Sinopse: A vida profissional de Ana, uma jovem e solitária decoradora de interiores, órfã de pai e mãe, estava ótima, já sua vida pessoal andava de mal a pior. Até que um certo dia, após ouvir uma bela canção de amor no rádio, começou a se sentir diferente, quando teve um pressentimento de que sua vida estava prestes a mudar, como se aquela melodia, cantada por uma incrível voz rouca, tivesse tocado seu coração. Ela se apaixona então, platonicamente, pelo músico Marcus, o vocalista da banda que tocava na rádio, e acaba o conhecendo de uma forma inusitada. Depois desse encontro, sua vida nunca mais será a mesma.
Contra todas as probabilidades faz referência à improbabilidade da história de amor entre Ana e Marcus, por viverem em realidades diferentes, cidades diferentes, estarem envolvidos em relações diferentes e, mesmo assim, unirem seus corações. É uma história bonita de amor, de dor, de sofrimento, mas principalmente de aprendizado e de recomeços. O livro inspira esperança porque permite ao leitor acreditar que tudo pode melhorar desde que não se desista, mesmo contra todas as probabilidades.

Onde comprar:  Amazon  

Ficha técnica do livro:
Páginas: 206 | Gênero: Romance; New Adult; Literatura Brasileira | Formato: E-book | Edição: 1ª | ASIN: B01N67646G | Idioma: Português | Ano: 2016




“Olhei-me no espelho e lá estava aquela tristeza profunda, tão misteriosa para alguns, a me incomodar, a me espiar. Aquele olhar me fitando do espelho fazia lembrar de quando era criança, quando sonhava e acreditava que um dia tudo daria certo no amor.”

Ana tem 27 anos e é sócia de uma empresa de decoração de interiores. Sua vida profissional não poderia estar melhor, ela faz o que gosta e ainda é bem-sucedida, mas a vida pessoal não está uma das melhores. Por ter perdido o seus pais cedo e um tempo depois os seus avós, Ana se vê sozinha, sem familiares, pois era filha única, e podendo contar somente com suas amigas de infância, Amanda e Carolina. 

Em um belo domingo de manhã ela resolve ligar o rádio e uma voz rouca preencheu todo o ambiente e cantava uma linda melodia de amor, nesse momento algo diferente aconteceu em seu coração e ela sentiu que a partir daquele dia, sua vida começaria a mudar, não sabia como e nem se era para melhor, mas acreditou que seu grande amor chegaria para tirá-la daquela solidão.

“Acabei adormecendo enquanto pensava sobre minha vida, desejando encontrar alguém que mudasse o rumo da minha história, um amor que me completasse e trouxesse alegria para meus dias.”

Depois de se deparar com a banda que ouviu no rádio 4 vezes durante o dia, Ana percebeu que não podia ser somente coincidência e pesquisou sobre eles. 330 Hertz foram descobertos em um reality show e começaram a fazer um tremendo sucesso em todo o país. O vocalista Marcus com sua voz rouca estonteante e com belas canções românticas conquistou de primeira o coração de Ana. Mas ela achava uma insanidade se apaixonar por um cara que nem sabia que ela existia, um verdadeiro amor platônico.

Ana ficou obcecada pela banda e quando eles foram para sua cidade fazer um show, ela resolveu usar sua influência para entrar no hotel em que estavam hospedados e com aquela ajudinha do destino, esbarra em Marcus no corredor, o que só serviu para deixa-la ainda mais caidinha por ele. E se não bastasse isso, a noite, no show, ele a chama para o palco para cantar uma música com ele (gente, até eu me apaixonaria né?!). A partir disso, as coincidências começam a ficar cada vez mais frequentes. 

“Vasculhando a internet encontrei tudo sobre a banda 330 Hertz. Entrei nas páginas das redes sociais do vocalista Marcus, o cantor gato e rouco, e fiquei ali horas vendo fotos, lendo os comentários das fãs, sentindo-me uma adolescente empolgada.”

Marcus estava alucinado com todo o sucesso que cercava a banda, mas sua namorada não estava muito feliz com o assédio das fãs e a falta de tempo dele, por isso decidiu terminar um namoro de longa data. Um tempo depois ele até tenta reatar o namoro, mas Fabiana está decidida em não voltar e então Ana se faz cada vez mais presente em sua vida, em seus pensamentos. Ele ainda sente falta de Fabiana e não entende esse sentimento que está crescendo em seu coração por Ana.

“Pensar em Ana me deixou inquieto por algum motivo que eu não conseguia entender. Algo nela desperta meu interesse de uma forma que eu ainda não estou acostumado.” 

Bom, preciso confessar que achei o enredo um pouco parado até o capítulo nove e as falas um pouco forçadas, sabe quando você está assistindo uma novela ou filme e percebe que o ator decorou direitinho as falas e não fica aquela cena nada natural? Foi assim que a história se passou na minha cabeça. No entanto, do capítulo dez em diante, a história ficou mais atrativa, os personagens começaram a me cativar e a leitura fluiu fácil. A maioria dos capítulos são narrados pelo ponto de vista da Ana, mas também temos aqueles narrados por Marcus, até mesmo para entendermos os sentimentos desse mocinho lindo que conquistou o coração de Ana, e no final, o meu também. 

Contra todas as probabilidades é um livro agradável, com uma trama leve e com personagens que te fazem suspirar no final da leitura. Senti que a todo momento a autora quis nos passar o sentimento de esperança, não só em relação aos protagonistas, mas para as questões da nossa vida também. Esperança e confiança que em algum momento a situação ruim que você está passando pode mudar, que os problemas podem ser resolvidos, que o amor suporta e transforma muitas coisas e precisamos nos apegar a isso. Uma leitura que no fim deixou um bom aprendizado, além de suspiros apaixonados. 

“A forma como nos olhávamos era como se disséssemos um ao outro “eu sempre estarei ao seu lado”.” 





Sobre a autora:


Renata dos Reis Corrêa nasceu em 04/03/1981, mora em Uberlândia-MG com o marido e seus dois filhos gêmeos (um casalzinho). É médica oftalmologista por formação e uma apaixonada pela escrita, pelas histórias de amor e principalmente pelos finais felizes. Uma romântica incorrigível! Escreve em seu blog renatacorreaescritora.blogspot.com.br e já escreveu quatro romances (ainda inéditos), sendo que “Contra todas as probabilidades” é seu romance de estreia. Seu segundo romance “As coisas não são bem assim” sairá pela Editora Pandorga no final do primeiro semestre de 2017.


Saiba mais: Fanpage | Twitter | Instagram | Blog 








10 Comentários

  1. Amei! Que resenha linda! Muito obrigada! É tão bom ver que a gente conseguiu o objetivo que queria com o que escreveu! Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha, faz a gente querer ler o livro urgentemente!!! Apresentação delicadíssima... Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Tenho esse livro no meu kindle, mas tinha pesquisado sobre ele direito. A história parece ser agradável, daquelas que você lê em um dia para passar o tempo, talvez eu pegue ele em um final de semana, adoro livros com cantores.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos!!!

    http://follow-and-breath.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Adorei sua resenha e estou me perguntando como eu ainda não conhecia esse livro! Ele parece ter uma pegada leve e ser uma leitura que flui rapidamente o que despertou ainda mais a minha atenção. Também não conhecia a autora, mas já vou correndo na Amazon adquirir o meu e fiquei louca pra saber o que vai acontecer com Ana e a banda 330 Hertz.

    beijinhos,

    http://leiturize-se.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sei bem isso de um diálogo não natural, odeio quando a trama é bom mas tem diálogos assim. Mas que bom saber que a leitura melhor depois, gostei do enredo, e não conhecia a obra. Gostei bastante da sua resenha, parece mesmo uma obra bem leve de ler.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Bom, o que achei realmente legal foi essa mensagem de esperança que o livro transmite, mas não fiquei com vontade de ler. Isso do enredo parado nos primeiros capítulos e o detalhe das falas parecerem forçadas são coisas que me incomodariam bastante, por isso prefiro não conhecer a obra. Ainda bem que no início a Ana sabia que seu amor platônico era meio insano... Rs...

    ResponderExcluir
  7. Oi Mary!
    Mas que história mais fofa! Eu gosto demais de New Adults e, apesar de achar que a maioria segue sempre aquela mesma fórmula clichê, nunca consigo deixar de me render a eles.
    A história parece ser bem leve e que bom que fica mais ágil depois de alguns capítulos. Gosto muito quando os capítulos são intercalados entre os personagens, justamente porque nos permite conhecer os dois lados da história. O que não curti muito foi a parte dos diálogos forçados, isso me irrita demais. Gosto quando as falas saem mais naturais, sabe? Mas parece ser um bom livro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu curti a capa do livro e a sinopse, então tenho o livro no Kindle, mas não cheguei a começar a leitura....
    Que pena que acontece essa sensação de não ser fluido no início, ao mesmo tempo fico contente em saber que melhora, que pega o ritmo. O bom é saber que depois melhora, senão não sei se não desistiria se começasse a ler o livro sem ter lido sua resenha.
    espero curtir a história :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem? Confesso que essa sinopse não me atraiu em nada, soou um pouco fantasiosa para mim, e saber que até o capítulo nove as coisas não andavam muito bem me desanima um pouco, além de romance não ser o meu forte. Acho que não seria uma boa leitura para mim no momento :/

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu não conhecia a autora e também não conhecia o livro. Achei a história super legal e fiquei bem curiosa para saber como o romance vai acontecer. Imagino que seja daqueles romances que prendem o leitor e eu preciso de livros assim.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir