Oi gente!

Hoje é o terceiro dia da Semana Pérolas, metade do nosso especial sobre o lançamento da autora Nuccia de CiccoPérolas da Minha Surdez. E neste post, vamos conhecer algumas curiosidades da obra. Vamos lá?!




Curiosidades



- O TEMPO DE PREPARAÇÃO
O livro "Pérolas..." foi idealizado um ano depois que fiquei surda, mas apenas começou a ser efetivamente escrito no final de 2013/início de 2014.





Porque tanto tempo? Sou surda desde 12/06/2007, mas somente alguns anos depois me senti relativamente estável (física e psicologicamente) para discutir a surdez na vida adulta e seus entraves. Enquanto isso, também tentava estabilizar minha carreira profissional na ciência, defendendo o doutorado em Bioquímica. Aí, a casa entrou em reformas, meu pai faleceu, e o livro era a última coisa em que pensava.

Quando tudo entrou nos eixos, muito incentivo, apoio familiar e prazo apertado no curso de publicação e contrato, comecei as pesquisas mais difíceis e finalmente o livro saiu dos neurônios para o notebook.







- DIVULGAÇÃO ANTES DE TUDO!
Em 2014, quando o livro ainda estava no 3º capítulo, fui convidada pelas profs. Roberta Scchiafino e Vivian Rumjanek, do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, UFRJ, para apresentar duas palestras sobre minha surdez e meu livro. Elas foram parte de um curso de graduação em enfermagem.

Em 2015, o Projeto Surdos/UFRJ, onde trabalho, foi convidado pela TV INES e pelo CANAL FUTURA a fazer entrevistas: sobre apoio científico a surdos e sobre mulheres surdas, respectivamente. Em ambos os casos, os canais ficaram interessados no livro e me chamaram para entrevistas pessoais também. Essas entrevistas, bem curtinhas, não tem data prevista para ir ao ar ainda. Mas fé, pessoas! XD



- A PROCURA DA EDITORA
Quando estava fechando o quinto capítulo, um amigo autor e poeta me indicou à editora dele. Dias depois, esta mesma editora me enviou o contrato para apreciação. Enquanto eu avaliava as condições do contrato com esta editora, outras duas entraram em contato comigo: uma leu parte do livro no Wattpad e outra (a atual) é do meu professor do curso de escrita criativa e publicação.

Durante o curso sobre publicação literária, devíamos enviar para o professor uma prévia do livro que queríamos lançar. Ele ficou interessado e acabou escolhendo o livro para ser lançado pela editora dele. Após analisar os três contratos, a wwlivros foi a escolhida.



- A ESCOLHA DA CAPA
Inicialmente, a capa que eu usava no Wattpad era muito literal: um cordão de pérolas saindo de um ouvido. Descartamos essa e pensamos em outras imagens: balões de diálogos sem nada escrito, foto da autora, um píer numa praia deserta, etc...Nada agradava!

Então, quase desistindo de encontrar alguma imagem representativa bacana, deixei-me ficar longe da internet por dois dias. E quando retornei, iniciei pesquisando imagens nos bancos de imagens gratuitas que tinham como palavras-chave silêncio, solidão e mar. Foi quando encontrei aquela foto do caramujo-da-praia. Uma concha solitária que transmite, ao mesmo tempo, isolamento, tranquilidade e o som escondido no interior. E a cereja desse bolo gostoso é a cor da concha: perolada!










CONVITE ESPECIAL











Amanhã tem mais, fique de olho!


Semana Pérolas da Minha Surdez:


Siga nossas redes sociais, e acompanhe o nosso trabalho:



 Facebook   Instagram   Twitter   Google + 


Beijos!









2 Comentários

  1. Oi, Dai!!!
    Que amor!!! A postagem ficou muito meiga, adorável e bem o seu jeitinho!... <3
    Estou amando essa semana, cada postagem belíssima e o trabalho de vocês é ímpar!
    Obrigada!! bjs!!! Nu.

    ResponderExcluir
  2. Nossa que postagem linda, não conhecia sobre o livro mas achei muito interessante conhecer essa obra. Lindo trabalho.

    Beijos

    ResponderExcluir