Desde muito cedo Victória atraía os olhares pecaminosos dos homens, mas, completamente inocente, ela não compreendia-os, e assim apenas sorria como um gesto de educação. Mas, à espreita nas sombras, sempre terá alguém capaz de ferir a alma de uma criança completamente inocente. Um acontecimento lamentável acaba por tirar Victória de sua vida, e a afasta da família.
Vivendo nas ruas, Victória descobrirá que a vida lhe faz propostas irrecusáveis, e que nem todas as pessoas do mundo são cruéis e oportunistas.
Um romance erótico que ultrapassa a lei das quatro paredes, capaz de mexer com o psicológico e mostrar todos os lados da moeda.




Compre aqui: Amazon

Clique aqui, e adicione Garota de Programa no Skoob.


Ficha Técnica do Livro
Páginas: 248 | Gênero: Romance / Erótico / Romance Policial | Formato: Digital | ASIN: B019UKNE9E | Idioma: Português








Olá galera, como estão? Aqui vai mais uma resenha de um livro que me chamou muito a atenção por ser uma história fictícia, mas ao mesmo tempo se tratar de uma história que, com certeza, podíamos ouvir que aconteceu na vida real... E quem pode nos dizer que já não aconteceu???

Eu amo ficção, mas amo mais ainda quando encontro fatos da vida real misturado na história, que nos faz refletir e pensar em nossa bela vida. Garota de Programa de fato é uma dessas histórias, e Victória é uma personagem guerreira, que me ganhou por conta da sua personalidade, logo de cara.

Desde muito cedo Victória era aquela menina-moleca, que adorava se juntar com os garotos, se sujar de barro, brincar de carrinho e nunca dava atenção para as Barbies que a mãe lhe dava. E mesmo sendo esse “molequinho”, ela sempre atraia olhares mal intencionados por onde passava, mas ainda sendo a garota ingênua que era, ela nunca teve a malícia de identificar tais maldades.

Aos doze anos Victória foi violentada pelo próprio tio, um homem nojento, sem escrúpulos, que além de tirar a dignidade de uma criança, ainda teve a cara de pau de dizer a toda à família que foi ela quem o atacou. Pois é, pensem no quanto eu quis esfaquear esse cretino. Após essa revelação, a mãe de Victória a expulsou de casa sem ao menos lhe dar a chance de se explicar, porém nossa mocinha estava em tão elevado estado de choque, que a única coisa que conseguiu fazer foi ir embora. Essa mãe também entrou para a minha lista der víboras. Vivendo na rua, sem um lar, comida e muito menos amor, Victória encontrou a única solução para seus problemas, e foi aos dezesseis anos que ela descobriu a prostituição. Sempre muito esperançosa, ela sabia que aquilo era temporário e que um dia sua vida mudaria.

“Enquanto uns viviam em um mar de rosas, eu nadava em espinhos e não sabia como ainda conseguia suportar aqueles cortes em mim, era desesperador saber que estava em um túnel sem fim, que ninguém se importava, e que eu era apenas um produto”.

Jonas é um homem incrível e um pai melhor ainda. Vivendo um casamento dos infernos, e tendo que conviver com uma mulher que é o diabo em pessoa, ele está esgotado, e chegando a seu limite. Seu trabalho e sua família são sua prioridade desde que ele escolheu Blenda, ainda na faculdade, para ser sua esposa e companheira de uma vida. Porém as coisas não foram exatamente como ele imaginava, e Blenda, a megera máster, colabora muito para a decadência desse casamento.

Sendo um ótimo advogado especialista em divórcios, Jonas tem muitos clientes e é extremamente focado em seu trabalho. Isso faz com que ele passe muito tempo em seu escritório, fazendo com que sua “doce” e “compreensiva” esposa o atormente noite e dia o acusando de traição. Porém, acreditem, Jonas jamais traiu Blenda em todos os anos de casamento. Isso sim é uma ficção verdadeira kkkkk. Mas toda essa desconfiança da parte da esposa tem seus motivos... E é justamente quando Jonas descobre o verdadeiro motivo de tanta implicância que o destino, ou um vendaval, faz com que nosso casal se encontre pela primeira vez, unindo suas vidas para sempre.

“Aquela garota... Havia uma predominância naquela garota que eu teimei em descobrir. Sua áurea estava danificada. Eu me propus a desvendar os seus segredos...”

Gostei muito! Encontrei alguns erros e também palavras incompletas, mas nada que tirou a graciosidade da história. Victória e Jonas são demais e bem quentes rs. Drama, amor, amizade e aquela pitadinha de realidade, pois é impossível ler uma história dessas e não pensar nas várias “Victórias” que vivem a mesma vida e sonham com dias melhores, famílias felizes e amores verdadeiros. Super indico!

“Mas eu sabia que um dia o sol brilharia mais forte para mim, que minha vida mudaria de algum jeito, e eu me agarraria fortemente a isso” – Amei essa frase. Acho que quando acreditamos em nós mesmos, temos fé e muito pensamento positivo, independente se o momento ou situação está o pior possível, tudo acaba dando certo, melhorando e chegamos aonde queremos. Marcio, parabéns!

“Estar apaixonada era a melhor coisa que poderia acontecer na vida de uma mulher, ou na vida de qualquer outro ser humano. Não só apaixonada carnalmente, mas espiritualmente, saber que a conexão jamais seria quebrada, que um insignificante gesto alegrava o dia, apaixonar-se era muito mais que sexo, era entregar-se e sentir reciprocidade...”






O AUTOR



MARCIO B. JR. nasceu no interior da Bahia, em 1997.Sempre foi um amante de histórias fascinantes sejam elas cinematográficas ou literárias, mas o interesse pela literatura surgiu aos quinze anos. Quando menos imagina um mundo novo vem até ele. Sua primeira publicação foi de um conto chamado “O Jogador Bonne”, através da Andross Editora em uma antologia de contos sobrenaturais, de suspense e de terror.
Siga o autor: Facebook  Twitter   Instagram 







Siga nossas redes sociais, e acompanhe o nosso trabalho:


 Facebook   Instagram   Twitter   Google + 


Beijos!












2 Comentários