Sinopse: Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou.Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso.
A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação que o desarma completamente.

Ficha Técnica:
Páginas: 304 | Gênero: Romance de Época; Literatura estrangeira | Formato: Físico; E-book | Editora: Arqueiro | Edição: 1ª | ISBN: 9788580417593 | Idioma: Português | SKOOB

Onde Comprar     AMAZON       SARAIVA    





Caroline Trent perdeu sua mãe muito cedo, e aos dez anos, se viu sozinha no mundo após a morte de seu pai. Como não possuía parentes, ela ficou aos cuidados de um tutor, e a partir de então, seu inferno começou. Nenhum dos tutores a quem foi designada fez um bom trabalho, todos, de alguma forma, a viam como um fardo, tendo que aturá-la somente pela atribuição imposta e por causa de sua herança. Com uma sucessão de péssimos tutores, Caroline teve que aprender a se defender sozinha, cresceu sendo privada de tudo, sem carinho ou atenção, ela muitas vezes era tratada como uma serviçal. Até que caiu nas mãos de Oliver Prewitt, um homem sem caráter que só se importava com o dinheiro, e que viu em sua tutelada uma oportunidade de agarrar um pote de ouro. Determinado a tudo para alcançar seus objetivos, Oliver não tem limites e nem escrúpulos na hora de conquistar o que deseja, por isso, a vida de Caroline está ameaçada, e depois de um fatídico episódio onde quase foi desonrada por Percy, filho de seu tutor, ela não viu outra saída a não ser fugir. Tudo o que ela precisava era se esconder durante seis semanas, período exato para completar 21 anos e poder ser dona do próprio nariz e administrar sua herança. Sem pensar duas vezes, ela foge no meio da noite, mas as coisas não saíram muito bem como planejado, e depois de ser confundida com uma famosa espiã, ela é sequestrada por um homem misterioso que está disposto a agir em nome da lei. 

Blake Ravenscroft só queria completar sua última missão no Departamento de Guerra com êxito e depois se “aposentar” para viver uma vida tranquila, e para isso, ele precisa solucionar junto com James, seu parceiro e grande amigo, um caso de contrabando. Sua principal mira era Carlotta De Leon, uma perigosa espiã espanhola, para que através dela, conseguisse chegar ao seu comparsa, Oliver Prewitt. Com tudo planejado, ele conseguiu capturá-la e estava pronto para dar seguimento ao plano. No entanto, Carlotta não se parecia com nada do que ele imaginava; ela não parecia perigosa, nem tão pouco estava oferecendo alguma resistência ao ser sequestrada, e, principalmente, parecia ser mais nova do que supunha. Mas, o pior de tudo, era que a espiã estava deixando-o confuso com seu jeito leve e impertinente de ser, e querendo ou não, ele estava fortemente atraído pela prisioneira. Depois de tentar de tudo, ele não conseguia arrancar as informações que precisava, a espiã usava de artimanhas irritantes para se esquivar de todas as suas perguntas, e sua paciência estava se esgotando. No entanto, o que já estava ruim, fica ainda pior quando James vem ao seu encontro e revela que ele cometeu um grande equívoco: aquela não era Carlotta De Leon. 

Depois de tudo esclarecido, Blake não sabe se fica feliz, pois saber que não estava atraído por uma criminosa era motivo de felicidade, ou se ficava bravo, afinal, o plano tão bem elaborado não tinha saído como planejado. E a grande questão agora era: o que fazer com Caroline? Ela precisava ficar escondida, longe das vistas do Tutor, eles precisavam de qualquer informação que ela pudesse dar para ajudar a capturar Oliver Prewitt, e então um acordo foi firmado. Porém, para Blake, ficar tão próximo de Caroline seria uma tremenda tortura, ao mesmo tempo em que queria beijá-la, ele queria torcer seu pescoço. Os dois viviam como cão e gato, qualquer coisa era motivo para discussão; enquanto ela é carismática, ele é ranzinza, mas era impossível negar a forte atração que sentem um pelo outro. Entretanto, enquanto Caroline estava mais do que disposta a se entregar sem reservas, Blake estava mais do que disposto a fugir para bem longe, seu passado o tornou frio e descrente. Quanto tempo será que ele resiste aos encantos e a determinação de Caroline?


“– Está dizendo, Srta. Caroline Trent, que não é uma dama ate o último fio de cabelo?
– Muito pelo contrário. – retrucou ela, astuciosa. – Sou uma dama de todas as maneiras. Apenas sou uma dama que... ahn... ocasionalmente usa uma linguagem não tão apropriada.”

Estou completamente apaixonada por este livro! Ainda não tive a oportunidade de ler todos os livros da Julia Quinn, mas, entre os que já li este se tornou o meu favorito, sem sombras de dúvidas. Que história deliciosa, gente! Como agarrar uma herdeira é um romance extremamente encantador, divertido, descontraído e apaixonante. A leitura é tão gostosa, flui com tanta facilidade, que não dá nem vontade de para de ler, as horas passam e você nem percebe. Caroline e Blake formam um casal bem doidinho, sempre com diálogos espirituosos, embates acalorados e situações cômicas, que torna-se impossível segurar a risada quando eles estão em cena. Sem contar que, eles são puro amorzinho também.


“– Já percebeu que ele gosta de me chamar de Srta. Trent quando está irritado comigo?
– Caroline.
– É claro – acrescentou ela, animada – que quando ele está muito furioso, volta a me chamar de Caroline. Blake provavelmente acha difícil demais grunhir meu nome completo.”
“Blake começou a dizer alguma coisa, mas acabou caindo na gargalhada. Caroline sentiu uma felicidade instantânea se espalhar por seu corpo, como se seu coração reconhecesse que ela o fizera algo muito bom ao provocar uma risada naquele homem. Precisa de Blake e do abrigo da casa dele, mas tinha a sensação de que ele talvez também precisasse só um pouquinho dela. Blake era uma alma ferida, muito mais do que ela mesma.”

Caroline é uma personagem super cativante, o tipo de mocinha que eu gosto muito. Ela não tem papas na língua e possui um gênio forte (isso fica bem explicito logo no primeiro capítulo rs), é determinada, destemida, doce, perseverante, inteligente e muito atrapalhada, e sem querer, está sempre metida em alguma encrenca. Mesmo passando por tantas perdas e provações durante a vida, não se tornou amargurada, ela tem fé em dias melhores, e luta para que seus sonhos se realizem. Além disso, Caroline tem uma mania bem interessante e até engraçada, ela possui um caderninho onde anota palavras novas para enriquecer seu vocabulário, e para não esquecer seus significados, sempre as associa com alguma situação.


pro.ce.dên.ci:a (substantivo). Origem, proveniência.
Não posso alegar conhecer ou compreender a procedência do amor romântico, mas estou certa de que é algo que precisa não ser compreendido, mas apenas apreciado. - Do dicionário pessoal de Caroline Trent”

Já o Blake, bem, ele é o completo oposto – mas nem tanto. Seu trabalho perigoso o mantém sempre em situações arriscadas, ele já viu e vivenciou muita coisa, e isso servil para moldar quem ele é: prático, mal humorado, resmungão e um tanto frio até. No passado, perdeu de forma cruel uma pessoa muito especial, a quem amava demais, e depois de sofrer tanto, fechou o coração e jurou nunca mais deixar alguém entrar. A culpa que carregava o atormentava, e ele achava que não merecia a felicidade. Até Caroline surgir em sua vida e virá-la de cabeça para baixo. A garota, com todo o seu jeitinho espontâneo chegou para tirar Blake da sua “zona de conforto”, ela o instiga, o desafia, o desobedece, o encanta, mas admitir e se permitir viver os sentimentos que vão surgindo durante o caminho não vai ser nada fácil para ele. E quando acontece, é só amor e suspiros.


“Caroline tinha o sabor dos sonhos de Blake, e a sensação do seu corpo contra o dele era como estar no paraíso.”

Porém, não é somente nosso casal protagonista que se destaca, há também três personagens super carismáticos que roubaram o meu coração e adicionaram mais algumas risadas na conta: James, Penélope e Perriwick.

Como agarrar uma herdeira é o primeiro volume da série Agentes da Coroa, que é composta por dois livros. O segundo livro, Como se casar com um marquês, já foi lançado pela editora, e, em breve, trago a resenha para vocês. A obra contará a história de James, um personagem de que conquistou imensamente. Não vejo a hora de iniciar a leitura!

Gente, o livro está lindo, tanto no físico quanto no enredo. Uma leitura divertidíssima, que te proporcionará momentos inesquecíveis. Para os apaixonados por romances de época, para fãs da Julia Quinn ou para aqueles que adoram um bom romance regado de muito amor e muita risada, essa, com certeza, é uma leitura obrigatória. Mais que indicado!


“– Oliver estava disposto a agarrar uma herdeira para o filho, você estava disposto a agarrar uma espiã. E, no fim das contas...
Caroline deixou as palavras no ar e sua voz ficou embargada pela emoção.
– No fim das contas...
– No fim das contas eu agarrei você.”



Sobre a Autora:

Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons.

É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.











6 Comentários

  1. Oi, Daiane!
    Esse livro está na minha lista para outubro! Espero gostar muito, pois é meu primeiro contato com a Julia. ^^ Você só me deixou mais empolgada!!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá! Ontem mesmo eu li o segundo livro dessa duologia, porque sou dessas que lê fora de ordem haha. Esse casal tem uma pequena participacao no livro e fiquei mega curiosa sobre eles, definitivamente irei aceitar a sua dica e a resenha está ótima alias ❤️

    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu comentei dia desses que nunca li nada da Julia Quinn, porque romance de época não é meu gênero preferido. Mas a capa, a premissa dessa série/livro tem me instigado. Ainda leio resenhas perfeitas como a sua, já quero lê-lo. Sua resenha tá maravilhosa!
    Beijos
    www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá! Nunca li nada dessa autora, na verdade, nem mesmo do gênero. Confesso que até então faltava um livro que realmente me despertasse interesse, mas finalmente aconteceu com este, rs. Estou indo agora mesmo adquirir o meu exemplar. Espero gostar tanto desta leitura quanto você! Enfim, adorei a resenha e obrigada pela indicação.

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Adoro a escrita da Julia, só que estou muito atrasada com as séries dela. Fiquei apaixonada por essa capa e os inúmeros comentários positivos só tem me deixado ainda mais curiosa sobre a obra. Saber que o livro é divertido me deixa ainda mais empolgada para fazer essa leitura, espero que isso seja logo.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiee, tudo bem? Amei sua resenha e saber mais sobre esse livro! Parece mesmo uma leitura divertidíssima! Gosto muito de romances de época e gostei da premissa desse, então já quero conferir essa nova série da Julia; adoro a escrita dela!! :D
    Beijos

    ResponderExcluir