A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai.
Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida.
Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa.
Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque…


Onde comprar


Ficha técnica do livro
Título original: Romancing the Duke | Páginas: 256 | Gênero:  Romance Histórico; Ficção | Formato: Impresso; E-book | Editora: Gutenberg | Edição: 1ª | ISBN: 9788582353653 | Idioma: Português | Ano: 2016


 


Quando eu penso que Tessa Dare já me surpreendeu de todas as formas possíveis, eis que me deparo com Izzy e Ransom. E mais uma vez, lá estou eu morrendo de amores pela autora e suspirando apaixonadamente por mais uma história criada por ela. Romance com o duque é o primeiro livro da série Castles Ever After, e foi lançado aqui no Brasil pela editora Gutenberg (muito amor por essa editora ). Neste romance, iremos conhecer dois personagens com a personalidade bem diferente uma da outra. De um lado temos o ranzinza Ransom, o duque de Rothbury, um homem que carrega muitas marcas no corpo e na alma, e que durante um duelo foi gravemente ferido e perdeu a visão. Depois desse infortúnio, ele resolveu se enclausurar em seu castelo, no condado de Northumberland, e deixou que seus advogados e administradores cuidassem de seus bens. Do outro lado da história, temos Izzy, uma solteirona de 26 anos (para a época ela já era considerada velha), que nunca se achou bonita ou com grandes atrativos, mas apesar de tudo, sempre sonhou que viveria um conto de fadas, até que sua vida muda drasticamente... Isolde Ophelia Goodnight, ou apenas Izzy, é uma mulher doce e sonhadora, tem uma alma romântica e bondosa, e apesar de não ter conquistado nada de concreto na vida, nunca perdeu a confiança, a esperança e a determinação.

"Desde de que tinha se machucado, ele não gostava de ninguém perto demais. E ele não precisava de aconchego, obrigada. Ele tinha um cachorro."

Filha de um escritor famoso, Izzy cresceu em meio às fantasias e histórias de finais felizes, por isso, nunca desistiu de um dia encontrar o seu. O romance de seu pai conquistou milhares de leitores, e como Izzy era a estrela dos Contos de Goodnight, os fãs da obra a consideravam uma celebridade. Esses fãs eram tão fascinados pela história, que sempre se reuniam vestidos caracterizados, encenavam e visitavam a “pequena” Izzy onde quer que ela estivesse. E gente, eles foram um ponto alto na trama, e importantíssimo também, pois mostraram sua lealdade quando Izzy precisou deles. Mas ao contrário do que todos pensavam, a vida da jovem nunca foi um conto de fadas, pelo contrário, ela só tomou rasteira, mas sempre conseguia se reerguer. Mas com o tempo, ela foi deixando o romantismo de lado, e percebendo que aquelas fantasias nunca se tornariam reais para ela.

"Quais contos de fada restavam para um mulher comum, empobrecida, de 26 anos e que nunca tinha sido beijada?"

Izzy ficou órfã de mãe quando era apenas uma criança, e foi criada por seu pai, que recentemente, veio a falecer deixando-a sozinha no mundo. Como não tem irmãos, todos os seus bens são transferidos para o seu primo, que para a sua infelicidade não a suporta, e não pensa duas vezes em colocá-la na rua. Izzy enfrenta momentos muito difíceis e chega até a passar fome, mas uma grande reviravolta acontece quando é informada de que seu padrinho havia lhe deixado uma herança. Quando chega ao local acordado para saber o que havia herdado, ela se depara com dois problemas: primeiro, descobre que herdou um castelo em ruínas; segundo, o antigo dono mora nele e nega ter vendido a propriedade, logo, nada ali pertencia a ela. Os documentos provam que o castelo agora era de Izzy e ela estava disposta a fazer com que o duque saísse do que era seu por direito. Porém, Ransom se nega a deixar a sua propriedade e contesta veementemente a questão. A única forma de descobrir o que tinha acontecido seria investigar minuciosamente os fatos, mas nenhum dos dois tinhosos estava disposto a sair do local, e assim teriam que conviver juntos. O Duque de Rothbury então tem a ideia de contratar Izzy para que ela leia o amontoado de correspondência que ele havia recebido e ignorado durante o tempo em que estava no castelo, e como ela não tinha um tostão furado, aceita a oferta.

"Izzy olhou para os papeis em suas mãos. Ela chegou com uma bolsa na mão e a barriga roncando. E ela continuava com a bolsa na mão e a barriga roncando. Mas agora possuía um castelo. E não qualquer castelo, mas um que já vinha com um duque dentro."

Com o passar dos dias, eles começam a se aproximar cada vez mais, contudo, suas personalidades são completamente opostas. O jeito de Izzy deixa Ransom irritado e encantado ao mesmo tempo, e isso faz com que ele fique cada vez mais confuso, ora quer se livrar dela, ora beijar ela. O duque de Rothbury é um homem problemático, cético, misterioso, amargo, cheio de traumas e rancores, ele não é uma pessoa fácil de lidar, mas Izzy pode ser o ser humano mais persistente do planeta. Quando um forte desejo os envolve, ela está mais do que disposta a se entregar a ele, seria sua chance de “viver”, o romantismo não faz mais parte de seus sonhos, ela quer apenas sentir o momento. Aos pouquinhos, Izzy vai derrubando as pedras que o duque ergueu em volta do coração e gradativamente adentrando sua alma escura. Mesmo com tanta proximidade, eles nunca abandonaram o desejo de descobrir o que aconteceu de fato com a suposta venda do castelo, e nesse meio tempo, Izzy vai lendo as cartas para Ransom, e na medida em que são lidas, eles tem cada vez mais certeza de que os advogados do duque estão passando-o para trás. Contudo, a vida de Ransom está prestes a tomar mais um grande baque, mas dessa vez, Izzy está lá para lhe oferecer a mão, e junto com ela, uma legião de pessoas que ela conquistou ao longo do tempo, incluindo os fies seguidores dos Contos de Goodnight. E é nessa jogada incrível que Tessa nos prova o valor da amizade, da lealdade e da perseverança.

"(...) Eu não sou uma garotinha boba que sonha com cavaleiros. Sou uma mulher. Uma mulher que, de forma completa e inconveniente, pela primeira vez na vida, sente desejo. Um desejo ardente pelo pior homem possível. Um duque profano, amargo, ferido que se recusa a sair da casa dela. (...)"

Romance com o Duque é um livro apaixonante, e não é a toa que foi o vencedor do RITA Awards de 2015 na categoria de Melhor Romance Histórico. Dare criou cenários majestosos e personagens incríveis, misturou ficção com realidade, mistérios, segredos, superação e romance. Como não poderia ser diferente, o enredo é super divertido, cativante, sensual e inteligente. Foi impossível abandonar a leitura antes de concluí-la, larguei tudo para depois e li num suspiro só. Ransom e Izzy entraram para a minha lista de casais favoritos, eles têm uma química mais do que perfeita. Izzy é animada, brincalhona e sonhadora; uma mulher intrépida, sensível e doce, mas que tem uma força invejável, passou por tanta coisa que eu no lugar dela não teria suportado. Munida de muita coragem, ela enfrentou todos os desafios da vida de cabeça erguida, lutou bravamente e foi recompensada no final. Ransom é um personagem mal humorado, mas que é impossível de não se render ao seu sarcasmo. O duque faz o tipo herói ferido, mas que de herói não tem nada. Ele não é, e nunca foi um homem sonhador, carrega muita mágoa e tem o orgulho ferido, e depois de perder a visão, resolveu se manter recluso do mundo. Tanto ele quanto Izzy amadureceram bastante, mas não perderam suas essências. Juntos, eles nos encantam, nos seduzem, nos divertem e nos fazem suspirar, e acima de tudo, nos mostra que a maior beleza é aquela que os olhos não vêem.

"Ele tinha se aprisionado naquele castelo para apodrecer. Ele tinha cortado todos os laços com o mundo exterior. E bem quando ele pensava ter queimado todas as pontes – essa mulher impossível, doce e tola – apareceu, decidida a atravessar o fosso a nado. A romper suas defesas. A criar um lar. Ficar."

Se você é fã de romances de época, esta é uma leitura obrigatória. E se não conhece Tessa Dare, você PRECISA conhecer, essa mulher é fantástica! Esta é mais uma de suas histórias que vira uma das minhas queridinhas. O segundo livro da série Castles Ever After é intitulado Diga Sim ao Marquês, e eu já estou com as expectativas em alta. Em breve eu farei a leitura e volto com a resenha para vocês. Até!








Sobre a autora:




Tessa Dare é autora best-seller do The New York Times e do USA Today, com romances históricos e eróticos. Seus livros já ganharam inúmeros prêmios, como o RITA e o TR Book Reviewers’ Choice, e foram vendidos para diversos países. Esta série, Spindle Cove, é a de maior sucesso, com mais de meio milhão de exemplares vendidos, com heroínas fortes e sensuais e heróis que fazem sonhar.


Acompanhe o seu trabalho:  Facebook | Twitter | Site 












26 Comentários

  1. Sou capaz de colocar minha mão no fogo e dizer que Tessa é melhor que Julia Quinn, eu adoro a maneira que a autora consegue construir tão bem os personagens e nos surpreender com o final. Desde o primeiro livro me apaixonei pela escrita dela. Ainda não li esse livro mas sua resenha só me deixou ainda mais encantada pela autora e seus romances de época. Adorei seu blog!

    ResponderExcluir
  2. Olá
    quero muito conferir a escrita de Tessa, especialmente porque ainda não li nada a respeito dela. Sua resenha ficou maravilhosa e me deixou bem curiosa sobre o desenvolvimento e personagens. Espero poder ler em breve. Amei a capa!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada da autora e com certeza não foi por falta de indicações e elogios. Apesar de adorar romances, li pouquíssimos históricos e acho que quero entrar de cabeça neste gênero por este livro aqui. Acho que vou adorar!!! Espero poder fazer isso em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Esse foi o primeiro livro que li da autora e gostei bastante, embora seja uma história simples e até um pouco cheia de clichês, foi muito divertida e eu super recomendo para quem está um pouco saturado de histórias mais pesadas. A capa é super fofa e eu ainda não comprei o segundo volume.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  5. Olá Dai,
    Adoro romances de época e morro de curiosidade de ler os livros da Tessa Dare, pois não li nada dela ainda. Achei muito legal a protagonista viver no meio da fantasia e acreditar que ela pode encontrar seu amor, como nos livros. Outra coisa legal foi a protagonista ser filha de um escritor e ser órfã (não era para sair dessa forma hahah). Acho que por toda a composição da história, amarei o que encontrar quando ler.
    Parabéns pela incrível resenha.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Eu morro de vontade de ler algo da Tessa, porque convenhamos que ela consegue fugir completamente do clichê de romances de época, e ainda assim criar histórias incríveis e nada previsíveis.
    Adorei a resenha desse e fiquei mais interessada ainda mais em ler algo dela

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem ? Nunca li nada nem da Tessa e nem da Julia Quinn, na verdade não li ainda nenhum romance de época, então não tenho uma opinião formada, mas acho bem interessante ela ainda conseguir te surpreender.
    Além disso, parece fugir ao clichê.
    Dica anotada.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Não li ainda nada da autora, mas vejo tantas recomendações e críticas positivas que fico com a sensação de que estou perdendo grandes romances e histórias bem escritas. Sem falar que a trama parece sair do terreno comum dos romances de época.
    Dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá amore...
    Pra ser bemmm sincera, não curto muito essas coisas de época... embora tenho visto muitos comentários positivos como o seu, que até me instigam a ler... mais acho que não chegou a hora ainda rs.

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi linda! Tudo bem? Eu não gosto de romance de época mas achei interessante o fato da protagonista ser filha de escritor e de ter crescido nesse mundo da fantasia. Acho que somente por isso eu daria uma chance mas por se tratar de uma série fico com receio pois nunca li um romance de época que me prendesse.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Achei algumas coisas nesse livro legais, principalmente o fato da Izzy ser filha de um escritor famoso e ser a estrela da história do pai. Mas não curto o gênero, coisas como isso de tudo que pertence ao pai passar para o primo e ele simplesmente colocá-la na rua me enlouquecem, então pra não passar raiva prefiro não ler. Mas que bom que gostou!

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Eu AMO romances de época, mas ainda não li nada da autora. ~Livros anotados na listinha de desejados com sucesso~
    Li algumas resenhas que falaram muito bem deste livro, e ver que você também gostou me deixou ainda mais animada para conhecer.... Principalmente porque a história parece ser um pouco diferente dos romances históricos que eu já li.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Nunca li nada de romances de época e nada dessa autora, mas me pareceu extremamente interessante. Vou colocá-lo na minha listinha de desejos, com certeza. Adorei sua resenha e seu blog, ainda não o conhecia. Continue assim. <3
    Beijos!
    A World to Read

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem? Olha, ta aí um gênero que não consigo me interessar. Eu amo descrições de épocas, sou apaixonada pelas roupas, ambientações, estilo de vida, mas não gosto de romances. E pelos plots e opiniões que vejo, parece ser sempre mais do mesmo. E não gosto disso. Gosto de coisas novas, e sempre seguem o mesmo estilo. Aí não consigo me interessar. Eu fico feliz que você tenha gostado da leitura, e recomende, mas ainda não é pra mim.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  16. Oi Dai! Tudo bem?
    Já li esse livro e AMEI! Aliás, amo todos os livros da Tessa! A escrita dela é incrível, adoro o bom humor que os livros trazem, sem falar que sou apaixonada por romances de época! Adorei sua resenha!
    Bj

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?

    Nossa, não havia ouvido falar ainda dessa obra, mas nossa! Me parece ser uma história incrível. A forma que você apresentou toda a obra me deixou bastante curiosa pra lê-la. Parabéns pela resenha.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Sou fã de romances de época e esse é o primeiro na minha lista de próximas leituras! Espero poder ler em breve e conferir a história. Acho que vou gostar bastante da protagonista é também dos seguidores do livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olá ♥
    Não li nada da autora, mas só de ser um romance de época já me agradou muito e pelo fato de você falar tão bem do livro tive a sensação que vou gostar também, gosto muito desse gênero por que me sinto trasportada para outra época é uma sensação divina. Creio que a história sempre nos deixa sedento por um capitulo pelo menos lendo sua resenha fiquei louca para conhecer um pouco mais da história. Amei a capa.

    ResponderExcluir
  20. Menina,

    Eu preciso muito ler algo dessa autora. Além de só ver elogios sobre ela, eu AMO romances de época. São meu tipo favoritos de romances. Fiquei tão contente ao saber que ela constrói tudo com maestria e majestosamente, principalmente cenários, porque eu amo me habituar bem aonde está acontecendo as histórias. Eu adorei a sua resenha, fiquei super empolgada. Haha.


    beijos!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Confesso que não me deixei ser conquistada por essa onda de romances de epoca ainda, mas alguns livros me deixam curiosa e esse é um deles. Com a sua resenha conheci o livro, até agora eu nunca tinha lido nada sobre ele e de cara fiquei animada. A Izzy parece ser uma personagem muito cativante, tem uma personalidade bem interessante e por causa dessa coisa dela acreditar em contos de fadas e de repente ver que não é bem assim me identifiquei com ela kkkk O Rothbury parece ser um personagem interessante também, logo acredito que o romance entre os dois deve ser bem cativante. Enfim, parece ser uma boa leitura, vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. olá,eu não gosto nada de romances de época mas não sei como você conseguiu isso porém estou louca de vontade de ler esse livro.
    romances de epocas sempre me passou a imagem de serem chatos mas esse passou tudo menos isso,sua resenha está maravilhosa,parabéns,espero adorar o livro

    ResponderExcluir
  23. Eu gosto muito de romances históricos, mas nunca li nada dessa autora. A premissa do livro do livro é muito boa. já fiquei interessada. Vamos ver se consigo ler esse, para conhecer a escrita da autora, que tem sido tão elogiada. A maioria das resenha que leio de livros dela são boas. Gostei da dica!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  24. hi baby, tudo bem? adoro romances de época e esse me pareceu bem interessante, não conhecia mas quero ler ele o quanto antes! ótima resenha amore <3

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?

    Eu sou super suspeita de falar pois amo um bom romance de época, e apesar de não ter lido nenhum livro dessa série ainda, sua resenha me trouxe uma ótima proposta. Fiquei bem curiosa para conhecer os personagens que parecem cativantes e diferentes. Fiquei muito animada mesmo e espero uma hora dessas conhecer a série. Ótima resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá, adorei sua resenha, também sou apaixonada por romances de época e a Tessa é uma das minhas autoras preferidas. Eu AMEI esse livro, acho que é um dos melhores que já li, até melhor que a série spindle cove da Tessa. Eu ri demais lendo essa história, ver os personagens tão cabeça dura, e tão diferentes se apaixonando e nunca desistindo, foi maravilhoso, estou louca para ler diga sim ao marquês, espero que seja tão espirituoso quanto.
    Beijosss
    www.pardelivros.com.br

    ResponderExcluir