Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.


Onde comprar


Ficha técnica do livro
 Páginas: 368 | Gênero:  Romance Histórico; Ficção | Formato: Impresso; E-book | Editora: Intrínseca | Edição: 1ª | ISBN: 978-85-510-0007-6 | Idioma: Português | Ano: 2016


 

"Esta é uma história sobre pessoas que viveram há dois séculos e, ainda assim, muito do que elas desejaram, muito do que se ressentiam e as paixões arrebatadoras sem seus corações eram bastante parecidas com os dramas que vivemos agora, em nosso tempo..."

Recentemente lançada pela editora Intrínseca, Belgravia é mais uma super criação de Julian Fellowes, o mesmo autor da consagrada série Downton Abbey. A primeira fase desta história nos leva a junho de 1815, em Bruxelas, véspera da Batalha de Waterloo. Mesmo com toda a apreensão devido a guerra, a duquesa de Richmond não abre mão de realizar o lendário baile homenagem ao duque Wellington. A lista de convidados para essa grande celebração era seleta, somente as grandes personalidades da sociedade britânica se reuniam para a festividade. Por isso, a presença da família Trenchard foi uma grande surpresa para os presentes. James Trenchard é o principal fornecedor de suprimentos do duque de Wellington, e apesar de ser bem sucedido nos negócios e respeitado por seu trabalho, ele não possui a posição social necessária para participar deste tipo de evento. Porém, James é um homem ambicioso e perspicaz, ele se empenhou muito para vencer na vida e conquistar os bens que possui, e seu maior sonho é fazer parte da alta sociedade. Sua bela filha Sophia, também sonha em pertencer à nobreza, a jovem despertou o interesse de lorde Bellasis, sobrinho da duquesa de Richmond. Apaixonados, eles têm encontros às escondidas com a aprovação de James, que vê neste relacionamento a chance de alcançar sua ascensão social. Contudo, ao contrário do marido e da filha, Anne Trenchard tem o pé no chão, e mesmo se orgulhando de tudo o que o marido conquistou por seu próprio esforço, ela sabe que eles nunca serão bem visto pelas famílias de sangue azul, mesmo que possuam mais recursos financeiros do que muitos aristocratas.

O baile foi decisivo em vários aspectos, e no auge do evento, um infortúnio faz com que a festividade seja interrompida abruptamente. O exercito de Napoleão invade a cidade e vários homens saem às pressas rumo ao campo de batalha. Esta fatídica noite que se iniciou com comemorações, se finda com angústias e mortes, e esses acontecimentos marcaram não somente a história mundial, mas também a vida das famílias Bellasis e Trenchard.

Vinte e seis anos depois, mais precisamente em 1841, somos introduzidos na segunda fase da história, na recém construída Belgravia. James Trenchard investiu em um novo ramo, a arquitetura, e com muita astucia e trabalho, levou sua família a prosperar. Seu filho mais novo, que na época dos acontecimentos tinha apenas dezesseis anos, trabalha ao seu lado, mas para infelicidade de James, ele não apresenta tanto engajamento em seus negócios. Oliver cresceu um homem mimado, com tudo entregue de mão beijada; ele mora na casas dos pais com sua esposa Susan, uma mulher manipuladora e ambiciosa, que não mede esforços e nem consequências para atingir seus objetivos. Anne por sua vez, continua uma mulher centrada e reservada, que a pedido do marido, sempre comparece aos tediosos chás promovidos pelas damas bem nascidas. E é durante um desses eventos que ela encontra a mãe de Edmundo Bellasis, a condessa de Brockenhurst, que aproveita a oportunidade para saber um pouco mais sobre os acontecimentos do fatídico baile que ocorrera mais de duas décadas atrás. Para os Brockenhursts, essa noite causou estragos irreparáveis, eles perderam o seu bem mais precioso, e desde então, vivem com um enorme pesar.

"O fato é que ela tinha contado um segredo de magnitude inimaginável, um segredo que poderia lhes causar danos ilimitados, para uma completa desconhecida, uma mulher sobre quem sabia muito pouco ou nada. Ao fazer isso, tinha dado a lady Brockenhurst a munição para derrubar toda a própria família."

Após esse encontro, muitos segredos que foram mantidos a sete chaves pelos Trenchards são trazidos à tona, e essas duas famílias vêem seus caminhos cruzados de uma forma irrevogável. Essa aproximação acaba chamando a atenção de muitos curiosos e oportunistas, principalmente pelo recente interesse das duas famílias pelo jovem Charles Pope, um empreendedor cheio de ideais e sonhos, que vem de uma origem humilde, mas que com muita perseverança e força vem conquistando seu lugar entre os comerciantes bem sucedidos. Pope é o elo que une as duas famílias, é a chave que abre um passado escandaloso e secreto; é também a cura para tantas dores passadas e a oportunidade de um futuro esperançoso.

O enredo alterna entre a história das duas famílias, além de outros personagens que são apresentados ao longo da narrativa. Quanto mais a trama se desenvolve, mais revelações sobre os acontecimentos que marcaram o ano de 1815 são expostos. Fellowes nos presenteia com uma obra deslumbrante, recheada de segredos, intrigas, escândalos, ganância, drama e amores proibidos. Ele criou uma história instigante, introduziu marcos históricos que se entrelaçaram com perfeição à trama, descreveu cenários luxuosos, construiu personagens com características fortes e realistas, que são imperfeitos e cheios de defeitos, mas que a sua maneira, também possuem qualidades. Julian tem uma sensibilidade notável, ele conseguiu me conquistar mesmo quando a personalidade de alguns personagens não conseguiu, ou quando a hipocrisia da época me irritava. Dentre tantos personagens que passaram por esta trama, os meus favoritos foram Anne Trenchard, Charles Pope e seu par romântico, lady Maria Grey. O livro é majestoso até mesmo em seu exemplar físico, onde a editora Intrínseca não economizou em detalhes e criou uma verdadeira obra prima que merece ser ostentada em minha estante. Belgravia é uma obra única, que esbanja elegância e que cativa o leitor a cada virada de página.

"Para quem tem um coração puro, todas as coisas são puras."










Sobre a autora:


Julian Fellowes é ator, escritor, diretor e produtor de cinema e tv, autor de dois romances e mestre em literatura pela Magdalene College, em Cambridge, e criador da aclamada série de tv Downton Abbey, que também roteirizou e produziu e pela qual recebeu três prêmios Emmy. No cinema, recebeu o Oscar de melhor roteiro original por Assassinato emGosford Park (2002) e prêmios do Writer's Guild of America, do The New York Film Critics Circle e da National Society of Film Critics. Natural do Cairo, no Egito, e criado em Londres, Julian Fellowes recebeu em 2011 o título de Barão Fellowes de West Stafford, tornando-se par vitalício do Pariato do Reino Unido e passando em seguida a integrar a Câmara dos Lordes. Atualmente mora com a esposa, Emma, parte do tempo em Dorset e parte em Londres.










 


26 Comentários

  1. Olá
    Eu estou muito curiosa para ler esse livro, especialmente por conta do lado histórico e dos elementos de mistério. Imagino que os cenários devem ser muito explorados.. e tenho muita vontade de assistir a série ao qual o autor é criador.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Dai,

    Quero ler muito, porque amo romances históricos!

    ResponderExcluir
  3. Não vejo a hora de começar a leitura desse livro, e a cada resenha que leio, só me encanto mais. Pegar um romance de época e colocar todos os elementos que você citou de forma que envolve o leitor completamente e o deixa apreensivo pelo desenrolar da história, é no mínimo de chamar a atenção e querer conhecer. Espero ser cativado pela obra assim como você.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  4. Oi, li este livro este mês e o que mais me impressionou nele foi a abordagem histórica. O autor fez isso de uma forma tão consistente que despertou em mim o desejo de saber mais e mais sobre aquele período. Adorei saber que você também gostou!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Dai,
    Essa é uma das minhas leituras atuais e estou muito animada, pois até agora só li coisas boas da obra. Apesar de ainda estar no começo, percebi que James é um homem bem determinado e focado para atingir seus objetivos, isso é um ponto muito positivo pra mim. Fiquei bem curiosa para saber o que acontece na segunda fase do livro e vou dar uma acelerada na leitura logo.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Essa é só a segunda resenha que leio desse livro, mas já estou morrendo de vontade para ler. Já li vários romances de época, mas a maioria focava no romance em si e esse foca mais nos mistérios sobre o que aconteceu em 1815 na história. Parece ser uma trama cheia de intrigas e revelações fantásticas, estou muito ansioso para ler!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá!! :)

    Eu não conhecia o livro, mas já vi a sua capa algures... Ainda bem que gosataste do livro! :) Contudo, não sou la muito de romances históricos e por essa razão não lerei... :) ahah

    Enfim... Mas acho bom que tenha essas intrigas e revelações que adoro! :) E que tenha uma parte mais reflexiva também! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Dai!
    Vi recentemente uma resenha falando muito bem desse livro e apesar de não ler romances de época, esse me interessa. Talvez nem tanto por causa do romance em si, mas pela parte histórica, de Napoleão invadindo e e da Guerra de Bruxelas - gosto dessas coisas.
    E gostei de saber que o autor é o mesmo criador de Donwton Abbey, que é uma série que ainda não assisti mas tenho bastante interesse.
    Além de que a capa é realmente muito bonita.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá amore!
    Não curto muito essas histórias de época... Não me motivou muito a ler não pra ser sincera, embora sua resenha tenha sido muito boa!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi,linda
    Fiquei curiosa com a história dessas duas famílias e além da parte da história que Napoleão aparece.Com essa narrativa e de romances de época colocado na minha lista de desejados.Amei a tua resenha!

    Muitos Livros e Sucesso!
    Beijos!
    http://booksmagiclove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Dai!

    Eu estou lendo e adorando, a história é bem envolvente, realmente cativa! O autor sabe muito bem construir os personagens e a capa é linda, né?

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Eu adoro romances de época, mas nunca li nada como este livro. Ainda estou na página 250, mas já me surpreendi. Só o início que me pareceu cansativo, eu ainda me confundia um pouco com os personagens, mas agora que me situei, aprendi a gostar deles. Espero curtir a história tanto quando você :)
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Gosto bastante de livros do gênero e tenho visto ótimas criticas acerca da obra, o que me faz ficar ainda mais interessada.
    Os personagens parecem ser bem construídos e a trama realmente cativante. Embora já tenha percebido que esse segredo entre as famílias não é lá tão surpreendente, ainda fico curiosa para saber o que é.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu li esse livro recentemente e me apaixonei. Ele me fez mudar de opinião sobre o gênero, me cativou completamente, amei a forma como o autor conseguiu construir os personagens tão bem e que houvesse tantas reviravoltas!
    O segredo não foi surpreendente, mas conseguiu me prender do início ao fim.
    Sua resenha ficou ótima, você disse tudo que eu senti ao ler o livro!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto demais desses romances de época ultimamente tenho feito umas leituras bem legais romances esse teor histórico abordado no livro acende um pouco minha curiosidade porém esse é um livro que não me chama muito a atenção. Não consigo saber o motivo já que varias pessoas me indicam ele mais não é uma leitura que estaria na minha fila de prioridades.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?
    Esse livro realmente deve ser maravilhoso pois só sua resenha já teve o poder de me cativar!! rs
    Gosto de livros que misturam história e ficção, então só por aí o livro já andou me ganhando. Saber que a trama ainda conta com um romance proibido, com segredos escondido a sete chaves que estão prestes a serem revelados e que o livro te encantou tanto, bem, não me resta outra alternativa senão colocar a obra na minha lista de desejados! Sugestão mais que anotada. Parabéns pela resenha!
    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  17. Oie, já li esse livro e também gostei, principalmente da parte em que o autor alia os marcos históricos a história. Confesso que o segredo não me prendeu tanto mas mesmo assim valeu a pena a leitura e eu leria várias outras coisas do autor, por ele ser muito cativante. Que bacana ver tantos feedbacks bons desse livro.

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Estou louca para ler essa obra, pois sou apaixonada por Downton Abbey, além do mais, romances históricos são apaixonantes e eu sempre me empolgo muito em ler. To curiosa de mais!!! Haha parabéns pela resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  19. Sua resenha ficou maravilhosa! Adorei saber tua opinião sobre esse livro. Fiz a leitura recentemente e também fiquei encantada com Belgravia, que se tornou um favorito. Espero ter a oportunidade de ler outra obra do autor em breve <3
    Parabéns pela resenha incrível!
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi, Dai

    Eu recebi o livro da Intrínseca e estou bem ansiosa para começar a leitura. A Intrínseca realmente caprichou na edição, está a coisa mais linda do mundo.
    Gosto muito de romances de época/históricos e gosto ainda mais quantos as histórias têm segredos envolvidos.
    Espero gostar bastante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oie! Que capa linda! Vou procurar saber mais sobre o livro, mas me interessei por ele! <3
    Bjss, comenta nesse link ajudaria muito por favor:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2016/08/pom-gets-wi-fi-busca-de-wi-fi-no-ceu.html

    ResponderExcluir
  22. Uma capa linda, uma excelente trama, um autor consagrado. Já vi muitas resenhas sobre livro e a cada uma que leio, aumenta mais minha vontade de lê-lo! O fato de ser um romance de época ajuda muito e claro, adoro o gênero e despeito de ter lido pouco dele até o momento.

    ResponderExcluir
  23. Dai lindona a edição desse livro está linda, adoro livro que nos trazem grandes revelações de segredos ainda mais após tantos anos e com rumos diferente dos personagens, li muitos elogios a escrita do autor, já estou com o livro e pretendo ler em breve. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  24. Olá!

    Achei bem interessante o enredo da estória é achei estupendo que tenham colocado fatos historicos para desenvolver esta intrigante estória. Adorei saber que é uma trama cheia de drama, segredos e mistérios. E fiquei super curiosa para saber o que aconteceu naquela noite que abalou tanto estas famílias.
    Sua resenha está ótima e me deixou morrendo de vontade de ler este livro!


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  25. Olá =) Gostei bastante da sua resenha e adorei a capa do livro. A editora Intrínseca realmente contuma caprichar. Já li outras resenha desse livro e também elogiava ele, então sua resenha apenas aumentou minha atenção para esse livro. Beijos'www.sejaamavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi, Dai.
    Esse livro está no topo da minha lista de desejos e assim que eu conseguir reorganizar minhas leituras, vou dar uma chance para ele!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir