Olá meninas e meninos!

Estou aqui novamente para um bate papo com vocês. Como estamos no mês dos namorados, pensei em aproveitar a data e usando o tema: MÚSICAS PARA NAMORAR. Antes de mais nada, vamos só deixar uma coisa clara: não estou levando em consideração letra nem tradução das músicas internacionais, somente o que o meu “coração ouve”, ok?! Só que logo na largada, tive um pequeno problema para escrever, como não curto muito músicas mais lentas, acabei pedindo ajuda das “universitárias” para solucionar esse entrave. Solicitei que “azamigaz” me dessem sugestões de músicas mais calmas e lentas e claro que recebi ajuda! Obrigada meninas!

Logo de “prima” lembrei de uma cena de livro que li ano passado da Nana Pauvolih – o livro Seduzida da Série Segredos (lançada somente no formato E-book pela Amazon) conta a história do Micah Falcão e Valentina –, me identifiquei muito com a história por conta do gosto musical do mocinho. Nessa cena, de forma específica, o Micah leva Valentina para um motel e eles namoram ao som de Duality de Slipknot. Puts, adoro o Micah, quem leu, sabe que o rapaz tem todos os “quesitos e requesitos e pré-quesitos” (rsrsrrs) para ser ADORADO!

Ainda nesse seguimento para a feitura de um amor mais agitado, por assim dizer, recordo também de uma música ma.ra.vi.lho.sa., que eu cravo como uma das mais sexys que já ouvi, and the oscars goes to (tô me sentindo uma comentarista musical kkkk): Satisfaction (I can´tget no) dos Rolling Stones. O que me remete a Travis Maddox na cena em que ele canta essa música em pleno refeitório. Ohw, vamos combinar que Maddox é o número 1 na fantasia de 90% da mulherada né?! E é claro que não poderia deixar de fora uma das melhores bandas de rock do mundo, AC/DC com a música Back in Black, gente a batida dessa música é simplesmente magistral. Ela está presente até em filme infantil, quem assistiu Kong Fu Panda pode ter percebido, caso contrário, procura ver, é logo nas primeiras cenas. Até meu pirralho reconheceu. Quando a gente foi assistir ele gritou em plenos pulmões na sala: "Mamãe olha a música do AC/DC que você gosta!". Fiquei toda orgulhosa ao escutar uma voz masculina (não sei quem foi) dizendo: “olha o bom gosto do garoto”. 

Partindo para as músicas tranquilas, uma amiga sugeriu a playlist do filme 50 Tons. Sim, lembro que não gostei tanto do filme, não gostei da escolha do ator para dar vida a Grey, mas a playlist é muito, muito boa! Me surpreendeu positivamente! Vamos combinar que Annie Lennox com A put a spell on you é mais que perfeito!  Mas que voz do c@ralho! Até a música Love Me Like You Do, que foi composta exclusivamente para o longa, e interpretada por Ellie Goulding ficou bem legal (embora tenha achado que ficou uma versão bem adolescente). Seguindo na pegada das palmadas (rsrsrsrs) tem mais uma música sexy, Earned It cantada por The Weeknd, que na verdade é Abel Tesfaye, um cantor de R&B que ficou conhecido por lançar músicas no YouTube no anonimato. Procurei informações e descobri que ele contribuiu com duas canções para o longa, sendo que Earned It ganhou videoclipe e Where You Belong foi lançada na mesma época que o filme. E fechando com chave de ouro a trilha sonora do filme, tem a diva Beyoncé com Crazy in love que só direi uma coisa: puta que pariu. (“foi mau” pelos palavrões, mas tem coisas que palavras doces não descrevem... Pelo menos a ruiva aqui não tem capacidade. Kkkkkkk).


Tive muito mais dicas "dazamigas" como Ed Sheeran com Thinking Out Loud, essa já conhecia e escutava as vezes. Me recomendaram também o Thiago Iork com Dia especial e Coisa linda, mas confesso que não curti muito as musiquinhas que o Thiago canta, gente. Tentei, Alê e Van, juro que tentei, mas não impactou meus “zovidinhos”. Coldplay com Fix you (essa banda eu escuto bastante – rsrsrsrs), mas essa música foi tema de um livro que gostei muito de ler, o My Favourite Mistake de Chelsea M. Cameron, onde o mocinho, o Hunter (sempre lembro o nome dos meninos, porque será??!!Kkkkkkk), canta e toca para a mocinha em um restaurante de grife como uma forma de pedir desculpas e ratificar o amor pela menina. Onw, tão fofo!

Ah! Quase esqueço de My Sacriface da banda que adoro, Creed. Recebi a informação que foi tema da novelinha malhação (essa informação quem me passou foi minha cunha Renata). A voz rouca de Scott Stappme encanta de mais. Sem falar que, não posso deixar de fora Iris, de Goo Goo Dolls, essa música me remete dois tipos de mídias: 1) o filme Cidade dos Anjos (City of Angels), um filme de 1997 do diretor alemão Wim Wenders; 2) Outra lembrança que essa música me traz é do Remy e da Brooke, protagonistas dos livros “Real”, “Meu” e “Remy”, da autora Katy Evans. Ah, Remy com toda sua intensidade, loucura e bipolaridade...

Mas depois de tanta música melosa pra namorar, volto ao metal com Nightmare de Avenged Sevenfold. "Taquipariu", quando junta a voz de M. Shadows, com os riffs de guitarra de Synyster Gates e Zacky Vengeance, e a bateria de The Rev (gostava mais quando era ele mas...) e o baixo de Johnny Christ para harmonizar tudo isso, é simplesmente a perfeição! Sim gente, eles são os meninos dos meus olhos, musicalmente falando, ok?! Mas vamos deixar claro que Pirralho e Amorzinho estão no topo da minha vida!

Bem, eu vou ficando por aqui, espero que tenham gostado!  Agora é com vocês, meninas! Se preparem, invistam na lingerie, velinhas aromatizadas, creminhos e brinquedos para apimentar a noite. Divirtam-se!





Quer ouvir a playlist? Então, aperta o play:




Até o próximo  PlayTime – é tempo de música!







2 Comentários