Sinopse: O que você faria ao acordar de um coma? Voltaria para a antiga realidade? Ou começaria algo novo?

Eden Jones tem 17 anos e o futuro todo planejado. Com o apoio dos pais amorosos, do irmão gêmeo que a entende como ninguém e de Lucille, a melhor amiga de todas, sonha em estudar em Nova York e se tornar uma grande bailarina.

Então seu mundinho perfeito começa a desmoronar... Além de não se sair bem no primeiro teste para um balé importante, fica sem chão quando Lucille e seu irmão escondem dela que estão namorando.

Mas o destino achou que isso não era o bastante.

Eden passa por uma incrível experiência de quase morte, porém volta com muitas perguntas e não consegue retomar a vida.

As alucinações com flores negras e com a garota em coma na mesma ala do hospital onde esteve internada a levam a Joe, e só aí ela entende que não ter o controle das coisas pode ser libertador.


Ficha Técnica:
Páginas: 272 | Gênero: Ficção; Jovem Adulto; Literatura Estrangeira; Romance |  Formato: Digital; Impresso | Edição: 1ª | ISBN: 9788580417388 | Idioma: Português | Ano: 2018 | Editora: Arqueiro | SKOOB




Sonhos em Flor é mais um romance adolescente, mas com um enredo que tem um pouco de mistério e que prendeu mais a minha atenção. Será aquele esquema, conto um pouquinho da história e depois vem a minha opinião. Vamos lá?!


Eden Jones é uma jovem de 17 anos com uma vida toda planejada. Ela quer ser uma grande bailarina e seus pais, seu irmão gêmeo e sua melhor amiga a apoiam em tudo. Até que um belo dia, ela foi se encontrar com sua amiga em um lugar que elas adoravam, perto do rio. Contudo, nesse dia uma fatalidade aconteceu.... Nas pedras próximo ao rio, Eden escorrega, bate a cabeça e cai na água, e sua amiga se desespera para salvá-la.

Um mês depois, Eden acorda do coma sem saber exatamente tudo o que aconteceu, com sonhos estranhos com uma garota que ela não conhece e rosas negras. Até que ela descobre que a menina que não saía de seus pensamentos é a mesma que está em coma ao seu lado. E agora fica aquela pergunta: Porque esses sonhos?


“O tempo está passando muito, muito depressa, enquanto eu fico absolutamente imóvel. Além disso, desde que tive alta, não fui a lugar nenhum, a não ser ao hospital para fazer fisioterapia e me sentar ao lado da cama de Jasmine Vasquez à medida que ela definha. Tenho consciência de que isso é burrice e é por isso que estou aqui hoje e que vou tentar voltar para a escola amanhã. Estou consciente e venho “prosperando”. Graças a isso, aliado ao fato de eu ter implorado, meus pais acabaram concordando.”

“Algo, porém, estremece dentro de mim e percorre um caminho do meu umbigo até minha garganta. Algo que diz que estou absolutamente deslocada ali, que não tenho mais nada a ver com aquilo tudo. E parece que Digby, Lucille e Wren têm a mesma sensação, porque passamos todo o restante do jantar em silêncio.”

Sem mais detalhes para a história não perder o mistério que a envolve. Porém, confesso, que o início foi um pouco parado, com aquele drama de adolescente, do tipo “qual o sentido da minha vida”, “o que fazer a partir de agora”, e isso deixou os primeiros capítulos um pouco enfadonhos. Depois, quando Eden começa a pesquisar mais sobre as incógnitas de seus sonhos e um certo romance que vai se desenvolvendo, é que a história começa a ficar mais interessante. E aí sim me vi totalmente envolvida com a leitura, queria acabar logo para saber como tudo se resolveria. 


“- Que ela vai voltar? - concluo.
Não sei. E também não sei se quero. Se ela voltar, perco Joe. Se não voltar, perco Joe. Aonde será que tudo isso vai me levar? Não quero ficar sem Joe, principalmente agora, quando estou sentindo o cabelo dele fazer cócegas no dorso da minha mão e enviando ondas de choque que se espalham pelo meu corpo. Acho que o amo. Acho que é bem possível. E isso é um verdadeiro desastre.”

No fim, Sonhos em Flor é uma leitura que vale a pena, a autora criou um enredo bem interessante (mesmo que só do meio para o final) e que me deixou pensando sobre experiências de quase morte. E o romance de Eden e Joe é daqueles que deixam a gente sofrendo junto com os personagens e no final suspirando de amores. Uma obra que valeu a persistência na leitura. O final é surpreendente e lindo!





Onde comprar:
     AMAZON        SARAIVA        LIVRARIA CULTURA        LIVRARIA DA TRAVESSA        FNAC   










Sobre a autora:

Estelle Laure é fã do escritor Kurt Vonnegut e acredita no amor, na magia e no poder de encarar verdades difíceis. Possui bacharelado em artes cênicas e mestrado em literatura para crianças e jovens adultos na Faculdade Vermont de Belas-Artes. Mora em Tao, no Novo México, com os dois filhos.

Sonhos em flor é a continuação de Essa luz tão brilhante, seu livro de estreia que já foi publicado em 15 países. 














Deixe um comentário: