Ele está vivo nos meus sonhos. E que sonhos! Mas é pouco. Eu quero esse garoto na minha vida.
Kira, uma garota divertida, generosa e de marcantes cabelos longos, está vivendo um momento único aos 22 anos: ela abriu seu próprio negócio junto com a melhor amiga. É então que, inesperadamente, ela começa a ter suas noites transformadas em poesia e êxtase quando um rapaz desconhecido surge em sua vida. Mas com um detalhe importante: os dois passam a ter um encontro marcado... em seus sonhos.
A cada dia, esses momentos secretos ficam mais intensos, apaixonantes e repletos de mistérios. Ela tenta não se entregar, mas a paixão só aumenta, e quando um acidente de carro a leva de encontro ao rapaz de seus sonhos, o mundo a fará entender como nem tudo tem explicação, mas sempre tem um motivo.
Mas conhecê-lo no mundo real não será uma tarefa das mais fáceis. Para ter sua tranquilidade de volta e desvendar o que existe por trás deste misterioso encontro, Kira terá que percorrer caminhos difíceis, repletos de obstáculos e barreiras. Ela só tem uma coisa em que acreditar: a vida, quase sempre, reserva o melhor para o final.
Uma história cativante e marcante, repleta de desafios, enigmas e perguntas a serem respondidas. Um convite para dar asas à imaginação e aquecer o coração, nos fazendo refletir: pode um grande amor existir somente enquanto sonhamos?

Onde comprar

Ficha técnica do livro
 Páginas: 296 | Gênero:  Romance; Ficção | Formato: Impresso | Editora: Valentina | Edição: 1ª | ISBN: 9788565859455 | Idioma: Português | Ano: 2014



 


“Você acredita em finais felizes? Não? Ah, se não acreditar, ele jamais acontecerá. È como o ar puro... não adianta respirar fundo quando se está andando pelo centro da cidade. Caminhe entre a natureza interior, acredite e o grande amor será seu.”

Aos 22 anos, Kira sente-se realizada profissionalmente. Junto com sua melhor amiga e sócia Leandra, mais conhecida como Lelê, inaugurou o Canto da Casa, uma loja vintage super charmosa. Mesmo não seguindo o caminho profissional que seus pais esperavam, ela conta com total apoio deles, que sempre demonstram seu orgulho pela filha empreendedora. Kira mora no Recreio, um bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, junto com seus pais e seus irmãos, os gêmeos Calos Eduardo, o Cadu, e o Carlos Rafael, o Cafa. Essa família é extremamente unida, o carinho e o respeito que nutrem um pelo outro é algo lindo de se ler. A relação de Kira com seus irmãos é de pura amizade e proteção, os gêmeos a tratam com uma princesa; a caçula tem todo o apoio dos dois em todos os sentidos da vida.

“- Tem horas na vida, que não devemos ficar procurando respostas, apenas viver.”

Kira é uma jovem alto astral, de bem com a vida, positiva, bondosa e muito correta, mas apesar de se sentir feliz com tudo o que possui, com o que conquistou em sua profissão, com seus amigos e sua família, ela sente que falta algo em sua vida amorosa. No auge de sua juventude, Kira se encontra solteira e assim como Lelê, ela nunca se apaixonou e nunca namorou. Porém, recentemente seus sonhos têm sido povoados por um misterioso rapaz que aos poucos vem ganhando o seu coração. Mas, como pode ser possível se apaixonar por uma pessoa que só aparece quando ela dorme? Como pode se sentir apaixonada por alguém que vive dentro dos seus sonhos? Será que o rapaz realmente existe ou será somente fruto da sua imaginação? Essas dúvidas acompanham a jovem em vários momentos e a hora de dormir se tornou o seu momento preferido do dia. 

“Dentro de mim, existe alguém esperando você lembrar o que tivemos nos sonhos. Não sei como isso vai acontecer, não sei se precisarei dizer algo. Talvez a gente conversando, fique claro como somos importantes um para o outro. Eu não posso estar tão maluca e estar vivendo isso tão sozinha e acompanhada.”

Em um dia que tinha tudo para ser como qualquer outro, eis que o destino resolve cruzar o seu caminho com o de seu rapaz misterioso, e que para a sua grande felicidade é real. Mas o rapaz não se lembra dela, não se lembra de “viver” em seus sonhos. Entretanto, um sentimento sublime vem nascendo entre eles, e aos poucos, ele vai se descobrindo apaixonado por Kira. Contudo, nem sempre na vida tudo é um mar de rosas, e junto com sua chegada, chegam também algumas complicações, alguns obstáculos que só poderão ser ultrapassados se houver muita união, amor e confiança. 

“Nosso encontro estava marcado. Não importava me preocupar, duvidar. União predestinada. Compromisso sem papel assinado, mas claramente compactuado. Uma junção mexendo com duas pessoas e fortalecendo individualmente cada uma delas. Detalhes que só o amor compreende.”

Sonhei que amava você é uma história doce, romântica, leve e bastante descontraída. Apesar de achar a narrativa muito juvenil, a Tammy tem um jeito todo especial de fazer os personagens “falarem” com a gente, principalmente por narrar passagens corriqueiras da vida de uma pessoa, algo que faz com que muitos se identifiquem. Com toda a certeza, dá para sentir o seu coração e a sua dedicação entre as linhas. A obra é repleta de mensagens positivas e de valores; gosto muito da maneira como a autora destaca a importância da família e da amizade. Na trama, encontraremos além de muito romance, alguns mistérios, suspenses e aventuras, tudo narrado por Kira. Os personagens secundários têm bastante destaque na trama assim como os protagonistas, e é impossível não se encantar com as loucuras de Lelê ou com os temperamentos dos gêmeos. Bem, eu preferi não revelar na resenha o nome do rapaz que habita os sonhos de Kira, acho que perderia toda a graça. O bom é se manter no “escuro” junto com ela, para a descoberta se tornar ainda mais interessante.

Confesso que uma das coisas que mais se chamaram a atenção na obra antes de comprá-la além da capa, claro, foi a sua premissa. Eu acreditava que o enredo tivesse um “q” de fantasia, mas fui percebendo que não se tratava disso enquanto a trama ia se desenvolvendo. Depois comecei a acreditar que era algo mais espiritual, mas também descartei essa questão, e no final das contas, estava mais para “existem coisas na vida que não tem explicação”. Além de considerar a leitura super prazerosa, algumas coisas não me conquistaram, como certas atitudes infantis vinda de personagens adultos, ou como todos eles eram bem sucedidos, lindos e ricos, ou até mesmo de certas descrições longas e detalhadas demais. Fora isso, eu gostei bastante da história e, principalmente, do romance fofo entre Kira e seu amado, que é daquele tipo que nos deixa sorrindo à toa e sonhando acordado. 

“- Não sei dizer o que sinto. Estou mexido por dentro, como se cada parte de mim estivesse sido alertada da sua presença. Ainda preciso pensar, analisar, saber se isso é paixão, amor, envolvimento, loucura, mas uma coisa não sai da minha cabeça: estou fadado a viver profundamente o que vem por aí, não quero outra história, outro lugar, muito menos outro coração. Estou aqui porque não sei mais como chegar e me sinto estacionado nesse seu sorriso encantador.”

A capa me conquistou de imediato, e como disse anteriormente, foi um dos fatores que me fizeram adquirir a obra. A diagramação também é linda e muito delicada, todos os acabamentos do livro são primorosos. Senti falta de apenas uma coisa nesse exemplar: a sinopse. Como comprei o meu pela internet, li a sinopse na descrição do produto, mas se alguém se interessar por ele numa livraria física, não encontrará nem uma sinopse. De qualquer forma, fica aqui a minha dica de uma leitura agradável, leve e muito graciosa.







Sobre a autora:





Além de escritora, Tammy Luciano também é atriz, jornalista, autora teatral e desenvolve um trabalho social em escolas chamado "Escreva o Mundo”, que incentiva alunos a escreverem suas próprias histórias. Ela já publicou outros seis títulos, entre eles os best-sellers Fernanda Vogel na Passarela da Vida, Garota Replay e Claro que te Amo!











    


Um Comentário

  1. Não conhecia o livro, mas achei a capa tão linda. A premissa me encantou, achei super interessante a personagem se apaixonar por alguém em seus sonhos... Amei a dica!

    Bjssss

    ResponderExcluir