Sinopse: Arrogante. Playboy. Insensível.O guitarrista da famosa banda Originals ostenta com orgulho qualquer um desses adjetivos.
Dono de um corpo invejável e uma voz capaz de aquecer o Alasca, ele tem apenas uma coisa em mente: A única mulher que conseguiu dar aquilo que procurava.
Mas, se aproximar dela não será tão fácil como de costume...
Callie Prescot tinha organizado sua vida, e ficar longe de tudo o que lhe fez mal era o seu objetivo, o que incluía o único cara que rompeu suas barreiras.
Porém, quando ela se vê diante daqueles olhos azuis, não é só seu coração que dispara.
Ter um relacionamento nunca esteve nos planos de Micah Donovan. Ele não queria se entregar ao amor, até hoje...

Ficha Técnica:
Páginas: 208 | Gênero: Romance; Erótico; Literatura Brasileira | Formato: Impresso; Digital | Edição: 1ª | ISBN: 9788568292761 | Editora: Planeta Literário | Idioma: Português | Ano: 2017 | SKOOB

Onde comprar:
     AMAZON        LOJA PL        SARAIVA   

 

“Micah sempre foi minha válvula de escape. Nunca tivemos algo normal, ou dentro dos padrões. Queríamos sexo, ardente, violento... enlouquecedor. Nada além disso.”

“Mas Micah era isso, era minha esperança, minha expectativa do futuro. E ele conseguiu ferrar tudo. Seu jeito frio, não aparecer na inauguração e nem ligar, simplesmente enviar flores através do seu empresário, foi inacreditável. Eu aprendi nesse dia, a não criar qualquer expectativa em relação a Micah Donovan.”

Gente, eu não li esse livro, na verdade eu devorei! Como já tinha terminado um livro no caminho do trabalho para casa, pensei: “Vou chegar em casa e começar a ler Insensível”. Comecei e sabe aquele famoso “só mais um capítulo”? Fiz isso a noite toda! E terminei a leitura uma hora da manhã. Agora imagina como fui trabalhar no outro dia? Estava parecendo um zumbi! E eu me arrependi? Mas é claro que não! Valeu a pena cada minuto que fiquei acordada. 

Insensível é o segundo livro da Série Originals. Primeiro foi a história do vocalista da banda Originals e agora teremos a história do guitarrista gostoso, Micah Donovan. O cara é um troglodita metade do tempo, mas ganhou o meu coração. Sempre assim, quanto mais rude mais eu gosto. Isso que é gostar de sofrer né. Só que não tem como não se apaixonar por ele. Grosso, porém um amorzinho quando se apaixona. 


“Ninguém entende a razão de ele não querer se envolver, nenhum dos seus amigos compreende por que ele declara não saber amar. Mas Micah ama, e tão intensamente, que isso o assusta.”

Não quero contar muito da história pra vocês, porque o início é bem direto e as coisas bem rápidas. Então qualquer detalhe que eu citar aqui será um spoiler. Mas vou tentar resumir um pouco pra vocês. E se você não leu Insano, que é o primeiro livro, melhor nem ler a resenha.

Bom, Micah era apaixonado por Hannah, que hoje é esposa de Gael, vocalista da banda. E claro, Micah tinha um lugar para correr e tentar esquecer Hannah, e é aí que entra Callie, ela era sua válvula de escape, assim como ele era a dela. E depois de mais de um ano longe, ele volta e resolve fazer uma visita esperando ter as mesmas loucuras de antes, mas ela já não é mais a mesma, tanta coisa aconteceu e ele não estava ao lado dela, nem notícias mandou. Callie tem todo o direito de estar magoada, porém ela esconde um segredinho dele. Pensa no tanto de “pano pra manga” que isso vai dar. E nada vai sair do jeito que Micah espera. 


“ – Ela era perfeita para sua vida, não era? A garota que poderia desfilar por aí e sair nas capas das revistas! Mas sabe, tenho pena de você porque acabou ficando sem a garota no final! – Ela me empurra – Você é um canalha, Micah! Um playboy filho da puta, egoísta e escroto.”

Não preciso nem dizer que a leitura fluiu demais, né? Amo quando aparecem esses livros que me fazem querer virar a noite. Péssimo para mim no outro dia, mas eu adoro isso. Insensível, foi aquela história que terminei de ler, fui dormir e fiquei sonhando com ela. Aquele livro que você termina e já quer ler ele todo de novo de tão bom que é. Agora a minha curiosidade está me matando, porque estou louca para ler Inesquecível, que é o último livro da série. E nem sei quando será lançado (que triste!).

Insensível não é um livro grande, mas mesmo com suas 204 páginas ele é bem intenso. A autora explorou bem o assunto de Dominador e Submissa, além de ter abordado também sobre até onde uma mãe vai pelo filho e tudo o que ela capaz de fazer. E tem a Callie, que é uma personagem forte, que não se deixa abater por pouca coisa e não abaixa a cabeça para ninguém. Uma personagem muito inspiradora.

Só posso dizer que amei cada detalhe desse livro. Tem essa capa lacradora que faz a gente querer pular no pescoço desse cara e não largar (que meu marido não leia isso), além da diagramação e revisão impecáveis. A Andy e a editora Planeta Literário fizeram um trabalho espetacular. Espacinho especial na estante? Esse livro merece, com certeza!


“ – Estou falando sério, Cal, me ensine isso. Me mostre como uma mulher forte pode chorar por um cara, me mostre como é sentir isso. – Agora já não sou mais capaz de conter o choro. – Sempre fui seu Dom no quarto, mas é você que domina a minha vida, você e a Blue.”



SÉRIE THE ORIGINALS
Saiba mais aqui




Sobre a Autora:

Andy Collins é um pseudônimo usado pela autora brasileira. Sua primeira obra publicada foi INSANO, primeiro livro da série Originals, que começou a ser postado na Plataforma Wattpad e depois passou a ser publicado pela Editora PL. Desde então, a autora já publicou de forma independente várias obras. Entre elas está FENOMENAL e COLATERAL – primeiro livro e segundo livro da série Willers Family – e o conto dark ELA ESTÁ SOZINHA.










Deixe um comentário: