Este é o tipo de livro que, desde a primeira até a última palavra, o leitor não vai desgrudar os olhos. Com uma linguagem solta e vocabulário moderno, a autora deu vida à personagem Nina, uma jornalista recém-formada que logo ao ingressar num jornal recebe uma proposta irrecusável para trabalhar numa Rede de TV. Só que Nina iniciara um romance com Edu, seu colega no jornal. O momento era de mudanças e a todo o momento o leitor se pergunta se o casal vai aguentar firme as investidas de Fernando, seu novo chefe.
O que Nina não sabia era que havia muita coisa por trás da proposta de trabalho que recebera. É quando descobre que Edu e Fernando eram inimigos de longa data e sucedem episódios de pura emoção que aproximam cada vez mais o leitor da trama.
O livro conta a história a partir da perspectiva de uma jornalista que aspira o sucesso profissional ao mesmo tempo em que descobre ser possível viver uma vida amorosa ardente e bem-sucedida.


Compre aqui:  Loja Barra Livros 


Ficha Técnica do Livro
Páginas: 200 | Gênero: Romance | Formato: Impresso  | ISBN: 978-85-64530-33-1 | Idioma: Português | Ano: 2016



 


Alma Feminina é o novo romance da autora Adriana Vaitsman, e foi lançado oficialmente no último dia 08 de abril, pela Barras Livros. O livro foi enviado ao blog pela autora, e nesta resenha quero dividir com vocês minha singela opinião sobre a trama.

Em seu lançamento, Adriana nos apresenta a história de Nina, uma jovem jornalista no início de sua vida profissional. Formada recentemente, ela trabalha em um jornal bem conceituado, mas sua carreira dá uma guinada, quando recebe uma proposta irrecusável para trabalhar em uma emissora de TV. Já a sua vida pessoal, não vai tão bem assim. Após anos de namoro, que por pouco não vira casamento, Nina descobre que seu namorado a traia. Devido a isso, ela resolveu dedicar-se somente à profissão e anular a vida romântica. Só que seu colega de jornal está obstinado a conseguir conquistá-la, e não demora muito para que o charmoso Edu conseguisse um lugarzinho em sua vida e em sua cama. Logo eles embarcam em um romance intenso, o qual preferem não rotular, mas que já começa a dar indicações de ser um sentimento maior do que imaginavam. Contudo, eles enfrentarão muitos obstáculos no relacionamento. Além das incessantes investidas de seu chefe, Nina ainda tem que lidar com a distância que o seu novo trabalho impõe. E se já não bastasse esses empecilhos, alguns segredos do passado de Edu, abalarão ainda mais a relação do casal. Basta saber se o sentimento que sentem será o suficiente para aguentar tantas barreiras.

"O amor é uma página em branco. Cabe a nós escrevermos nela a nossa história."

Ambientado no Rio de Janeiro, Alma feminina trás ao leitor um romance bem clichê, leve e tranquilo. E como já sabem, eu amo um clichê! A autora tem uma forma de escrever bem particular, a qual eu estranhei no começo, mas me acostumei no decorrer da trama. A obra é bem detalhada, com situações corriqueiras da vida de Nina, como trabalho, amizades, festas, viagens e reuniões familiares. Em alguns pontos da história senti a narrativa um pouco cansativa, o que ocasionou na lentidão da minha leitura. Entretanto, cheguei ao final contente com o seu desfecho. Eu amo finais felizes! Os personagens, assim como as situações, não são complexos, o que torna torna o livro bem calmo. Todavia, a caminha e o amadurecimento deles é notável. O exemplar conta com 200 páginas, e é narrado em primeira pessoa, mostrando o ponto de vista da Nina. Se você curte romances suaves, despojados e açucarados, tenho certeza de que irá se render a esta leitura.

Adriana, te desejo muito sucesso na sua caminhada. Muito obrigada pela confiança depositada no blog e espero que conquiste cada vez mais os seus sonhos.

"Mas afinal, o que é o amor? Como saber que ele está lá? Por que lutar contra? Ah, o amor... Há quem diga que ele nos leva longe. Ouso dizer que é o único sentido que, de verdade, importa." - Adriana Vaitsman




Sobre a autora:


Adriana Vaitsman nasceu no Rio de Janeiro, onde vive atualmente com o marido e três filhos. Leitora assídua, principalmente de romances, desde pequena escreve textos e crônicas. Graduou-se em Enfermagem e atua como docente. Publicou seu primeiro livro em 2011. voltado a sua área de atuação. A paixão pelos livros e a vontade de contar histórias às pessoas a fez mergulhar em seu projeto literário e a apresentar ao público este romance, Alma Feminina. “O primeiro de muitos que virão por aí”, promete a autora.

Acompanhe o seu trabalho: Facebook  













Um Comentário

  1. Obrigada Daiane, pele excelente resenha! De fato, minha narrativa é mesmo peculiar. Não é tão descritiva e formal, e não tento seguir o estilo de ninguém. Tenho minha própria maneira de escrever. O voo da fênix é uma trama mais densa, personagens mais complexos e promete mais sensualidade. Aguardem...

    ResponderExcluir