Neste livro de romance e mistério, Maria é obrigada a se mudar para a pacata cidade de Passaredo. Mas, ao encontrar uma rua abandonada da qual todos parecem ter medo, descobre sobre o brutal assassinato de uma jovem há dez anos, que teria sido morta pelo próprio marido, que hoje vive trancado em um castelo na misteriosa Rua Londrina. Maria acaba se aproximando do possível assassino, Inácio Edenhal, e a partir daí, todos à sua volta começam a ser atacados e ela passa a ser perseguida, ter pesadelos com uma mulher que pede que ela a liberte do castelo, e sua família começa a receber bilhetes insinuando sua aproximação com o assassino. Ignorando tudo o que acontece a sua volta, e o risco que passa a correr, ao se apaixonar por ele, Maria decide ir até o fim e provar para todos e para ela mesma que ele é inocente.



Compre aqui: E-book - Amazon

Clique aqui, e adicione O Assassino no Skoob.


Ficha Técnica do Livro
Páginas: 387 | Gênero: Romance / Romance Policial / Suspence | Formato: Digital | ASIN: B00VYWRU7E | Idioma: Português | Ano: 2015




 


Cá estou eu com mais uma resenha de uma história que me deixou com os cabelos em pé de tanta ansiedade e curiosidade. O Assassino é um romance cheio de drama e um suspense de tirar o fôlego. Me apaixonei pela trama e mais ainda por Maria e Inácio, vulgo assassino e às vezes anjo. Ficou confuso? Pois é, essa é a pegada do livro. Uma coisa que te faz ler e reler para ver se o que leu realmente está certo, mas esse foi “O” detalhe que fez a história ser tão intensa e interessante.

Maria é aquela mistura de menina ingênua e decidida, e eu amei a personalidade dela, momentos doce e outros feroz. Mas o que mais me encantou nela foi a forma em que defendeu suas ideias, o que acreditava e o seu amor, Inácio. Quando chegou à pacata Passaredo, após a perda de seus pais, Maria jamais imaginaria que, naquela cidade “sem graça”, ela viveria momentos de puro terror e encontraria o amor da sua vida. Com sua curiosidade mais do que aguçada, quando soube que havia uma rua na cidade onde ninguém passava, ela fez questão de ir, encontrou nela, além de uma imagem de tristeza, um lindo, porém abandonado castelo. Maria se impressionou quando soube o que aconteceu naquela rua, há dez anos uma jovem foi assassinada brutalmente por seu próprio marido, que diziam ser o dono do castelo. Mas Maria não se deixou levar pelas fofocas e foi tirar suas próprias conclusões, e é aí que tudo começa.

“E se o misterioso dono do castelo fosse um assassino e ela fosse sua próxima vitima? A mente de Maria gritava que ela devia ir embora, correr dali e não voltar mais. Mas por algum motivo se viu caminhando de volta ao castelo”.

Inácio, completamente apaixonado por Alessandra, deixou para trás sua família e um título de nobreza para viver seu amor. Amando incondicionalmente sua esposa, ele jamais imaginaria que sua história de amor teria um fim tão trágico. Um homem destruído pelo acontecimento que marcou sua vida para sempre, não acredita em si mesmo, muito menos em sua inocência. Trancado no castelo há dez anos, ele vê a esperança surgir do nada, linda e doce, em forma de uma garota curiosa e segura de si.

“Acha que eu não queria ser inocente? Eu podia não me importar antes, mas depois de conhecer você Maria, tudo o que eu queria era ter a certeza que nunca vou machuca-la, que sou digno de ter você”.

A história intercala momentos de pura tensão com momentos fofos de puro romantismo. Particularmente amei a troca de bilhetinho dos dois rs. Agora os momentos de drama, o desenrolar dos segredos, mistérios, PQP, me deixou loucamente desesperada com tantas cenas dramáticas. E vou falar uma coisa, que homem do capeta é esse Álvaro...

Uma narrativa leve, em terceira pessoa. Uma leitura que te prende do começo ao fim e só para quando lê as últimas palavras. Uma trama bem intensa, que me proporcionou momentos de muita agonia só de pensar no que estava por vir nas próximas linhas, momentos de tristeza ao ver as consequências que algumas escolhas podem trazer para a vida, momentos de muita alegria e suspiros infinitos por esse casal e, mais ainda, momentos de admiração por Maria que, pois mesmo quando tudo e todos mostravam que não daria certo, ela lutou a cada segundo para mostrar que tudo e todos estavam errados. Ela acreditou cegamente em seu coração, em seu amor, e foi isso que a fez tão especial.

Definitivamente O Assassino é um romance diferente de muitos que já li. Teve alguns momentos que me senti confusa, mas a essa altura já não sei se foi pelo fato de eu estar tão envolvida, ou se realmente existiu algum detalhe que poderia ter sido “melhor”. Carlie, parabéns! Simplesmente incrível.








Siga nossas redes sociais, e acompanhe o nosso trabalho:


 Facebook   Instagram   Twitter   Google + 


Beijos!












2 Comentários

  1. Gostei muito a resenha pena que o livro não me chamou muito a minha atenção. Não curto muito livros neste estilo.
    Arthur K.

    ResponderExcluir
  2. Adoreei esse livro! Não conseguia parar de ler. A Carlie arrasa demais.

    ResponderExcluir