Olá pessoas!


Preciso indicar dois livros impressionantes para vocês: Dias Perfeitos e Jantar Secreto, do autor Raphael Montes



Sinopse: Sombrio e claustrofóbico, Dias perfeitos é uma história de um amor obsessivo e paranoico que consolida Raphael Montes como uma das mais gratas surpresas da literatura nacional. Após ler seu primeiro livro, Scott Turow, um dos autores policiais de maior prestígio no mundo, disse que Raphael está “entre os mais brilhantes ficcionistas jovens” da atualidade. Em Dias Perfeitos, Téo é um jovem e solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e dissecar cadáveres nas aulas de anatomia. Num churrasco a que vai com a mãe, contrariado, Téo conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Clarice está escrevendo um road movie de nome 'Dias perfeitos'. O texto ainda está cru, mas ela já sabe a história que quer contar - as desventuras de três amigas que viajam de carro pelo país em busca de experiências amorosas. Téo fica viciado em Clarice - quer desvendar aquela menina diferente de todas que conheceu. Começa, então, a se aproximar de forma insistente. Diante das seguidas negativas, opta por uma atitude extrema - desfere um golpe na cabeça dela e, ato contínuo, sequestra a garota. Elabora então um plano para conquistá-la - coloca-a sedada no banco carona de seu carro e inicia uma viagem pelas estradas do Rio de Janeiro - a mesma viagem feita pelas personagens do roteiro de Clarice. Passando por cenários oníricos, entre os quais um chalé em Teresópolis administrado por anões e uma praia deserta e paradisíaca em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita - Téo a obriga a escrever a seu lado e está pronto para sedá-la ou prendê-la à menor tentativa de resistência. Clarice oscila entre momentos de desespero e resignação, nos quais corresponde aos delírios conjugais de seu sequestrador. O efeito é tão mais perturbador quanto maior a naturalidade de Téo. Ele fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas decisões com lógica impecável.
Compre na    AMAZON   


Não tinha lido nenhuma obra desse autor até Dias Perfeitos ser escolhido em um grupo de debate. Li e fiquei encantada com a escrita e com a criatividade do Raphael. Esse livro tem um enredo insano e que ia ser legal demais se virasse filme, seria do tipo que nos deixa agoniado o filme inteiro. E o que dizer dos protagonistas?! A menina só pode ser burra e o cara é um sociopata de primeira (haha). Fiquei maravilhada com o enredo, quando chegou no final eu nem acreditei que tinha acabado daquele jeito, totalmente inesperado.

Como fiquei apaixonada pela escrita do Raphael, decidi que precisava ler mais histórias dele. Então, comprei Jantar Secreto. Que puta livro! Perdoem a palavra mas não tem outra forma de definir essa obra (rsrs). Geente, que louco! Como assim servir carne humana em jantares secretos? Louco! O final desse livro é um pouco mais previsível, mas mesmo assim não deixa de nos surpreender. Virei fã do Raphael, já estou pensando qual será a minha próxima leitura dele.






Sinopse: Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.
 Compre na    AMAZON   






Sobre o Autor:

Nasceu em 1990, no Rio de Janeiro. Escreveu os romances Suicidas, Dias Perfeitos, O Vilarejo e Jantar Secreto, todos sucesso de público e de crítica, traduzido em mais de 20 países e com os direitos de adaptação vendidos para o cinema. Atualmente, Raphael assina uma coluna semanal em O GLOBO, apresenta um programa de literatura na TV Brasil, o Trilha de Letras, e escreve roteiros para cinema e para TV.










Deixe um comentário: