Luna Elizabeth Walker é uma doce jovem marcada pela dor. Amparada pelo tio após a morte de seus pais, ela vê-se encurralada em um caminho sem volta, onde apenas o amor poderá ser capaz de libertá-la.
Quando Michael Preston, sexto Duque de Blanchard retorna a Londres após seis longos anos, não esperava apaixonar-se instantaneamente pela jovem mais intrigante de toda a sociedade Londrina. A proximidade entre os dois despertou em ambos um sentimento arrebatador capaz de enfrentar qualquer obstáculo.
Mas Luna guarda um segredo. Um segredo doloroso que pode colocar em risco não apenas o amor de Michael, mas também sua própria felicidade para sempre.
Será o amor capaz de curar e perdoar um coração que fora severamente privado de amar por tanto tempo?

Onde comprar:  Amazon  

Ficha técnica do livro:
Páginas: 237 | Gênero: Romance; Romance de Época; Literatura Brasileira | Formato: E-book | Edição: 1ª | ASIN: B01MXRD1X6 | Idioma: Português | Ano: 2016




“Esta é uma lenda que sobreviveu através dos tempos.
Um amor impossível entre um mortal e um imortal.
Aqui conheceremos um cavalheiro determinado e a história de como ele se apaixonou pela lua, intocável e distante.
Conheceremos também nossa estrela noturna.
Uma princesa da noite rodeada pela solidão.
Era uma grande tristeza ser Lua e ser feita para viver no céu, quando tudo o que ela queria era descer, conhecer, viver na linda Terra.
Entretanto, ela não contava com a coragem de um astuto cavalheiro, e isso poderia mudar sua vida para sempre.
A Lua não poderia ser tocada.
Era impossível de ser alcançada.
Bom... Quase impossível.”


Antes de mais nada, eu gostaria de agradecer a autora Nana Valentine por ter me apresentado sua obra. De verdade, muito obrigada! O Beijo da Lua foi uma agradável surpresa para mim. Iniciei a leitura sem grandes expectativas, confesso, mas fui completamente seduzida desde a primeira página. Daí em diante, a cada novo capítulo, eu me via mais e mais envolvida na trama. Se você é fã de romances de época, assim como eu, tenho certeza de que será fisgada pela escrita doce e envolvente dessa autora super talentosa. 

Desde o prólogo, o livro me deixou super instigada, e as expectativas que antes não existiam, começaram a pipocar por todos os lados. Quando uma história se inicia assim, ela tem tudo para ser incrível, e esta foi. Luna Elizabeth Walker, nossa mocinha, recebeu esse nome de seu pai, em homenagem a Deusa da Lua e de sua amada esposa, Elizabeth. Ela cresceu cercada de amor por todos os lados, por isso, sempre acreditou em contos de fadas e finais felizes, seus pais provavam que isto de fato existia. No entanto, a vida dessa jovem muda drasticamente em questão de meses, e tudo aquilo que ela acreditava, tornaram-se apenas sonhos distantes. Depois de perder sua mãe para uma doença grave, seu pai, que não suportara a morte da amada esposa, veio a falecer não muito tempo depois. E então, aos dezoito anos, Luna se viu sozinha e a mercê de perigos que ela jamais imaginou ser possível existir.

“Seu nome em latim significava “lua”, e assim como a Deusa que reinava solitária no céu, ela também vivia uma terrível solidão aqui, na Terra.”
“– Certa vez, eu tive sonhos, mas todos ficaram para trás. Com o passar dos anos, eu aprendi apenas a conviver com isso. Eu sempre quis ir embora, mas nunca houve uma chance.”

Como era filha única, solteira e mulher, toda a fortuna de seu pai, o Visconde de Hasselthorpe, passou para as mãos de seu tio paterno, e a partir daí, deu-se início ao seu grande tormento. Aos olhos da sociedade, seu tio a acolheu e a livrou da rua da amargura, o que fazia dele um homem honrado e de bem, mas, a grande verdade que ninguém conhecia, era que, de honesto e benfeitor, ele nada tinha. A vida de Luna se transformou em um inferno; seus sonhos foram roubados, assim como sua liberdade e sua dignidade, já não acreditava mais em finais felizes ou príncipes encantados, viver era difícil, e ela descobriu isso da pior forma possível. Tendo que se adaptar a sua nova realidade, Luna aprendeu a aceitar o seu fardo, sem perder o seu brilho natural, porém, lá no fundo, ela torcia para que algum dia, alguém a resgatasse de seus pesadelos. E foi então, que o destino resolveu cruzar o seu caminho com o de Michael, o homem que se apaixonou perdidamente pela lua.

“Ele era a calma e a tempestade, o frio e o calor. Era sua salvação e ao mesmo tempo sua perdição.”
“Ela era seu consolo, seu conforto, era a resposta para todas as suas perguntas, era a questão e a conclusão, ela era sua obsessão.”

Há seis anos, o sexto Duque de Blanchard, Michael Alexander James Preston, e sua irmã caçula, Hazel, sofreram uma terrível perda, o que mudou drasticamente suas vidas. Os irmãos passaram todo esse tempo viajando pelo mundo, mas, não tendo mais como fugir de suas responsabilidades, ele retorna a Londres para assumir o seu ducado, o que provocou uma grande agitação na cidade. Durante um passeio com Hazel, Michael tem um encontro inusitado e inesperado com uma bela moça que lhe rouba o fôlego. Seduzido pela vivacidade, carisma, inteligência e beleza de Luna, ele está mais do que disposto a conquistar a jovem que o deixou completamente fascinado. Todavia, conseguir chegar aonde nenhum outro homem jamais conseguiu, no coração da jovem, será uma tarefa muito difícil. Luna guarda cicatrizes e mágoas profundas na alma, traumas dolorosos e um segredo que poderá colocar tudo a perder. Mas, quando há amor verdadeiro, não existem barreiras para o impossível. Michael e Luna viverão um romance avassalador; um amor que foi capaz de vencer o tempo, a dor, o sofrimento e a maldade. 

“O amor dele por ela nunca mudaria. Não haveria mais dor, não haveria mais fugas. Não haveria mais mágoas e nem medos. Ela o amou, e isso foi o que fez toda a diferença. Ele finalmente havia alcançado a lua, e valeu a pena. Toda a dor e sofrimento que ele encontrou pelo caminho era esquecido com os sorrisos dela. Tudo valeu a pena. Cada segundo.”

O BEIJO DA LUA é uma trama intensa, mas ao mesmo tempo, doce e sensível. Sabe aquele tipo de história que mexe com o coração e a cabeça do leitor?! Pois esta é exatamente assim. Com cenas divertidas, emocionantes, tensas e apaixonadas, o livro proporciona uma leitura muito prazerosa. Fiquei com o coração na mão diversas vezes, quis dar uns tapas no Michael e depois consolar, quis esfolar vivo o tio de Luna, me emocionei, torci, fiquei com raiva, temi e amei, amei muito; definitivamente eu fui arrebatada pela história. Nana Valentine nos presenteia com uma escrita cativante, poética, capaz de passar diversos tipos de sentimentos, das lágrimas aos suspiros apaixonados. O enredo flui com muita graciosidade, de forma clara e coerente, ele nos encanta com sua beleza e singularidade. Os personagens criados pela autora são extremamente cativantes, não somente o casal principal, mas os secundários também. Hazel, Ethan, Edward, Margareth e até mesmo Caroline, fizeram toda a diferença, e são tão marcantes quanto Luna e Michael. 

Acho que não resta nenhuma dúvida de que a história me conquistou, né?! Então, aos românticos de plantão ou aos viciados em um romance de época, fica aqui a minha sugestão de um livro surpreendente e fascinante. 

“Uma vez que fora beijado pela Lua, ele também nunca mais fora capaz de viver sem ela. Nunca mais.”




Sobre a autora:






Nana Valentine escreveu seu primeiro livro aos vinte e seis anos, intitulado O Beijo da Lua. Leitora voraz e amante dos romances de época, tem entre suas autoras favoritas as divas, Mary Balogh, Tessa Dare, Sarah Maclean e Júlia Quinn.

Acompanhe seu trabalho:  Facebook | Fanpage - O beijo da lua 








22 Comentários

  1. Eu adoro um romance de época, e adoro conhecer coisas novas... amei a premissa da história, e pela suas palavras, o livro deve ser muito bom. Já quero conhecer *__*

    bjbjbjbjbj

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem? A capa remete um pouco a fantasia não? Sla, fiquei curiosa agora para saber sobre o segredo da personagem principal e vê se existe mesmo um pouco de fantasia ou se ele é só um romance de época, que por sinal são poucos os autores nacionais que escrevem então a autora já me conquistou por isso! Irei procurar um pouco mais sobre a obra!
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Oi, Dai!
    Que história! Fiquei com pena de Luna. Estar tão feliz com a vida que tem e logo depois ser arrancada disso.
    Confesso que achei que fosse um livro de fantasia, um gênero que não curto muito, mas quando vi que era de época! <3 Adoro!
    Obrigada pela dica. ;)
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu não sou muito fã de romances de época e coisa e tal,,mas ose que eu li o foram bem bacanas e divertido diga-se de passagem kkkm eu não conhecia esse livro mas pela sua empolgação na resenha creu o que não tem como se decepcionar na leitura não é mesmo? Enfim, sobre a capa eu achei ela bonita mas poderia ter sido trabalhada melhor. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Não li muitos romances de época, mas os que li, amei forte. Gostei desta trama, achei bem intensa e como você disse, com a suavidade que todo romance requer.
    Quero ler!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu sou apaixonada por romances de época, e quando vi a sinopse desse livor no skoob (e essa capa linda, e esse título!), corri para adicionar na minha lista de desejados. Depois da sua resenha, estou ainda mais animada para lê-lo, pois suas opinião positiva me animou ainda mais.

