Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e "grande" (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família.

Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.


Ficha Técnica:
Páginas: 328 | Gênero: Drama; Ficção; Infantojuvenil; Literatura Estrangeira; Romance | Formato: Impresso; Digital | Edição: 1ª | ISBN: 9788542801255 | Editora: Novo Século | Idioma: Português | Ano: 2014 | SKOOB


 



Que livro! Mesmo depois do término da leitura continuo com ele em meus pensamentos, pois me levou ao tempo de escola, na adolescência. Que delícia!


Eleanor é uma garota normal, mas não para os padrões da sociedade, devido a algumas de suas características: sempre vestida com roupas largas para esconder suas formas e com jeito diferente aos demais. Park é um típico adolescente, nem popular, nem nerd, apenas respeitado. Sem entender muito o porquê se preocupou com a garota esquisita nova, acreditando ser por dó e por saber que não fazia parte do padrão dos populares, ele dá lugar a ela ao seu lado no ônibus da escola, mesmo não se sentindo confortável com isto. Eleonor, que também não se sente confortável com a situação, e sem entender os motivos do rapaz, acaba aceitando a oferta. E ali, com o tempo e a vivência do dia a dia, eles começam a perceber coisas em comum. 

Entre palavras trocadas, conversas escondidas, livros e músicas, o envolvimento entre eles aumenta, e, aos poucos, Eleanor e Park começam a perceber que as diferenças que possuem não são tão importantes assim. Dessa amizade nasce uma paixão linda, porém, meio perturbada devido a alguns segredos de uma vida não tão boa vivida por um deles no ambiente familiar, e que pode afetar mais do que eles imaginam na vida dos dois.


“Não existem príncipes encantados, pensou ela. Não existem finais felizes. Ela olhou para Park. Dentro dos olhos verdes dele.Você salvou minha vida, ela tentou dizer. Não para sempre, não definitivamente. Provavelmente, só por certo tempo. Mas salvou minha vida, e agora eu sou sua. O que sou agora é seu. Para sempre.”

Uma história emocionante de amor imperfeito e inesquecível; um verdadeiro equilíbrio entre a luz e a escuridão. Uma trama envolvente que te prende do início ao fim e que te leva a rebobinar suas próprias histórias. E como eu poderia não concordar plenamente com meu amado John Green, autor de A culpa é das Estrelas, quando ele diz: "Eleanor & Park me lembrou não apenas de como é ser jovem e apaixonado, mas como é ser jovem e apaixonado por um livro."? Perfeito!



ONDE COMPRAR:    AMAZON    




Sobre a autora:

Rainbow Rowell escreve livros. Às vezes sobre adultos, às vezes sobre adolescentes. Mas sempre sobre pessoas que falam muito. E pessoas que sentem como se estragassem tudo. E pessoas que se apaixonam.

Quando não está escrevendo, Rainbow lê quadrinhos, planeja viagens à Disney e discute sobre coisas que, na realidade, não importam. Ela alcançou sucesso no mercado editorial com o bestseller Eleanor & Park.

Rainbow mora em Nebraska com seu marido e dois filhos.

Visite o site da autora: http://www.rainbowrowell.com/
















Deixe um comentário: