Sinopse: O primeiro trabalho de Nora Maia está longe de ser o dos seus sonhos, e ainda mais longe da área profissional a qual ela almeja seguir e lutou com unhas e dentes para ingressar na faculdade, a de medicina. Em vez disso, Nora sacrificou tudo para trabalhar como governanta de um dos homens mais ricos e cobiçados do país, Átila Douglass. Mas todo sacrifício é válido para ajudar àqueles a quem ama.
Átila Douglass nasceu em berço de ouro, é um grande apreciador de bebidas e mulheres, vantagens de ser herdeiro de uma grande rede de cervejaria. Seu nome é mundialmente conhecido pela marca de qualidade Douglass. No entanto, por trás do sorriso galanteador e do bom status, se encontra um homem grosseiro e com um temperamento difícil de lidar. Ninguém foi capaz de suportar sua personalidade tempestuosa por muito tempo, com exceção dela.
Isolados em uma ilha, segredos sombrios vem à tona, assim como o sentimento avassalador entre os dois. Porém, diante de um momento difícil e perturbador, o maior sacrifício ainda será feito. Tudo, é claro, em nome do amor.

Ficha Técnica:
Páginas: 426 | Gênero: Romance; Literatura Nacional | Formato: E-book | Edição: 1ª | ASIN: B07124FM8C  | Idioma: Português | Ano: 2017

Onde Comprar:   AMAZON  


 


Adorei ler A Bela e o Chefe, foi uma leitura muito gostosa e prazerosa, leve e ao mesmo tempo intensa. Átila é aquele personagem que faz a gente perder o fôlego e nos deixa com certo ódio metade do livro, mas no fim ele é super romântico.

Nora Maia teve que largar a faculdade e seus sonhos para ajudar a mãe que está doente. Não vendo outra maneira de conseguir os remédios e a ajuda para o tratamento que ela precisa, só resta a Nora ir trabalhar como governanta para um dos homens mais ricos do país, mas ela esperava que fosse um senhor com idade para ser seu avô e não um homem lindo, gostoso e muito mulherengo.

Átila Douglass vive em uma ilha isolado e carrega consigo um segredo e uma dor profunda. Um homem lindo e perturbado. Quando descobre a beleza que é a sua nova empregada ele faz de tudo para se manter afastado, mas o destino não facilita as coisas para ele que se vê cada vez mais envolvido e dependente de Nora.


“(...) Eu não podia me descontrolar até aquele ponto! Ela era a droga da minha empregada, e eu estava com duas gatas esperando para serem comidas! Precisa me afastar e colocar um ponto final nisso antes que eu ficasse louco. ”

Passei metade do livro morrendo de curiosidade e quase que li os últimos capítulos primeiro só para descobrir o que Átila tanto escondia (aquela espiadinha só para saber mais ou menos o rumo da história, quem nunca?! rsrs), mas me contive e deixei para saber na hora certa. Átila é um lindo, só que faz muita besteira no decorrer da história, aí não sabemos se ficamos com pena ou se ficamos com raiva, contudo, no fim a gente morre de amores.


“Por que eu não conseguia manter minha compostura? Jurei a mim mesma estar preparada para enfrentá-lo, mas estava sendo difícil colocar minha promessa em prática. Eu era humana, não estava imune a nada...”

Já falei demais do Átila, né? Fazer o que se fiquei apaixonada! Enfim, deixa eu mudar o disco um pouquinho. Ruby nos trouxe, além do delicioso romance, um assunto que é muito atual e que muitas vezes as pessoas não sabem lidar com a situação, que são as drogas. Fico pensando, como alguém que sabe que esse caminho é destrutivo, se deixar levar por esse mundo perigoso e quase sempre sem volta? Isso me deixa inconformada, mas sei também que um momento de dor profunda é o bastante para alguém cair nessa armadilha.

Bom, para mim os últimos capítulos foram bem fortes e foi lindo ver a superação de Átila. E nos momentos de abstinência eu sofri junto com ele e Nora (ela tinha que amá-lo demais para conseguir passar por isso).


“Eu estava completamente e irremediavelmente apaixonada por aquele homem! Era loucura? Era. Fazia pouco tempo que nos conhecíamos? Fazia. Eu era a sua empregada? Sim. Mas eu simplesmente não conseguia dominar o meu coração, ele batia selvagem no peito só de pensar nele.”

E finalizando, não mudaria nadinha na história, acho que está perfeita desse jeitinho. Espero que Átila e Nora conquistem vocês, assim como me conquistaram!



Sobre a autora:



Ruby Lace é uma sonhadora e romântica assumida, tem como o seu único vício a leitura e como sua grande paixão a escrita.

Ama ler e escrever histórias que fazem o seu coração disparar, romances que mexem com seus sentimentos de diversas maneiras e de finais felizes.

Nasceu em São Gonçalo, cidade do estado do Rio de Janeiro, onde mora atualmente com o marido. Como toda boa carioca, gosta dos dias ensolarados, das belezas praianas e de usar havaianas.








Deixe um comentário: