Uma duquesa em busca de sua sucessora.Um jovem duque relutante em se casar.Uma criada que adora desafios.
O que fazer com um duque relutante em se casar? A Duquesa de Halford – e mãe de Griffin, o duque libertino, irresponsável, que deseja apenas os prazeres da vida – tem o plano perfeito. Na verdade, ela conhece o lugar perfeito… Spindle Cove.
No paraíso das jovens solteiras, a duquesa insiste para que o filho escolha uma dama. Qualquer uma. E ela a transformará na melhor duquesa de Londres. Griff, então, decide achar alguém que acabará com os planos e com a ideia maluca de forçá-lo a se casar… Ele escolhe a atendente da taverna Touro & Flor, Pauline Simms – que nunca sonhou com duques ou com casamento, mas sim com o dinheiro que possibilitaria uma mudança completa em sua vida e na vida da pobre irmã, Daniela.
O duque e a Srta. Simms estabelecem um acordo: a mãe de Griff tem uma semana para transformar a criada em uma duquesa perfeita, então Pauline deverá ser um desastre durante sete dias e, se tudo der certo (ou melhor, se tudo der completamente errado), receberá mil libras e poderá realizar o sonho de construir a própria biblioteca em Spindle Cove.
Em pouco tempo, porém, o duque é surpreendido ao conhecer Pauline e descobrir que a moça é muito mais do que uma simples atendente, e a atração entre os dois é inevitável. Mas em um mundo em que as classes sociais são o que realmente importa, vence a ambição ou o coração?
Ficha Técnica:
Páginas: 272 | Gênero: Romance de Época; Ficção; Literatura Estrangeira | Formato: Físico; E-book | Editora: Gutenberg | Edição: 1ª | ISBN: 9788582354735 | Idioma: Português | SKOOB

Onde Comprar:    AMAZON        CULTURA        SARAIVA       TRAVESSA   




Como eu estava com saudades de Spindle Cove! Quem acompanha as resenhas aqui no blog sabe do meu amor por Tessa Dare e por essa série, pois foi através dela que tive o meu primeiro contato com a escrita da autora. E o que dizer desse livro? Lindo, divertido e apaixonante! Tessa, mais um vez, conquistou o meu coração.


O Duque de Halford, Griff, é conhecido por sua libertinagem e sua irresponsabilidade. Ele é o tipo de homem sabe aproveitar todas as regalias que a riqueza tem para oferecer. Griff é um libertino assumido, que divide seu tempo entre mulheres, jogatinas e diversão. Compromisso é uma palavra que não possui no dicionário, e o duque não quer se prender a um casamento e nem às obrigações que seu título impõe. Mas, algumas coisas mudaram no último ano e fizeram com que Griff se tornasse um homem recluso e celibatário. O motivo? Essa resposta ele guarda debaixo de sete chaves. No entanto, algumas coisas continuam iguais, e casar-se era uma delas. Não, definitivamente isso era algo que não faria jamais.

Por outro lado, no entanto, a Duquesa de Halford, a mãe de Griff, não vê a hora do filho tomar juízo, formar uma família, e dar continuidade ao legado de seus antepassados, e se depender dela, isso acontecerá logo, logo. Já que o filho reluta tanto em se casar, ela decide colocar seu astuto plano em ação. Decidida a encontrar um pretendente para o filho, ela o arrasta até Spindle Cove, o refúgio das jovens solteiras, e lá ela o intima a escolher qualquer uma das damas disponíveis. Qualquer uma delas! E então ela transformaria a escolhida na melhor duquesa que Londres já viu.

Irritado com a intromissão de sua mãe, que insiste em forçá-lo a se casar, Griff decide lhe dar uma pequena lição. Dessa vez ela tinha passado de todos os limites. Por isso, quando bate os olhos na desajeitada Pauline Simms, a atendente da Taverna Touro & Flor, ele encontra a pretendente perfeita para acabar com os planos malucos de sua mãe, que por ser ser pobre, sem classe e sem modos, seria completamente inapropriada para ser uma futura duquesa. Mas, o que o duque não esperava era que ele, que se achava o dono da razão, também aprenderia algumas lições com a intrépida Srta. Simms.


"De repente, Griff se pegou segurando um sorriso. Ela era perfeita. Grosseira, sem instrução, completamente deselegante. Um pouco bonita demais. Uma garota mais sem graça serveria melhor aos seus propósitos. Mas apesar da beleza, ela teria que servir.
– Ela – ele declarou. – Eu escolho ela."

"Então Pauline entendeu tudo. Ela era perfeita aos olhos dele. Perfeitamente horrorosa. Perfeitamente deselegante. Perfeitamente errada para ser uma duquesa. E ao fazer dela um exemplo, o duque pretendia ensinar uma lição à mãe intrometida. Que inteligente da parte dele. Além de ofensivo insuportável. (...) Ela sabia, claro, que o duque pretendia escolher a "garota errada", mas ele tinha escolhido a "garota errada" de verdade."

Pauline Simms é uma jovem muito simples. Sua vida nunca foi fácil, e desde muito nova teve trabalhar duro para ajudar no sustento da família. Seu pai era um homem bruto e abusivo, que nunca aceitou o fato de ter tido duas filhas e nenhum filho homem. Sua irmã mais nova, Daniela, era a pessoa que ela mais se importa no mundo, e tudo o que Pauline queria era poder lhe dar uma vida melhor e mais sossegada. Ela não possui muitas ambições, mas seu maior sonho é conseguir abrir sua tão almejada livraria em Spindle Cove. Podem lhe faltar recursos e etiqueta, mas ela era uma pessoa honesta, trabalhadora e também muito inteligente. Por isso, quando um duque arrogante resolve escolhê-la por sua falta de atributos para dar uma lição em sua mãe, ela se sente completamente humilhada, mas decide embarcar nessa loucura, afinal, todos os dois aristocratas mereciam uma aprender algumas coisinhas. Mas então, o Duque de Halford lhe faz uma proposta tentadora: se tornar a pupila de sua mãe por uma semana e ser um fracasso total, e em troca, ele lhe daria a quantia de mil libras. Com esse dinheiro, ela poderia montar o seu negócio e ter a independência que tanto desejava, e mesmo hesitando no início, Pauline resolve aceitar a proposta de Griff. E assim um acordo foi firmado.


"E foi assim que Puline Simms, atendente da taverna e filha de um agricultor, se viu levando um duque e a mãe dele para tomar chá em casa. Bem, e porque diabos não? Se aqueles aristocratas queriam constrangê-la na frente de toda Spindle Cove, era justo que sacrificassem um pouco de seu próprio orgulho. Estava ansiosa para ver a cara da duquesa quando parassem em frente à casa humilde de sua família. Poderia fazer bem para eles saberem como pessoas comuns vivem – sentando em banquetas rústicas e bebendo chá em louça lascada. Ela e Sally Bright ririam dessa história pelo resto de suas vidas."

O que nenhum dos dois imaginava, era que a proximidade que teriam seria o suficiente para despertar sentimentos indesejáveis e totalmente inoportunos para seus planos. A atração entre eles é intensa e arrebatadora. Quanto mais conhece a destemida atendente, mais fascinado e mais atraído Griff fica. Porém, os dois não poderiam ser mais diferentes um do outro, tanto na classe social, que contava muito, quanto na maneira de ser. E mesmo que o coração traidor do duque resolvesse começar a bater logo pela pessoa mais errada do mundo, ele estava disposto a resistir até o fim, seus segredos mais profundos o mantinham cativo.


“Amor era um buraco nefasto que se abria na terra, ficando maior a cada instante. A menos que ela tomasse muito cuidado, com certeza cairia dentro dele.”

"Maldição. Ele a queria. Quis desde o primeiro instante.  Griff compreendeu isso nesse momento, em que alguma parte amortecida dele começava a voltar a vida. Mas esse era o pior momento possível, e ela era a mulher menos provável."


Uma Duquesa Qualquer é um romance que fala sobre o poder transformador do amor. Amor, aquele sentimento genuíno que chega e vai tomando conta de tudo e transformando todas as coisas. Mas a história também aborda a questão da diferença social. Naquela época era normal que as pessoas julgassem as outras apenas pelo seu poder aquisitivo. Um título de nobreza era capaz de elevar a pessoa a um patamar grandioso, e fazia com que elas fossem praticamente inabaláveis. Hoje em dia as coisas abrandaram um pouco, mas, infelizmente, não foram extintas. Pauline, nossa mocinha, é uma jovem sem recursos, que está acostumada a trabalhar duro e a enfrentar as pauladas da vida, por essa razão, ela tem o pé no chão. Seu maior sonho é abrir seu próprio negócio, conseguir sua independência e poder sustentar ela e a irmã, seu grande tesouro. Por isso, quando surge a oportunidade de conseguir tudo o que ela sempre desejou, Pauline agarra a chance de sua vida, mesmo que pra isso tenha que acabar se humilhando perante uma sociedade cruel de preconceituosa. Forte, destemida, inteligente, humilde, espontânea e sincera, sua personalidade logo faz com que Griff a olhasse com outros olhos e, ao longo do tempo, foi despertando nele sentimentos novos e indesejados. O Duque de Halford era praticamente o oposto, cresceu em meio ao luxo, aproveitou todas as regalias que seu título oferecia, viveu irresponsavelmente, se envolvendo com mulheres de todos os tipos, um verdadeiro libertino. Contudo, algo mudou e ele começou a enxergar a vida de outra forma, mas certos costumes nunca mudam. Casamento para ele estava fora de questão, não somente pelo fato de ter que se comprometer com apenas uma mulher, existia algo a mais nessa convicção. O amor, no entanto, muda tudo, né minha gente?! E foi só uma jovem espevitada e corajosa aparecer para virar sua vida de cabeça para baixo e roubar seu coração e sua alma.


"– Você "gosta" de mim.
– Gosto. Na verdade, eu gosto de você muito mais do que deveria. E gosto exatamente porque você é toda errada."

Para mim, Pauline foi a personagem mais querida desse livro, seu jeito logo me cativou. Apesar de ser mostar forte o tempo inteiro, ela era uma garota sonhadora, mesmo guardando seus sonhos bem no cantinho de sua mente. Ela me surpreendeu em vários momentos, e isso foi uma das coisas que eu mais gostei. Sem contar que ela era espontaneamente divertida e atrapalhada. Griff, por outro lado, não me conquistou de imediato, senti uma raiva danada dele durante o decorrer da história, mas ficou difícil resistir a ele quando seu comportamento, pensamentos e atitudes começaram a mudar, mostrando que por trás de tanta frieza, existia um homem protetor, justo e humano. Aí foi só suspiro! Griff deu o ar da graça no segundo livro da série, Uma semana para se perder, história do Colin e da Minerva. Ele era o dono do clube onde o casal se esconde durante uma noite. Lá eu já não tinha ido com a cara dele (rs). Mas quem resiste a um libertino que se apaixona perdidamente e muda seu jeito de ser por causa de sua amada? Ah, eu adoro esse tipo!


"(...) Nossa vidas eram muito diferentes. Para que nós dois pudéssemos dar certo, algo tinha que mudar. Eu não podia mudar o mundo. Eu não queria mudar nada em você. Perecia evidente, contudo, que já era tempo de eu melhorar."

Outra personagem que eu adorei foi a mãe de Griff, logo na primeira cena eu já tinha me divertido com sua astúcia e seu jeito exagerado. Não posso esquecer de mencionar que alguns personagens dos livros anteriores aparecem por aqui, e foi uma delícia revê-los, em especial o Colin e da Minerva, que formam o casal do meu livro favorito da série.

Mais uma história no melhor estilo Tessa Dare: inteligente, envolvente, sensual e recheada de humor. Com personagens carismáticos, cenários bem explorados, emoção, diálogos divertidos, cenas cheias de sensualidade, um romance apaixonante e uma escrita maravilhosa, Uma Duquesa Qualquer possui a mistura perfeita para roubar o coração do leitor. Uma leitura deliciosa que me proporcionou momentos inesquecíveis. Para os fãs da Tessa ou para você, que é apaixonado por romances de época, aqui fica a minha dica, é paixão na certa.





Tessa Dare é autora best-seller do The New York Times e do USA Today, com romances históricos e eróticos. Seus livros já ganharam inúmeros prêmios, como o RITA e o TR Book Reviewers’ Choice, e foram vendidos para diversos países. Esta série, Spindle Cove, é a de maior sucesso, com mais de meio milhão de exemplares vendidos, com heroínas fortes e sensuais e heróis que fazem sonhar.














10 Comentários

  1. Olá
    Eu acho incrível as capas dessa série, mas fica só nas capas mesmo. Eu não sou muito chegado ao gênero e suas propostas não me atraem para que eu mude de opinião rsrs. Fico feliz eu tenha curtido o livro! Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Tenho muita vontade de ler os livros da Tessa, na verdade se eu pudesse eu teria todos os romances de época já lançados no mundo, mas não dá, então vou só colocando na listinha e esperando surgir uma boa oportunidade. 😂 Fico feliz de saber q gostou e gostei da sua resenha, mal vejo a hora de começar a ler minha própria coleção.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Hello!!
    Sou apaixonada por romances de época e acredita que até hoje não li nada da Tessa Dare.
    Pela resenha já vejo que vou me apaixonar muito, sempre fico toda derretida pelos casais e nao sossego até chegar no final.
    Amo as capas dessa série, vou ler com certeza.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Adorei a resenha tenho muita vontade de ler algo sobre da TESSA mas sao tantos livros que fico meio perdida ihih ih pelo que eu vi esse é o livro 4 mas não é sequência direta certo? Enfim amei a resenha e já adicionei na minha lista de desejados.
    Beijo
    Raquel machado
    Leitura kriativa
    Http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu quero muito ler essa série , e sua resenha me deixou muito curiosa. Com certeza vou começar a ler

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Acredita que ainda não iniciei a leitura dessa série?
    Preciso começar a ler o primeiro livro, acredito que vou gostar muito desse romance. Preciso comprar esse ultimo volume, e assim ler todos em sequencia.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Oi Daiane!
    Essa série está na minha lista de desejados só por ser da Tessa Dare! Sou louca por romances de época é essa mulher tem o dom, e apesar das histórias desse gênero serem sempre parecidas não há como não amar!! Amei a resenha e fiquei mais ansiosa para ler!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  8. Eu sou a chata dos romances de época. Nossa, me cansam um pouco. Sempre séries, histórias que ao meu ver são muito parecidas. Mas confesso que amaria ler um que fosse standalone. Não tenho muito tempo pra séries, na verdade pra séries desse gênero. Mas eu amo tanto essas capas, são tão lindas, mas para por aí... nenhum consegue despertar meu real interesse pela leitura.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  9. Adoro romances de época e estou louca para ler os livros dessa autora. Só falta-me tempo, sua resenha me deixou com mais vontade ainda.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Já sou apaixonada por esta mulher deste que li seu primeiro romance de época lançado aqui HAHAHA estou em falta, confesso, de ler este lançamento porém é por falta de tempo. Espero mudar isso em breve, afinal sei que serei arrebatada novamente. Agora lembrei de onde vem o Griff, já que quando soube do lançamento fiquei meio em dúvida. Adorei a sua resenha <3
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir