Sinopse: Meu nome é Melodi White. Como toda garota, sempre tive sonhos, mas os meus foram destruídos pelo cruel namorado da minha irmã. Já faz três anos que Abby foi arrancada da minha vida. Para mim, Abby não era apenas uma irmã; era minha gêmea, minha melhor amiga.
Decidida a seguir nosso sonho de infância de nos mudarmos para Nova Iorque, vou em busca de uma vida de aventura e diversão. Em uma noite, vejo-me nos braços de Corban, um homem lindo e sexy, capaz de me deixar fora de órbita e roubar meu ar com apenas um beijo, fazendo com que deseje muito mais.
Corban Andrews, CEO da Case Construction, é rico, sexy e fascinante, e está prestes a colocar meu mundo de pernas para o ar. Hesitante, decido confiar nele, mas será que suas regras e minha insegurança permitirão que exploremos o que poderíamos viver juntos?
E quando um rosto familiar do meu passado reaparece, me levando de volta à escuridão, será que Corban e eu conseguiremos sobreviver?
Ficha Técnica:
Páginas: 275 | Gênero: Ficção; Romance; Literatura Esrangeira | Formato: E-book | Edição: 1ª | ASIN: B0773XT85N | Publicação e Tradução: Reverie Books | Idioma: Português | Ano: 2017 | SKOOB

Onde Comprar:      AMAZON    

 

Melodi White perdeu sua irmã gêmea, Abby, de uma forma muito dolorosa e angustiante. Num momento elas estavam juntas, e horas depois, não estavam mais. As duas tinham uma linda relação, e seus laços iam muito além do sangue. Mas depois que Abby começou a namorar Jacob, nada mais foi como antes. Sua irmã começou a mudar de comportamento, se distanciou da família, dos amigos e, principalmente, de Melodi. A menina alegre e radiante de antes já não existia mais, e por mais que Mel tentasse fazer sua irmã se abrir com ela, nunca conseguia. Até que em um determinado momento Abby confidenciou a Melodi que pretendia deixar Jacob naquele mesmo dia, mas, infelizmente ela nunca mais voltou. Tudo apontava Jacob como o culpado pelo "sumiço" de Abby, mas na hora da justiça ser feita, ela falhou miseravelmente. E o que aconteceu com Abby? Ela desapareceu sem deixar vestígios e tempos depois foi declarada como morta. Motivos para desestruturar a família White existiam muitos, mas eles se mantiveram unidos, porém despedaçados.


"Eu gostaria que ela se abrisse, especialmente quando a ouvia chorando no quarto tarde da noite. Ela nunca me contava o que a estava incomodando. Doía e me deixava com raiva por saber que ela não confiava mais em mim."

"Em algumas noites eu ainda acordo chorando. A lembrança dessa parte da minha vida está sempre fresca em minha mente; um lembrete constante de que nunca devo confiar em um cara, não importa o quão fantástico ele possa parecer."

Três anos se passaram, e agora era hora de seguir em frente. Com o apoio dos pais, Melodi se muda para Nova Iorque, um sonho de infância, e vai em busca de novas aventuras e experiências. Em pouco tempo morando na nova cidade, ela já fez dois grandes amigos: Felicity, ou Flick, como Mel a chama, e Liam. Na companhia dos novos amigos ela está aproveitando bastante essa nova fase de sua vida. E é uma dessas noites de descontração e diversão que ela conhece o misterioso e irresistível Corban, um homem lindo que mexeu com todas as suas estruturas. O encontro foi rápido, mas intenso, e aquela noite ficou marcada em seus pensamentos. E quando ela pensou que nunca mais fosse encontrá-lo, eles se esbarram outra vez, e novamente o encontro foi rápido, mas é o suficiente para deixar Mel suspirando acordada. Entretanto, o grande banho de água fria vem quando Melodi tem o seu primeiro dia em seu novo e tão sonhado emprego na Case Construction. O homem por quem vinha tendo sonhos impróprios era nada mais, nada menos que Corban Andrews, o CEO da empresa e seu chefe direto.


"Há algo sobre ele que me seduz instantaneamente."

Melodi sabe que tem que se manter afastada, além de Corban ser seu chefe, confiar em um homem até então desconhecido, é algo que ela não sabe lidar. Depois de tudo o que aconteceu com Abby, Mel possui muitas inseguranças e muitos receios. Mas como resistir a um homem decidido e sedutor? Como resistir a forte atração que sentem? Mesmo hesitando, ela resolve dar uma chance de viver esse sentimento novo e poderoso que vem nascendo entre eles.  E quando tudo estava caminhando bem, o passado resolve dar as caras colocando sua vida de cabeça para baixo, ameaçando sua segurança, testando suas certezas e brincando com suas emoções.


"Passei minha vida construindo paredes ao meu redor para não me machucar. Estava feliz por estar sozinha, mas Corban chegou virando o meu mundo de cabeça para baixo"

"Corban é uma droga que necessito. Preciso estar perto dele, segurá-lo, abraçá-lo e que ele nunca me solte. Quero que ele seja essa pessoa a quem posso recorrer, não importa para quê, e, acima de tudo, confiar."

Perdidos é uma história leve e gostosinha. Sabe quando você só quer ler um romance agradável e bem clichê para passar o tempo e sonhar acordada? Então, essa história é uma boa opção! A leitura é bem rápida, não levei mais do que um dia para finalizá-la. Um enredo que fala sobre superação, confiança, descobertas, amizade e amor, e também aborda temas importantes, tristes e reais: relacionamento abusivo e violência contra a mulher. A princípio, imaginei que a trama teria uma carga emocional mais intensa, no entanto, a autora trabalhou de forma branda, o que ocasionou em uma história com bastante leveza. Em alguns momentos eu achei algumas situações e ações bem infantis, bem bobinhas, mas levei na boa. 


"Sempre estarei aqui para te segurar quando tropeçar e ajudá-la quando você cair."

Contudo, tem alguns pontos que não foram tão positivos ao meu ver, e eu não posso deixar de dividir com vocês. Primeiramente, o livro faz parte de uma série (pelo o que eu entendi), Lost Series, e isso não está explicito na capa e nem nas informações de compra. E para mim, isso é algo primordial, pois o leitor deve estar ciente desse fato, e a partir daí decidir se quer ou não iniciar a leitura. É muito ruim chegar na última folha e só lá ficar sabendo que há uma continuação. Outro ponto que merece atenção é a revisão do livro, ela realmente precisa de uma segunda "olhada". Isso não foi algo que interferiu diretamente no entendimento dos acontecimentos, mas, pelo menos para mim, incomoda bastante. 

A trama termina com um super gancho para o próximo livro, e claro, eu fiquei curiosa para saber o que acontece a seguir. Não posso deixar de comentar sobre a capa, que está linda (apesar de faltar informações nela rs), e foi ela que chamou a minha atenção para a leitura. E a quem interessar, o livro não é erótico. Então, se você não gosta de histórias com essa "pegada", pode ler com tranquilidade. E por fim, mas não menos importante, quero parabenizar a Reverie Books pelo projeto super bacana que desenvolvem (saiba mais aqui). A iniciativa da equipe é excelente, e eu torço para que esse trabalho cresça cada vez mais. Muito obrigada pela parceria! Que venham novas histórias, novas emoções. 


"— Você juntou meus pedaços de novo, o que é algo que eu nunca pensei que fosse acontecer. Eu me sentia quebrada e perdida há tanto tempo desde que perdi Abby, mas desde que você entrou na minha vida, me ajudou a voltar a viver. Nunca pensei que poderia sentir isso por qualquer pessoa, por causa do meu medo dos homens. (...) estou em paz e posso começar a encerrar esse capítulo e seguir em frente."



Sobre a autora:


Liz Lovelock 
"Eu sou esposa, mãe, leitora, blogueira e agora uma autora. Estou sempre ocupada fazendo algo porque há muita acontecendo e meus dois pequenos me mantêm em alerta regularmente. ​Moro em Queensland, na Austrália. Sempre fui uma leitora. Quando era pequena, sempre me atrasava lendo as histórias em quadrinhos de Garfield e Astérix, e também Footrot Flats. Quando entrei no ensino médio, eles me mandaram ler "Amanhã, quando a guerra começou", de John Marsden, e de lá para cá meu amor pelos livros continuou a crescer. Não consigo me lembrar de todos os que li na escola, mas sempre tive um livro ao lado da minha cama à noite, além de um caderno em minha cabeceira. ​Meu livro de estreia, The Lost One (Lost Series # 1) - Perdidos, surgiu para mim um dia e, com a ajuda e a insistência de alguns amigos maravilhosos, decidi sentar e escrever. Digamos que mudei a ideia original quando comecei em setembro de 2013, mas não consigo esperar para compartilhar esta história com você, juntamente com muitos mais que virão. ​Mantenho um caderno e uma caneta ao lado da minha cama para quando as ideias que aparecem tarde da noite martelam em minha cabeça, além de ser uma viciada em papelaria, canetas coloridas, cadernos... Bem, qualquer coisa desse tipo. ​Tenho algumas ideias que me manterão ocupada por um tempo. Venha me seguir no Facebook e mantenha-se atualizado com todas as coisas novas que estão acontecendo com a Série Perdidos, além de outros futuros projetos."










2 Comentários

  1. Oi Dai sua linda!!! Eu achei exatamente isso do livro. Super fofinho e ótimo para curar aquela ressaca nossa de todo livro rsrsrs.
    Adorei a resenha e assim como você estou louca pelo próximo, será que vai rolar??
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Dai, essa história parece ser bem fofa, gostei da premissa. Não conhecia a Reverie Books, e achei bem interessante o trabalho deles. A única coisa ruim, como vc comentou, é não conter a informação de que há uma continuação na capa. Até tenho interesse em ler, mas só depois que lançarem os outros.

    ResponderExcluir