Jonathan Drazen.
Lindo. O​k.
Charmoso. O​k.
Inteligente. O​k.
Rico. Ei, não vou reclamar.
Todos os ingredientes para algumas noites de prazer arrebatador estão aí. Ele deixou perfeitamente claro que não pode me amar, e eu também não vou me apaixonar.
O problema é que não consigo ficar longe dele. Jonathan tem um certo jeito mandão na cama. A palavra “senhor” ​sai dos meus lábios antes que eu perceba, e quando ele me diz para ficar de joelhos… Bem, meus joelhos têm vontade própria.
Está tudo sob controle. Posso ser a escrava dele por algumas noites e partir para outra, ilesa.
Entramos nessa. Saímos. Damos o fora. Pronto.
Ele conhece a fronteira entre o amor e o desejo: fica bem entre as minhas pernas.
Agora vejamos se essa fronteira vai continuar clara para mim.
Ficha Técnica:
Páginas: 304 | Gênero: Romance; Ficção, Literatura Estrangeira |  Formato: Físico | Edição: 1ª | ISBN: 9788568056431 | Editora: Charme | Idioma: Português | Ano: 2017 | SKOOB

Onde comprar:   AMAZON     LOJA CHARME     SARAIVA  




Meu coração ansioso não aguenta um livro desse, gente. Sério! Não sei se consigo aguardar a continuação sem surtar (rs). Originalmente a série Songs of Submission foi publicada com nove livros pequenos, mas, após o lançamento de todos os volumes, a autora resolveu fazer uma nova edição, juntando os livros de três em três, transformando a série em trilogia. A Editora Charme optou por publicar os livros em formato de trilogia, e o primeiro volume, "Implore. Excite. Submeta.", foi lançado no final de julho. Nesse livro iremos conhecer o início da linda e comovente história de amor e submissão de Monica e Jonathan.


Quando comecei a ler imaginei que seria aquela história clichê BDSM de Dominador X Submissa, mas felizmente me enganei. Veremos não apenas uma história de amor, mas também uma emocionante história de amizade.

Monica é uma jovem mulher que sonha em ser cantora e que tem a música como sua base de vida. Sempre muito batalhadora e confiante, corre atrás de tornar realidade seu maior sonho. Com uma vida nada fácil e uma família desestruturada, ela tem como família de verdade sua amiga Gabby e seu amigo, e ex-namorado, Darren. Os três formam uma família de pessoas sonhadoras, que têm a música como principal fonte de vida, e o amor recíproco como alimento diário. 

Gente, a relação desses três é algo que me comoveu. Além de ser muito real todas as brigas, os desentendimentos, a ajuda, a confiança e respeito entre eles, o fato de todos terem o mesmo sonho, faz com que a cumplicidade e amor se torne mais verdadeiro. É uma coisa doida, mas muito especial.


“(...) Eu ligava para o Darren duas vezes mais do que o normal, só para ouvir a voz de alguém que me amava. Eu não queria sair de casa se pudesse evitar. A única coisa que me salvou, além de Darren e Gabby, foi a música”. 

Jonathan é um homem inteligente, ativo, lindo, e mesmo com seus segredos e um passado que eu deduzi ser obscuro, ele está longe de ser aquele esnobe que estamos acostumadas a encontrar em histórias como essas. Já separado da mulher, ele ainda é apaixonado por ela e não esconde esse sentimento de ninguém, tão pouco de Monica. Tudo o que ele quer é um “relacionamento sexual” sem envolvimento sentimental, e vê em Monica a sua submissa ideal. Porém não deixa esse fato as claras, e isso acaba gerando certo desentendimento quando enfim é esclarecido. 

Falando de Jonathan... Meu Deus! Eu sou fã dos canalhas e estava esperando que ele fosse um daqueles que iria amar e odiar, mas me surpreendi pelo fato dele não ser um canalha, e sim o oposto. Claro que é um homem com seus problemas, crises, mas isso não fez com que ele se tornasse um grosseirão. Jonathan se mostra um homem e tanto, carinhoso, preocupado, dedicado e isso me fez cair de amores. Sem falar que ele é um furacão na cama, o que me fez sentir uma pequena inveja da Monica por algumas vezes (rs).


“(...) Eu sabia, em cada tosse e em cada soluço, cada respiração estrangulada e em cada espasmo no peito, que ele iria me impedir de despedaçar. Tudo o que se despedaçasse, ele iria consertar”.

Desde quando começam a se envolver, muitas coisas acontecem com esse casal. O sentimento vai florescendo e é apaixonante, e algumas vezes irritante, ver como eles lidam com isso. As cenas hot não deixam a desejar. E vou falar uma coisa: eita casal que pega fogo...

Uma história que foge um pouco da realidade da maioria das pessoas com a questão da submissão e etc, mas que se encaixa muito na realidade de muitas outras com questões como a depressão. Quem já viveu ou conhece alguém que passa ou já passou por uma depressão, sabe o quanto o assunto é sério, e a autora abordou o tema de forma branda, porém muito real. Algumas coisas me tocaram muito, e houve momentos de extrema emoção. Uma trama que mostra o valor do sonho, de se batalhar por ele. Que esfrega na nossa cara o quanto uma família é importante, independente da maneira e das pessoas que a compõem. Que ensina que o amor chega para todos, mesmo quando não queremos amar. E que o amor, SEMPRE, será o maior bem que podemos ter em nossa vida.

A capa e diagramação do livro físico estão uma lindeza a parte. De uma delicadeza sutil, que me lembrou muito a personalidade da protagonista Monica, ficou incrível e combinou bastante com a trama.

O primeiro volume me emocionou, e já imagino o que me espera no próximo. Meu coração aguarda ansioso pela continuação dessa história tão bela. CD Reiss, simplesmente sensacional!





Sobre a autora:

CD Reiss é uma autora bestseller do New York TimesUSA Today e Amazon. Nascida em Nova York, ela se mudou para Hollywood, Califórnia, para ​cursar um mestrado para ser roteirista, na USC. Caso queira saber, não deu em nada, mas lhe encheu de coragem suficiente para começar a escrever. ​

Songs of Submission​ é sua primeira série, sobre um bilionário separado, mas ainda apaixonado pela ex-mulher, e uma cantora em busca de sucesso.​ ​

Críticos ​descreveram seus livros ​como poético​s​ e ​envolventes.








10 Comentários

  1. Eu não gosto de livros eróticos e com esse apelo de dominação, mas essa cap me chamou bastante atenção e sua resenha elogiosa me deixou curiosa. Será que funcionaria comigo ? Agora eu quero ler.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem?
    Não gosto de histórias hot e muito menos quando a mulher é submissa. Acho isso meio patético, pra falar a verdade. Não daria uma chance por não curtir o gênero, mas que bom que gostou ^^

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Eu ainda não li o livro, mas estou bem curiosa.
    Confesso que adoro romances, e ainda mais quando é uma história bem intensa assim. Com certeza vou ler esse livro, e vou adorar essa leitura, e vou ficar querendo mais e mais.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    O título chama bastante a atenção, confesso que não achei que a história seria assim tão instigante. Gostei bastante, vai para a lista de desejados.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Van lindona eu amo essa série, assim como você estou surtando pela continuação, os protagonistas nos cativam logo no começo da história com suas personalidades fortes, sem contar a protagonista é muito forte e passa por muitas coisas. Vamos aguardar a continuação e passar raiva com a ex rsss. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  6. Editora Charme, me nota! Meu sonho é ser parceira desse pessoal hahaha enfim, acho bacana que tenham transformado em trilogia, com toda a certeza vai diminuir o seu tempo de espera, muito legal tratarem depressão também, é um tema que me deixa curiosa quando abordada do ponto de vista dos romances, ainda mais erótico! Espero poder conferir em breve.

    ResponderExcluir
  7. Oiee, tudo bem? Achei a premissa do livro bem interessante e instigante, e sua resenha ficou ótima! Apesar de não ser fã do gênero fiquei curiosa com a leitura... acho que darei uma chance, sim :D Espero que o segundo seja tão bom quanto o primeiro!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Oiee, tudo bem?
    Eu não gosto de ler romances, muito menos eróticos, mas aposto que para quem é apreciador vai adorar essa trama cheia de sadismo e masoquismo hahaha.
    Parabéns pela sua resenha e pelo blog, beijocas :*

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Não sabia que esse livro era tão impactante assim, confesso que quando lançou fiquei meio que com o pé atrás porque não gostei da capa, mas lendo sua resenha com certeza vou dar uma chance a ele, mesmo não gostando muito de hots com essa pegada de Dom-sub.

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Faz muito tempo que não leio nada no universo BDSM e sinto um pouco de saudades. Esse livro desde seu lançamento tem mexido com minha curiosidade, adoro romance, adoro hot e vi resenhas bem positivas sobre a obra. Quero muito conhecer essa história e mergulhar de cabeça na leitura.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir