Laura abandonou o marido, Eduardo, para ir embora com outro homem. Cinco anos depois, ela retorna à cidadezinha do interior para fazer com que ele assine os papéis do divórcio, só que é surpreendida pela proposta de que ela fique apenas um final de semana com ele na fazenda e depois ele assinará o que ela quiser. Nesse fim de semana sentimentos antigos e novos começam a confundir a cabeça de Laura e ela não sabe mais o que deve fazer. Ir embora de novo ou ficar a redescobrir seu casamento?

Onde comprar:   Amazon   

Ficha técnica do livro
Páginas: 65 | Gênero:  Romance; Literatura Brasileira | Formato: E-book | Edição: 1ª | ASIN: B01JDD6IDC | Idioma: Português | Ano: 2016







Sempre que leio algo de autoria da Fê Friedereick Jhones, fico encantada com a forma que ela consegue transmitir tantos sentimentos, até mesmo nos mínimos detalhes. Neste conto, a autora nos apresenta Laura, uma mulher que fez escolhas erradas, mas, que na hora lhe pareciam tão certas. Quem nunca tomou uma decisão errada e depois se arrependeu? Quem nunca se viu deslumbrado por sentimentos ilusórios? Às vezes, precisamos perder para sentir falta, e assim, encontrar o verdadeiro caminho. 

“Nosso passado foi marcado por escolhas e dores, mas o futuro não precisa ser assim. Ele pode ser melhor, se assim você o quiser.” 

Laura conhece Eduardo desde sempre, começaram a namorar cedo e logo em seguida se casaram. Ele é um homem da terra, rústico, que trabalha arduamente em sua fazenda, e seu maior propósito é conseguir construir uma boa vida ao lado da mulher que ama. No entanto, chegou um momento em que Laura começou a ter outros sonhos, ela desejava sair da cidadezinha onde sempre morou, conhecer o mundo, se aventurar... Quando conhece Rui, um homem que lhe promete tudo isso, ela resolve seguir os sentimentos momentâneos e abandona seu casamento em busca de novas aventuras. Contudo, com o passar do tempo, ela passa a ponderar se tomou a decisão correta. Agora seus planos mudaram e ela quer construir uma família, mas Rui não pensa dessa forma e a relação dos dois desanda e chega ao fim. 

Cinco anos depois de ter abandonado o marido, ela decide retornar a sua cidade e dar fim de uma vez por todas em seu casamento com Eduardo, para assim, começar uma nova vida. Munida com os papéis do divórcio e de muita coragem, ela chega à fazenda que um dia foi seu lar, e muitas memórias até então esquecidas, começam a mexer com seu coração. Porém, nada foi como esperado, Laura estava convicta de que não seria bem recebida, afinal, ela o traiu e o abandonou, mas Edu se nega a assinar a separação e ainda lhe faz uma proposta inusitada: ela deveria passar todo o final de semana ao seu lado na fazenda, e após esse período ele assinaria o divórcio e sairia de seu caminho. Laura nunca imaginou que Eduardo ainda a amasse e desejasse que ela retornasse para sua vida, agora seus sentimentos estão todos confusos. O que será que esse final de semana reserva para esse casal? Será que o amor resistiu aos erros passados e é o suficiente para perdoar e seguir em frente? 

“—Você sabe como é ir embora, sabe o preço que se paga ao buscar uma liberdade ilusória. Mas eu te amo, e por esse amor não posso lhe impedir de ir embora. Só posso lhe mostrar o que lhe darei caso fique, e torcer de todo coração, que dessa vez escolha a mim.” 
“—Eu tentei odiar você. Tentei ser racional e seguir em frente, mas o amor que eu sempre senti por você é irracional. Ele apenas existe e por mais que eu tenha tentado não sentir, eu sinto.” 

Apenas um Final de Semana é um conto sensível e tocante, que fala sobre escolhas erradas, perdão, segundas chances, amor verdadeiro e recomeço. Com poucas palavras, a autora nos presenteia com uma história repleta de emoções, e isso fez com que eu terminasse a leitura com aquele gostinho delicioso de quero mais. É impossível não se render aos seus personagens, principalmente a Eduardo, que é um homem incrível e apaixonante. Como sempre, a escrita da Fê é impecável e cativante, e é por me conquistar um pouco mais a cada novo trabalho, que ela se tornou uma das minhas autoras favoritas. Por isso, fica aqui a minha recomendação de uma leitura rápida, delicada e que tem o poder de emocionar o leitor de uma forma simples e única. 

“—Você sempre foi meu sol, Laura. Sinto como se estivesse amanhecendo depois de muitos anos de noite.” 
“(...)  corações que poderiam ter escolhido a destruição, mas preferiram a reconstrução.”






Sobre a autora:




Fê é uma apaixonada por histórias, por isso fez Psicologia. Dona de um coração bobo, que tem a capacidade infinita de acreditar no amor, então passou a escrever, de tudo um pouco, poesias, contos e romances. Participou de antologias, escreveu colunas em revistas eletrônicas, é blogueira e autora no Wattpad. Ímã de Traste é seu primeiro Chick-Lit. Baiana, mora em Recife com seu marido e sua filha peluda, Belle.


Acompanhe o seu trabalho: Fanpage | Instagram | Twitter | Skoob









 


2 Comentários

  1. Obrigada por tanto carinho! Fico feliz em saber que te emocionei com meu conto. Beijinhos, amore!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por tanto carinho! Fico feliz em saber que te emocionei com meu conto. Beijinhos, amore!

    ResponderExcluir