    ResponderExcluir
  7. Olá ♥
    Não conhecia o livro, mas confesso que pela capa achei que era algo voltado para o suspende. Não li muitos romances de época, mas os poucos que eu li me fizeram amar o gênero. A premissa é maravilhosa, e vendo você tecer elogios a escrita da autora fica até difícil não se atrair pela estória.Gostei de saber que a trama e intensa amo isso e que a escrita é envolvente. Espero em breve fazer a leitura desse livro, e gostar tanto quanto você . Beijos

    ResponderExcluir
  8. oie, parece um romance de época bem diferente, e adorei essa temática da lua. gostei de saber que é um livro que conquistou seu coração, eu gosto desses livros que nos fisgam dessa forma. adorei a dica.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Que bom que o livro foi uma agradável surpresa para você. É bom mesmo quando iniciamos uma leitura sem grandes expectativas e ela nos seduz. Haha' Que bom que a historia traz uma trama intensa, mas ao mesmo tempo, doce e sensível. É muito bom quando um livro mexe com o coração e a cabeça do leitor. A Capa desse livro é lindíssima! Não conhecia o livro, adorei conhecer, você me deixou curiosa para ler também, dica anotada. Beijos'

    ResponderExcluir
  10. Daí, obrigada pelas lindas palavras. Você descreveu tudo perfeitamente, como se tivesse estado lá. Eu amei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Dai.
    É ótimo quando um livro nos agrada.
    Coitada da Luna e é muito injusto a fortuna dela é para as mãos do tio só porque ele é homem e ela é mulher, como se mulheres não soubessem administrar seus bens. Ainda bem que as coisas mudaram um pouco nos dias atuais.
    Eu gostei do livro, já fiquei encantada só de ler sua resenha, acho que vou me encantar mais ainda lendo o livro.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Não sou muito ligada em romances de época só por normalmente inserirem cenas hot neles, não sei se é o caso desse livro já que você não disse nada sobre o assunto, mas vou pesquisar a respeito porque se não estiverem presentes vou querer ler sim. Ainda bem que essa época em que os homens eram sempre os responsáveis pelos bens passou, acho isso extremamente injusto, arbitrário e irritante. Tenho até medo de descobrir o que esse "bom tio" faz com a garota.

    ResponderExcluir
  13. Oi!

    Eu já tinha ouvido falar dessa história, mas nada aprofundado, então sua resenha veio para ser bem esclarecedora. Eu adoro tramas intensas, mas que de vez em quando da pra gente dar aquela respirada, porque é sensível e sutil as vezes. Eu fiquei bem curiosa agora nessa história, é bem o que eu estou buscando para ler. :)

    bjs!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Primeiro eu queria dizer que amo romances de época. Ainda não conhecia a obra, nem a autora, mas fiquei encantada.
    Sua resenha ficou ótima e as citações do livro me deixaram louca querendo ler. Vou correndo dar uma olhadinha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Adoro romances assim. E parece que tem um pouco de espiritismo pelo que entendi, quando você disse que Luna e Michael tem um amor que foi capaz de curar o tempo.
    Fiquei curiosa. Essa dica já está anotada.

    ResponderExcluir
  16. Oi Daí, tudo bem?
    Eu juro que a primeira coisa que me veio à cabeça quando li essa resenha foi aquela música de Sandy e Júnior, "A lenda", kkkkkkkkkkkkkkkk. Sim, sou dessa época e adorava os dois!
    AMEI a tua resenha e a história parece ser das mais cativantes!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Desconhecia a obra e a autora, sendo a primeira resenha que vejo sobre O beijo da lua.
    A premissa é bem interessante e sou apaixonada por romances de época. Saber que a trama é ao mesmo tempo intensa e leve me deixa intrigada para conhecer mais sobre Luna e Michael e como acabam se conhecendo, além de torcer para que Luna volte a acreditar em contos de fadas, que existe felicidade sim e finais felizes!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  18. Eu simplesmente amei esta capa, é o tipo de livro que gosto de ter minha estante. Sobre o enredo, me apaixonei por estes personagens recheados de emoção e a forma tão doce e sútil como a história acontece. Romance de época é meu xodó, mas nem todos possuem este tipo de romance que realmente consegue encantar o leitor.

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não sou muito fã de romances de épica, logo não fiquei muito animada com a sua dica, sabe? Mas fiquei um tanto curiosa para saber qual o segredo da personagem e fiquei com raiva desse tio. Enfim, parece ser uma história bem intensa e bonita, mas não é algo que eu queira ler no momento.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Hmmm a capa é bonita.

    E me lembrou Cinderella! Pelo fato de pais morrerem, dinheiro fica com pessoa adulta mais próxima, etc etc...

    Bo saber que a autora te encantou, significa que a história é bem criada e os personagens são realmente cativantes. Apesar de romance assim não ser meu forte, gostei da resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  21. Olá! Tudo bem? Gostei da capa, me identifiquei com a moça ruiva hahaha... Muito boa a resenha e a história do livro, espero ler em breve, parabéns!

    Bjos, Dri

    http://deixeclarear.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oie
    Tudo bom?
    Não conhecia a história, mas esse tipo de romance é um dos meus favoritos.
    Coitada imagino o quanto ela sofreu nas mãos dos tios ao ponto de fechar seu coração.
    Adorei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir