Nicole é uma jovem bailarina brasileira e está prestes a realizar seu sonho: Estrear no papel principal em uma peça na Companhia de Ballet de Londres. Tudo estaria perfeito se não fosse pela presença de um dos seus diretores: o temido Sr. Daniel Hunt. Um maestro prodígio de temperamento difícil, com um humor sombrio e que desperta em Nicole sentimentos contraditórios.
Porém, quando uma tempestade de neve os isolam em uma mansão centenária, eles terão que encarar de frente não apenas os segredos que atormentam Daniel, como uma paixão proibida que nasce entre os dois.
Uma história sobre amor e superação. Um romance intenso, tocante e perturbador que mostra que todos merecem uma segunda chance, até mesmo alguém com fama de monstro.


Onde comprar:  Amazon  

Ficha técnica do livro
Páginas: 454 | Gênero:  Romance; Literatura Brasileira | Formato: E-book | Edição: 1ª | ASIN: B01LXD67OT | Idioma: Português | Ano: 2016





Desde que a Babi começou a divulgar Senhorita Aurora no seu grupo no Facebook, fiquei encantada e muito ansiosa para conhecer mais uma história criada por ela. Porém, nada me preparou para a avalanche de emoções que este enredo proporciona. Não é segredo para ninguém que eu sou apaixonada pela escrita desta autora, e faço questão de deixar isso muito claro sempre que posso. E mais uma vez, ela arrebatou o meu coração! Já deixo claro que nada do que eu disser nessa resenha será suficiente para expressar o quanto esta obra é magnífica. 

Depois de sete horas de leitura ininterruptas, em meio a sorrisos, lágrimas e suspiros, cheguei ao final do livro completamente extasiada, me sentindo completa e vazia ao mesmo tempo, eu não estava preparada para me despedir de Daniel e Nicole. Difícil de explicar, mas eu só queria voltar a primeira página e começar tudo de novo, sentir tudo outra vez. Só mesmo alguém com a sensibilidade da Babi para cativar um leitor desta maneira. 

“A vida não faz pessoas fortes; ela te joga os desafios e você escolhe se vai deixar que eles te atropelarem, ou se vai passar por cima.” 

Nesta deslumbrante trama, iremos conhecer a história de Nicole Alves, uma jovem brasileira de origem humilde, que sonha em ser uma grande bailarina. Desde muito nova, ela se dedica incansavelmente ao seu sonho, e com muito trabalho, empenho e perseverança, luta diariamente para alcançar o seu objetivo. Seu talento e entrega a levaram a conquistar uma bolsa de estudos em uma das escolas de balé mais importantes do mundo, a Academia de Ballet de Londres. Três anos depois deste feito, Nicole garante o primeiro marco em sua carreira quando conquista a concorrida vaga de solista no espetáculo A Bela e a Fera, que contará com a direção do imponente maestro, Daniel Hunter. Este por sua vez, é um jovem prodígio da música, que ganhou espaço e respeito por sua genialidade e talento. O fechado e rude maestro é conhecido e temido por seu temperamento difícil, sua arrogância e sua falta de paciência. Um homem que se esconde atrás das aparências, e que faz questão de afastar qualquer pessoa que tente se aproximar, até que uma destemida e persistente bailarina resolve tentar desvendar seus mistérios e desnudar a sua alma. 

“Daniel despia a música com as mãos, com os olhos, com corpo e com a alma.” 

Nicole é uma personagem tão incrível, uma mulher com alma de menina, tão determinada, doce, talentosa e batalhadora, que eu já era fã dela logo na primeira página da obra. Quando conhece o Sr. Hunter com toda aquela pose e arrogância, ela fica intrigada e confusa, algo nele mexe completamente com seus instintos. Nicole tem certeza de que por trás de toda essa aparência, existe um homem ferido que, mesmo achando que não mereça, clama por libertação. E ela não poderia estar mais certa! Daniel nos deixa querendo estapeá-lo por ser tão irritante, mas assim como Nicole, ficamos fascinadas e loucas para descobrir o que há por trás de sua máscara. E no decorrer da trama, estaremos totalmente rendidas por esse personagem que carrega o peso do mundo nas costas, que possui um passado cheio de dor e amarguras. Sem sombras de dúvidas, Daniel e Nicole formam um casal fascinante, apaixonante; capaz de mostrar a força e genuinidade do amor verdadeiro. 

“Enquanto as mãos do senhor Hunter corriam livres pelas teclas, os olhos dele corriam em mim com mais liberdade ainda. Era tocada em todas as partes pelo olhar dele em cima de mim. O Daniel soltava as notas como o ar e meu corpo pegava, porque respirava o som.” 

A trama aborda um tema delicado, um que eu nunca tinha lido em nenhum outro livro. Este é o grande segredo do nosso maestro, e quando é desvendado, nos deixa com o coração na mão e em meio a um dilúvio de lágrimas, querendo colocá-lo no colo e espantar tudo que o atormenta. O enredo possui elementos clichês, mas a forma como a Babi desenvolve a história, eleva o livro para outro patamar; ela escreve com o coração e por isso, conseguimos sentir cada emoção, cada palavra, cada sensação. Este é o tipo de leitura que nos deixa tão entregue, que nos esquecemos de nós mesmo, que quando termina estamos com a alma leve, com o coração transbordando amor, com um sorriso enorme no rosto e derramando lágrimas de pura felicidade. 

“— Você me devolveu tudo, Nicole, você é muito mais do que eu imaginei merecer um dia e... eu te amo tanto que hoje sei... que milagres existem.” 

Senhorita Aurora é poesia, é música, é melodia, é dança, é corpo, é alma, é sentimento, é emoção, é inspiração. Um romance intenso, sensível, tocante e inesquecível! Não existem palavras o suficiente para descrever o quanto esta obra é esplêndida; eu poderia ficar aqui listando as suas inúmeras virtudes, mas prefiro deixar o meu convite para que você possa descobrir por si mesmo, e assim entender o porque a considero tão fabulosa. Para mim, a Babi A. Sette é uma das melhores autoras da atualidade, seja escrevendo romances de época ou contemporâneo, ela tem o dom de transmitir sentimentos em forma de palavras. 

“Eu, o piso, meu corpo e a dança.
Eu, o céu, os movimentos e a música.
Eu, o êxtase, a entrega e a melodia.
Eu, o suor, a liberdade e a alma.” 

Espero em breve ter o exemplar físico de Senhorita Aurora na estante, este é um livro que vou reler toda vez que tiver oportunidade. Por fim, só tenho que agradecer a autora por dividir conosco esta história tão marcante; com toda a certeza, ela ficará gravada na memória de cada um de nós. 

“Hoje sei que os desvios de caminhos que enfrentamos nos levam exatamente onde devemos chegar. E que Deus, a vida ou o universo, nos entregam aquilo que pedimos e queremos, só que muitas vezes isso acontece de uma maneira um pouco diferente daquela que imaginamos. Entendo também que o que nos mata e nos tira a alegria, não são as coisas inesperadas e os desafios que temos que superar e sim, a nossa dificuldade de encontrar nos caminhos inesperados os sonhos dos nossos corações e os presentes que estão ali, somente esperando por nós.”





Sobre a autora:

Babi A. Sette Começou a escrever romances há três anos e não parou mais. Seu livro de estreia, Entre amor e o silêncio, publicado pelo Grupo Novo Século, teve a primeira edição esgotada em poucos meses. Formada em Comunicação Social, sente-se metade psicóloga; e outra socióloga. Ama viajar, conhecer pessoas e descobrir lugares. Apaixonada por romances de época, jura que viveria feliz também no século 19. Atualmente, mora em São Paulo com o marido, a filha, um cachorro, um gato e seus personagens.
Uma das únicas autoras de romances de época do Brasil Autora membro do RWA – Romances Writers of America.

Acompanhe o seu trabalho: Site | Fanpage | Instagram | Twitter 












4 Comentários

  1. Daia, que resenha sensível e emocionante. O livro já estar na minha lista e cada resenha que leio fico com mais ansiosa. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, adorei sua resenha, quero muito ter a oportunidade de ler este livro, quem sabe ainda este ano, parabéns pelo blog!


    www.dicasrodape.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ainn, que lindeza! Estou louca para ler esse livro, a Babi é incrível, sou super fã do trabalho dela. Sua resenha me deixou ainda ansiosa e cheia de expectativas. Parabéns, arrasou!

    ResponderExcluir
  4. Esse livro me encantou pela capa...Não tenha dúvidas que numa enquete sobre a melhor capa, meu voto será desse livro. Não conheço o trabalho da autora, mas ao ler a sua resenha e toda sedução da capa. Estou adquirindo o história e se já gostei da resenha, com certeza vou me deliciar com o livro. Parabéns vocês são demais!

    ResponderExcluir