Oi, gente!

Hoje é sexta-feira, dia de comemorar, pois isso significa que teremos o fim de semana inteirinho para ler. Então, corre para a Amazon porque o novo livro da autora Elissande Tenebrarh acaba de ser lançado. Uhulll!  

Segundo livro da série Novos Contos de Fadas, O Anjo e a Fera é a releitura do clássico A Bela e a Fera. Um romance de época ambientado na França, no ano de 1820. Postada inicialmente no Wattpad, a trama foi um dos mais lidos na mais lidos na categoria histórica. Se assim como eu, você acompanhou a obra na plataforma, não deixe de prestigiar a autora, o livro está ainda mais gracioso e ainda conta com cenas extras. 

Se você não conhece a obra, aproveite para saber mais sobre ele neste post especial, Vamos lá?!




"Ela o amou mesmo conhecendo seu pior lado."
França, 1820.
Stephen tem marcas na pele e na alma. O belo lorde que lutou bravamente durante a guerra, agora é motivo de pavor entre a sociedade francesa. É por esse motivo que viveu durante anos enclausurado em sua própria casa, longe de qualquer pessoa que pudesse encontrá-lo, vivendo sob a sombra de seus próprios demônios. Isso, porém, muda quando encontra uma jovem jogada em frente sua porta, machucada e corrompida.
Seu único instinto foi salvá-la.
E ele o fez.
Ao acordar em uma cama de lençóis macios e quentes, Rosaleen percebeu que não fora um sonho. Tudo realmente havia acontecido. Desorientada, a jovem sabia que não poderia ficar lamentando-se e, mesmo que estivesse protegida naquela imensa casa, não estava a salvo. Deveria partir.
Deveria, mas seu salvador, o homem que lhe acolheu, não concordava exatamente com esse pensamento. Misterioso e sedutor, o homem com o rosto coberto por uma máscara revela à Rosaleen quais são seus planos para ela, que assim quando os compreende, percebe que está com grandes problemas.
E, quando a consequência de uma noite terrível acontece, os dois se veem envolvidos em uma situação incomum, que testará os limites de cada, colocando-os em prova, assim como a chama de desejo e paixão que surge em ambos.
Com sua docilidade e bom humor, Rosaleen fará de tudo para provar a Stephen que está disposta a salvá-lo, se ele aceitar entregar seu coração a ela.

Compre aqui: Amazon






O livro contêm cenas sensuais, adaptadas ao contexto da época, que prometem tirar suspiros apaixonados das leitoras. Além disso, a autora nos encanta com passagens engraçadas, outras emocionantes e repletas de amor. Que tal conhecer um trechinho da obra? 


"Rosaleen pedira a Sophie que a acompanhasse até um lugar privado, pois precisava de alguns conselhos. A tia postiça a levara até um salão mais afastado de todos, longe da criadagem, onde pedira chá. Quando perguntara do que se tratava, Rosaleen fora bem direta: 

— Preciso seduzir meu marido. 

Lady Sophie tinha parado de adoçar o chá e a encarado perplexa. 

— O que disse? –perguntou virando a orelha esquerda para ela. Talvez estivesse um tanto surda... 

Rosaleen bebeu um pequenino gole do chá e limpou a boca com o guardanapo. 

Era isso, precisava ser muito direta com tia Sophie se quisesse que ela a ajudasse. Nada de timidez. 

— Quero me deitar com meu marido, mas não sei como faço isso. -tentou explicar, um pouco sem jeito. 

Tia Sophie, recuperada do choque, voltara a mexer o açúcar do chá. 

— Bem, se as coisas não mudaram desde o meu tempo, é necessário que você se deite, preferencialmente em uma cama, já que é mais confortável, e então ele fique em cima de você, para que... 

— Não, espere! –Rosaleen a interrompeu, com as mãos para cima. — Eu não me refiro a isso. –tomou um biscoito de nata entre as mãos e o encarou. — Eu não sei como convidá-lo para que se deite comigo. 

— Oh, meu sobrinho não tem se sustentando, é isso minha querida? –lady Sophie abriu bem a boca em sinal de incredulidade. 

Sem paciência, Rosaleen apertou o biscoito entre os dedos, transformando-o em farofa. 

— Tia Sophie, eu estou tentando dizer que não faço a mínima ideia de como seduzir Stephen para que ele se deite comigo. Já fizemos algumas coisas… –a voz dela abaixou um pouco. — Mas, nunca tivemos relações, porque antes de nos casarmos, eu o fiz prometer que não haveria isso em nosso casamento. Porém, agora eu tenho me sentido diferente... 

Um sorriso malicioso se distendeu no rosto enrugado de Sophie. 

— Descobriu que o ama, verdade? 

Rosaleen a encarou. 

— Como sabe? 

A velha deu de ombros. 

— Acredito que a forma como você dançou com ele no baile deixou isso claro. –olhou para os lados antes de cochichar: — Vocês praticamente copularam durante a valsa, minha sobrinha. Seus olhos brilhavam mais do que qualquer estrela. Foi fácil presumir o que se passava em sua mente. 

A velha tia Sophie era boa nisso, muito, na verdade. –concluiu Rosaleen. 

— A senhora estava certa. –sorriu. — Stephen tem um bom coração, e eu... Eu o acho bonito. –confessou. E era verdade. Achava-o encantadoramente lindo. 

Sophie deixou a xícara de porcelana na bandeja e tomou a mão de Rosaleen na sua. 

— Você não imagina o quanto meu coração se tranquiliza ao saber disso, menina. Meu sobrinho merece ser feliz e somente você dará essa felicidade a ele. –os olhos dela se encheram de lágrimas mal contidas. Com um suspiro e uma gargalhada rouca, deu palmadas no colo de Rosaleen. —Agora falemos sobre alguns truques que aprendi em minha juventude. Diga-me, minha querida, alguma vez já assoprou uma flauta? 

Rosaleen pensou por um momento. 

— Acho que não. 

— Pois bem, terá que aprender. Vou contar exatamente como você tocará a flauta de seu marido... 

Flauta? Do que ela falava? O que isso tinha a ver com sedução? 

Conforme lady Sophie começou a explicar a Rosaleen as técnicas que deveria usar, a duquesa mais teve certeza que não sabia absolutamente nada sobre instrumentos musicais e nem os de um homem."


Esta cena em questão, me rendeu muitos risos. E esse é só um pequeno pedaço dessa história linda, envolvente e completamente apaixonante. Tá esperando o que?! Corre para a Amazon, mulher! rs Ah! E não esqueça de vir me dizer o que achou. ;)

Até a próxima!








Siga nossas redes sociais, e acompanhe o nosso trabalho:


 Facebook   Instagram   Twitter   Google + 


Beijos!












Um Comentário

  1. Kamila Cavalcante4 de maio de 2016 21:26

    Nuss!!! Simplesmente amei e me acabei de rir aqui! <3

    ResponderExcluir