Sinopse: Isabelle é uma jovem bailarina, cresceu vendo sua mãe dançar, e a paixão da mãe pela dança a conquistou.Bernardo, um advogado, filho de uma bailarina, que odeia o mundo do balé, um homem frio e arrogante, marcado por mágoas do passado, mas, devido à doença da mãe, é obrigado a assumir sua escola e conviver com aquilo que mais odeia.
Mas os caminhos deles estão prestes a se cruzar, um encontro entre a razão e a emoção.
Poderá o amor mudar o coração desse homem sem coração, sem talento algum para romance?
Conseguirá o amor transformar uma menina em mulher e ensinar que o príncipe encantado às vezes não vem a cavalo?
“Nos Acordes do Amor”, uma história em que os sonhos e a realidade se enfrentam, e só o amor poderá ser a salvação.


Ficha Técnica:
Páginas: 280 | Gênero: Romance; Ficção; Literatura Brasileira | Formato: E-book; Físico | Edição: 2ª | ISBN:  9788568292297 | Idioma: Português | Ano: 2016

Onde Comprar       AMAZON         SARAIVA    


 


É galera, cá estou eu, mais uma vez, com o coração cheio de amor. Depois de ler “Nos Passos do Amor”, imaginei que a continuação não teria a intensidade que o primeiro teve, e apesar de ser uma história mais leve e sem muito drama, gostei bastante.

Em “Nos Acordes do Amor” vocês irão conhecer a história de amor de Isabelle e Bernardo. Ela é filha de Alicia e Danilo, os protagonistas do primeiro livro. Ele, filho da dona da escola onde Isabela estuda e trabalha. De início o “ódio” é algo recíproco entre esses dois. As briguinhas e toda falta de entendimento é um grande spoiler de que quando o amor chegar ele virá arrebentando tudo (eu amo esse tipo de casal marrento rs), inclusive os corações de quem está lendo.


“- Daqui a única coisa que vejo é uma menininha petulante. Agora, se me der licença, eu tenho mais o que fazer. Ele passa por mim e vai em direção á recepção do hospital. Só posso dizer uma coisa: mesmo sendo um idiota, ele é tão bom de se olhar de costas quanto de frente.”

Isabelle é romântica e sonhadora, luta pelos seus sonhos, assim como a mãe lutou, porém é uma garotinha mimada e muito imatura. Sabe aquela relação de amor e ódio com um personagem? Pois então, foi essa a minha relação com Isabelle. Em alguns momentos ela me surpreendia, mas em outros era tanta birrinha que quase entrei na história para lhe dar uns puxões de orelha.

Bernardo é um cara muito marrento e que odeia balé, relacionamentos sérios e toda essa baboseira romântica. Porém, quando se ver obrigado a assumir a escola depois que sua mãe sofre um AVC e fica impossibilitada de dar continuidade ao seu trabalho e grande amor, ele se dedica a ajudar e acaba se envolvendo demais com toda a situação e se vê tomando para si todas as responsabilidades, inclusive a de vencer uma competição em Londres que, com o prêmio, seria a chance de salvar a escola.

Assim como no primeiro livro, não vemos apenas a história do casal principal, nesse veremos também a história de algumas primas de Isabelle, e apesar de serem histórias divertidas e com seu certo ponto de valor, achei que também houve um excesso. Assim como na narrativa que muitos personagens contam seu ponto de vista. Acho até legal, mas em algumas partes acaba sendo cansativo.

Uma história gostosa, clássica, que começa entre tapas e beijos e acaba num amor lindo. Que mostra que as aparências podem sim enganar, e que quando há dedicação, tudo o que nos propormos a fazer pode dar muito certo e nos levar a glórias que nunca havíamos imaginado.





Sobre a autora: 






Julianne Rodrigues Ramos (Julie Lopo), nascida em São Paulo capital, formada em Direito. Leitora compulsiva, chegou a ler 25 livros em um mês. Viciada em livros, chocolate, sapatos e maquiagem. Sempre gostou de escrever, mas parou quando uma professora disse que não tinha talento, mas nunca desistiu do seu sonho. Gosta de filmes românticos, de comédia e de ação.










Deixe um comentário: