Sinopse: Alexandre volta à casa em que morou quando adolescente e revive muitas lembranças ligadas ao misterioso desaparecimento de seu pai. “Ecos - o Mar é a nova Lua” traz duas histórias vinculadas aos valiosos tesouros submarinos e à existência dos seres que vivem nas águas dos oceanos.Interesses econômicos impedem que pesquisas importantes sejam reveladas, nem que para isso seja necessário eliminar os cientistas e pesquisadores envolvidos, que dispõem de ricos dados sobre o assunto.
Alexandre relata as peripécias de seu pai, Alfred, que durante suas investigações começa a desconfiar de perigos advindos dos sonares da marinha que estão causando a morte de baleias. O fato mais perturbador é a existência de criaturas fantásticas e cativantes, vivendo nas abissais profundezas e as buscas para poder contatar com esses seres, cuja existência é negada e escondida pelos que se consideram os donos da ciência. Tudo isso é mostrado na fascinante narração feita por Béatrice T. Dupuy, que tem como personagem principal Alfred, o pai de Alexandre. Quem lê a obra descobre que há um mundo paralelo onde Alexandre precisará fazer uma escolha que norteará toda a sua vida.

Onde comprar: Arwen Store | Martins Fontes Paulista 

Ficha Técnica do Livro
 Páginas: 180 | Gênero: Romance, Ficção, Fantasia  | Formato: Impresso | Editora: Arwen | ISBN: 978-85-68255-00-0  | Idioma: Português | Ano: 2016


Clique aqui e adicione Ecos - O Mar é a Nova Lua no Skoob.




Quando bati o olho nessa capa, cai de amores por ela. Fala sério, me diz se ela não está um arraso? E depois de ler opiniões ótimas sobre a obra, constatei que precisava lê-la com urgência. Assim que ela veio para em minhas mãos (Thais e Béarice, obrigada por isso!), iniciei a leitura imediatamente. Sabe aquela história gostosinha, que te cativa e te prende a ela? Ecos: O Mar é a Nova Lua é exatamente assim! Béatrice T. Dupuy tem uma escrita super leve, o que proporcionou uma leitura fácil e fluida, fazendo com que eu a finalizasse em apenas algumas horas. Dupuy nos envolve em uma trama regada a aventuras, segredos, mistérios, autoconhecimento e claro, um amor que superou as barreiras do impossível. Além disso, ela ainda aborda temas atuais e científicos sobre a vida e a conservação marinha, tudo isso mesclado entre a fantasia e a realidade. 

“Existe um mundo desconhecido na escuridão das profundezas do mar. Uma sociedade mais civilizada, que respeita a vida e ao próximo.” 
“acredito que tudo o que desejamos intensamente somos capazes de realizar” 

O pai de Alexandre sumiu misteriosamente quando ele ainda era uma criança. Alfred era um homem inteligente, um profissional respeitado e integro que defendia com todas as forças a vida marinha, e que durante muito tempo investigou as mortes das baleias. Durante essas pesquisas, ele despertou a ira de gente importante e fez descobertas inacreditáveis. Com diversos interesses em jogo, sua vida começa a ser ameaçada por forças que não querem que essas revelações venham à tona, e assim, ele some inexplicavelmente. Após o sumiço de Alfred, Alexandre passa a morar com os tios, mais em nenhum momento se quer ele deixa de pensar no pai, e sonha em seguir a mesma carreira que ele. Ao ingressar na faculdade de biologia marinha, ele se vê cada vez mais fascinado pelas riquezas marítimas, e sente que aquele ali era o seu lugar. Quando tem a chance de participar de expedições com grandes cientistas, ele fica eufórico e embarca com tudo nessa chance. Alexandre começa a perceber algo diferente e intrigante, e assim, inicia uma pesquisa detalhada para desvendar os mistérios ainda não revelados pela ciência. E então surge a oportunidade de regressar a casa onde passou a infância, e este local o fará reviver lembranças ligadas ao desaparecimento do pai, e ainda encontrará muitas respostas que darão uma direção a sua pesquisa e a sua vida. 

“Como flashes, diversas lembranças ocorreram rapidamente em sua mente. Aquele lugar era rico de história de sua vida. Ao caminhar lentamente por cada ambiente, recordada momentos intensos vividos na infância com seu pai.” 
“- A Terra foi ferida pela ganância, justificativas infundadas de enriquecimento e a ânsia por posição e poder (...)” 

Em um mundo paralelo ao de Alexandre, mais precisamente nas profundezas do oceano, vive Pandora, uma doce e intrépida sereia. Desde de que avistou Alexandre pela primeira vez, ela ficou encantada e surpresa pela força de uma atração que a faz querer conhecê-lo mais de perto, o que deixa o seu pai de cabelo em pé. Há milênios o seu povo se esconde dos humanos, e vivem pacificamente no fundo do mar. Mas Pandora não resiste a tentação e revela a sua existência a Alexandre, que fica fascinado e confuso ao mesmo tempo. Dessa amizade, nasce um amor completamente improvável e impossível. Contudo, pessoas mal intencionadas têm vigiado o jovem cientista de perto, e farão de tudo para colocar as mãos em sua descoberta. Mas Alexandre está determinado a manter “sua” sereia e toda a sua espécie a salvo, nem que para isso tenha que pagar com a sua própria vida. Entre encontro às escondidas, perigos eminentes, pessoas mal intencionadas e segredos revelados, Pandora e Alexandre vivem momentos de puro amor, paixão e entrega. Porém, quando um terrível incidente acontece, caberá a ele tomar uma decisão que definirá o seu futuro e o de sua amada para sempre. 

“De uma forma incomum, ele encontrou em Pandora todos os atributos e qualidades raras na humanidade. Ela, por sua vez, já estava apaixonada dede que o viu pela primeira vez. Duas espécies deferentes compartilham do mesmo sentimento.” 

Eu amo fantasia, contos de fadas e toda essa grandeza que só a literatura nos proporciona. Se assim como eu você também gosta de “mergulhar” nesse mundo de possibilidades e sonhos, tenho certeza de que irá amar esse livro. A obra é delicada e encantadora, que te deixa cativa e instigada a descobrir seus mistérios. Assim como a capa, a diagramação está belíssima, um deleite aos olhos. O final do livro me deixou querendo mais, então, eu adoraria um pouquinho mais de história (rs). Já fica aqui registrado o meu apelo à autora! No mais, agradeço a Béatrice por ter me proporcionado uma leitura deliciosa. Leia, eu tenho certeza de que você irá se encantar! 

“(...) Quando amamos queremos fazer o outro feliz. Por amor somos capazes de fazer loucuras. Por amor, desejamos o bem e doamos o melhor de nós para o outro. É a grande riqueza da vida. É o que movimenta a vida.”
  








Sobre a autora:



Com mãe comissária e pai filósofo a franco-mineira Béatrice T. Dupuy sempre viveu no mundo das viagens e dos livros. Morou na França e nos Estados Unidos onde já foi recepcionista, garçonete, vendedora e baby-sitter. Apaixonada pelo mar, Béatrice sonhava em ser bióloga marinha. Hoje mestre em comunicação exerce funções de liderança em comunicação corporativa.
Béatrice é casada, tem um filho e mora em São Paulo.
Acompanhe o seu trabalho:  Fanpage | Instagram  












8 Comentários

  1. Oiee ^^
    Concordo plenamente: a capa está um arraso! Eu não sou muuito fã de sereias e seres subaquáticos, mas também vi algumas opiniões bem positivas a respeito deste livro, então estou curiosa para ler o livro, e mais ainda para conhecer os personagens, que parecem ser incríveis.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi Dai, tudo bem??
    Eu também acho essa capa maravilhosa... fico babando por ela... quando vi a obra por ai... fiquei perdida, porque achei que fosse muita fantasia e geralmente eu não curto muito, mas diante de sua resenha... me senti surpreendida... porque temos um romance e toda uma magia... me senti em um roteiro de filme... adoraria assistir um com esse tipo de história... assim que eu tiver a oportunidade irei ler o livro. Xero!

    ResponderExcluir
  3. Oi Dai!
    Realmente essa capa é lindíssima e só por ela dá vontade de ler o livro, mais ainda por ser uma fantasia tão gostosa de ler. Entrou para os desejados!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Não curto livros com sereias e derivados, mas esse livro está com uma capa maravilhosa mesmo, não me cansei de olhar ainda hahaha Não curto livros assim, mas acho que um filme seria muito bom! Parabéns à Arwen por continuar insistindo nos autores nacionais!

    ResponderExcluir
  5. Olá! A capa está linda e tem tudo haver com a história! A premissa parece ser super legal e conforme fui lendo lembrei exatamente desse filme que você postou a gif. Também amo fantasia e fiquei curiosa para ler o livro, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Dai! <3
    Amo suas resenhas! Ainda não consegui descobrir um único livro da Arwen que tenha uma capa 'mais ou menos' (pq, convenhamos, feia nenhuma delas vai ser nunca)... São todas muito lindas, intrigantes e condizentes com o conteúdo! Também me interessei pelo livro assim que botei o olho nele sem nem ler a sinopse. Aí, você me chega e pá! Mais um pra minha lista! Çocorr...!!!! XD um beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi Daí! Eu sou apaixonada pelo filme com Tom Hanks onde ele se apaixona por uma sereia, acho que esse livro é nesse estilo pelo que disse na resenha, então certamente iria amar!
    Adorei a parte que fala que mistura questões atuais de impacto ao meio ambiente.
    Mais que anotada essa sugestão!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi Day,
    A capa é realmente linda, já namorei ela algumas vezes e nem sequer tinha lido a resenha, o romance da Pandora com o Alexandre me lembra A pequena sereia kkkkkkkk, gostei muito do enredo e já fiquei curiosa e imaginando qual acontecimento fez Alexandre ter que escolher entre um e outro!!
    Parabéns pela resenha

    Beijokas

    ResponderExcluir