diferentes. Isso me fascina e ao mesmo tempo me chateia, porque cada vez eu o quero mais perto, mais dentro da minha vida, porém não posso exigir tanto dele.”
“Preciso reencontrar o meu lugar, redefinir os meus conceitos e finalmente compreender o que quero para mim, daqui em diante. De uma coisa tenho certeza: não quero voltar para Itaú de Minas sem responder às minhas perguntas.”

“Eu nunca” foi uma história que rendeu muitas risadas. O título realmente tem tudo a ver com a trama. Os personagens criados pelas autoras foram incríveis e inesquecíveis, cada um com sua personalidade. O Joseph me conquistou de imediato. Ele é tão doce, meigo, carinhoso, gentil e puro. Em vários momentos eu queria colocá-lo no colo, e assim como Pauline, queria mostrar tudo o que a vida tem de melhor para ele. Estou simplesmente apaixonada pelo personagem. Foi incrível acompanhar o seu desabrochar, seus passos rumo ao desconhecido, a sua vontade de se conhecer e de se permitir. Fora que ele tem um sotaque “mineirim” lindo que só, que me fez quase ter um trem do coração, e foi impossível não me lembrar das minhas amigas mineiras. Já a Pauline é completamente louca. Ela é espontânea, divertida, tem um espírito livre, tem um ótimo coração e ama a família incondicionalmente. Ela não tem nada de puritana, gosta de sexo (tanto com homens, quanto com mulheres), é desinibida, liberal, faz tudo o que dá na cabeça, é apaixonada pelas pessoas e pela vida, se apega fácil e se desapega também. Pauline me fez querer ser sua amiga, mas também me fez querer esganá-la muitas e muitas vezes. Seu temperamento inconsequente colocou Joseph em enrascada em vários momentos. Adorei vê-los juntos, não só se divertindo, mas também brigando e se amando. Eles são tão tapados e orgulhosos as vezes, que minha vontade era de bater suas cabeças uma na outra para ver se acordavam e enxergavam o que estavam bem a frente de seus olhos. Eu adoro me envolver dessa forma na história.

“Pauline invadiu a minha vida sem pedir licença e me transformou em todos os sentidos. Só me resta tentar descobrir quem é o novo Joseph e se essa transformação foi boa ou não para ele.”
“Eu vivia uma ilusão tão intensa que não me sobrava tempo para enxergar a verdade: eu precisava de raízes, base, um porto... Um lugar para chamar de meu nesse mundo, para onde sempre retornaria.”
  
A trama é narrada em primeira pessoa, alternando as visões do casal. Gosto muito do ponto de vista masculino, e dessa vez não foi diferente. Mas sempre ficava em expectativa para ler a versão da Pauline, porque com ela tudo é imprevisível e louco. O livro me divertiu muito e me emocionou também. Me senti bastante envolvida na história, mas confesso que em alguns momentos eu achei a leitura um pouco cansativa, e acabei demorando um pouco mais para finalizá-la. A história é bastante detalhada, cada cenário, cada cena e cada passagem foi muito bem descrita. As autoras nos leva para uma viagem pelo Brasil, onde fazem questão de nos apresentar cada parte. Eu já conhecia o trabalho da Mila, mas essa é a primeira vez que eu tenho contato com algo da Josy. Gostei muito da trama criada por elas e da forma envolvente em que a desenvolveram. Se você curte um romance leve, divertido, erótico, mas que fuja do “mesmismo”, que tenha personagens cativantes e que te desperte várias emoções, sem perder a leveza, tenho certeza que você vai adorar esta história e vai se apaixonar pelo Joseph e pela Pauline. Ah! E não se esqueçam deste nome: Pauline de Freitas Dias, a doidinha mais sortuda e apaixonante que já existiu! #chupamundo

“Pauline parece ter a capacidade de dizer as coisas certas no momento certo, por mais incrível que possa parecer. Ela é doida, agitada e intensa demais, porém sabe ser uma amiga de verdade, dessas que te apóiam e te fazem erguer a cabeça.”
“Quando se ama alguém, faz tudo o que tiver ao seu alcance para o outro ser feliz, não importa se essa pessoa retribua ou não. Amor verdadeiro não espera nada em troca além de ver o outro bem, sorrindo, livre para manter sua individualidade e sua vida. Amor de baseia em respeito, confiança e comprometimento com a outra pessoa.”









Imagens retiradas do site da autora Josy Stoque.











Siga nossas redes sociais, e acompanhe o nosso trabalho:


 Facebook   Instagram   Twitter   Google + 


Beijos!










25 Comentários

  1. Que resenha completa e bem escrita! Fiquei impressionada com o seu cuidado!
    Parabéns, lindona, ameiii!!

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu vi esse livro no perfil da Josy, e achei bem legal da parte das duas em se unir e fazer uma coisa tão inovadora no gênero né? Eu estou bem cheio desses romances que a mulher é uma santinha inosente e o cara um pecador. Adorei esse ponto, outro ponto foi essa capa que está diva de mais. Não sei se leria pelo fato de não gostar de livros digitais. Mas adorei a resenha e como as duas desenrolou o trama. Até a próxima
    Bjkd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Sim verdade, ficou muito boa essa junção. Quem sabe se sair no formato físico você consiga lê-lo. Fico feliz que tenha gostado da resenha.
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  3. Oiii
    Que resenha enorme, quase outro livro kkk
    A história do livro parece ser interessante, queria ser a dupla que jogou com ela pra ganhar e viajar, não reclamaria kkkk
    Realmente é difícil encontrar um protagonista tímido e até inseguro, mas na foto ele ga parecendo bem galã kkkk deve ser ele depois da viagem.
    Me identifiquei demais com Paulina, devemos ser espiritos livres e ir aonde os ventos nos levam =D
    Espero um dia conseguir ler, está anotado!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Olha que escrevi pouco kkkkkkkkkkkkkkkkkkk O livro é grande! ;)
      Espero que leia, a história é bem legal, e os personagens cativantes!
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  4. Gata, que resenha fodaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!! Muito obrigada pelo carinho!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Josy! Fico feliz que tenha gostado.
      Beijos ♡

      Excluir
  5. Eu acompanho a divulgação desse livro desde os primeiros capítulos no Wattpad, só não acompanho pois não tenho paciência com a plataforma. A premissa é maravilhosa por ser altas loucuras pelo país todo, com protagonistas que fogem do comum, a atirada e o virgem. Eu já conheço a escrita da Josy e adoro como ela conduz suas protagonistas e cenas hot!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, o Wattpad exige paciência msm! rsrsrsr
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  6. Olá, tudo bom?

    Primeiramente: Adorei a resenha! Já ouvi diversos elogios sobre a mila wander e da josy stoque, mas ainda não tive o prazer de ler algum trabalho delas. Esse me chamou a atenção por não ter aquele clichê na construção de personagem e, particularmente, adoro homens tímidos nos livros. Adoros os machos alfas também, mas as vezes é bom conhecer alguns tímidos para diferenciar hahaha

    Obrigada pela dica, já coloquei na minha listinha ;)

    Beijos!

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?

      Concordo com você, Wellida!Espero que goste da leitura assim como eu!
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  7. Oi, apesar de não ser muito fã da escrita da Mila Wander, esse livro me despertou curiosidade, acho que porque o mocinho vai contra os clichês, não é despudorado e nem dono do mundo.Já a mocinha, simpatizei só em função da sua resenha. Não sei se lerei, mas anotei a dica.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tiver a oportunidade, leia sim, Ivi! ;)
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre!
      Beijos ♡

      Excluir
  8. Olá Dai,
    Eu li somente um livro da autora Mila e não conheço a escrita da Josy.
    Gosto muito quando tem alternância da narrativa, conhecemos melhor cada personagem e adoro saber o que o homem pensa rsrs.
    Pelo o que você falou, ia me apaixonar por Pauline *--* uma doidinha apaixonante!!! Adorooooooooo
    Parabéns pela resenha, ficou divina
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Daya!
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  9. Olá tudo bem? O que mais me chamou a atenção no livro foi o fato de sair dos padrões, a maioria dos livros é sempre a mesma coisa, o mocinho é lindo parece não ter defeito nenhum e isso pode ser legal, mas se for sempre... fica chato. Mas mesmo assim esse livro não me chamou tanta a atenção, eu não me senti com vontade de lê-lo... mas gostei da sua resenha, bem explicada. Beijos...
    Sthe - Blog
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Sthefanie! Mas se surgir uma oportunidade, dê uma chance, você pode se surpreender... Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  10. Oiii
    Amei a resenha <3 Estou apaixonada pelo livro, quero ler logo hhaha sou apaixonada por romances (meu gênero favorito) e fiquei com muita vontade de ler Eu Nunca. Sinto que vou me apaixonar pelo Joseph, aliás, quem não ama uma bom moço, né? Amo quando livros tem esse contraste entre os protagonistas... uma louco, outro mais calmo, é muito divertido de ler.
    Já achei a história no wattpad e vou começar a ler agora mesmo :D
    beijos
    http://www.notinhasderodape.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Istefeni! O Joseph é um amorzinho, difícil não se apaixonar por ele. Boa leitura, espero que goste! Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  11. Oie. Adorei a novidade, não sabia que a Josy tinha lançado um livro com a Mila.
    A premissa é bem divertida, nunca tinha lido um livro onde o mocinho era virgem mesmo depois de 10 anos de noivado. kkkkkkkk É dificil de acreditar.
    Acho que esse é um livro que eu amaria ler, e me divertiria muiiito.
    Fiquei curiosa para saber mais sobre o livro.
    Ah, realmente o titulo tem tudo haver com a premissa hehehe

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha a oportunidade de ler, tenho certeza de que você vai se apaixonar pelo Joseph e pela doida da Pauline. A risada é garantida! Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre! ;)
      Beijos ♡

      Excluir
  12. Oi Dai,
    Achei bem interessante a inversão dos papéis, sai do estereótipo de meninas virgem e badboy conquistador. Mas também fiquei curiosa para saber como as autoras desenvolveram a personalidade de Joseph, como elas fizeram ele se despir da maneira que foi criado. Adorei a resenha.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  13. Oiee, conhecia o livro pela divulgação no facebook mas não sabia muito sobre ele. E nossa, que história diferente. O livro me parece ser do tipo que anima qualquer um que o ler. Nunca li nenhum livro das autoras, apesar da grande vontade em descobrir mais sobre a escrita delas. O livro parece ser o verdadeiro nacional, que herda até os sotaques e isso é uma coisa que admiro muito, são poucos os escritores que se arriscam assim.

    Enfim, espero poder ler logo.
    beijos,

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Gostei muito do livro. Achei a história bem diferente, já que fala sobre um casal que vai viajar o mundo. Fiquei muito curiosa, mesmo não gostando do gênero erótico. Mas acho que esse livro vale a leitura.
    Um beijo,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir