Oi, gente!

Recentemente finalizei a leitura do terceiro livro da trilogia A Sina dos Sete, e então resolvi vir  dividir com vocês tudo o que eu achei dela. Aqui no blog já tem as resenhas dos três livros, para ler basta clicar aqui.

A Sina dos Sete é uma trilogia de autoria de Nora Roberts, uma autora fantástica que já vendeu mais de 500 milhões de livros no mundo. A trilogia, composta pelos livros Irmãos de Sangue, A Maldição de Hollow e a Pedra Pagã, foi publicada aqui no Brasil pela Editora Arqueiro, que também já publicou outras obras da autora: Quarteto das Noivas, Trilogia Primos O'Dwyer, Trilogia A Pousada, Série Os Guardiões.

A trilogia me surpreendeu de maneira agradável. Sou fã de histórias de terror, e quando misturadas com aquela pitada de romance, chega perto da perfeição. Com personagens cativantes, intensos e incomparáveis, cada história teve suas peculiaridades que prenderam minha atenção e despertaram um interesse grandioso. Com um enredo incrivelmente fascinante e assustador, o clima do sobrenatural e suspense na dose ideal fez a viagem se tornar realista a ponto de sentir medo e não ter coragem de ler o livro de noite (rs). Apesar de ter sentido falta de mais detalhes em algumas explicações, a trilogia teve um desfecho de arrepiar e se emocionar, mostrando que família, amizade e amor são invencíveis.

Suspense, terror, mistério, romance, fantasia e uma narrativa instigante, essa trilogia tem tudo para conquistar todos os leitores que curtem esses elementos em uma leitura. Mas, se esse tipo de livro não é muito a sua praia, te garanto que vale a pena sair da zona de conforto e se arriscar na leitura. Tenho certeza de que não irá se arrepender!


A TRILOGIA


Sinopse: A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca.

Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra.

Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa,
Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade.

Em Irmãos de sangue, Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal.

   RESENHA         NO SKOOB         COMPRE NA AMAZON      


Sinopse: Quando tinham apenas 10 anos, Fox, Cal e Gage libertaram um demônio aprisionado havia séculos ao fazerem um pacto de sangue sobre a Pedra Pagã. O inocente ritual deu poderes sobrenaturais aos três jovens, mas lançou uma terrível maldição sobre Hawkins Hollow: a cada sete anos, a cidade é dominada por atos de loucura, violência e destruição.

Vinte e um anos depois, esses irmãos de sangue começam a enfrentar mais um ciclo de batalhas contra o demônio, que terá seu auge no sétimo mês. Mas desta vez não estarão sozinhos: ao lado do trio de amigos estão Quinn, Layla e Cybil, três mulheres corajosas ligadas a eles pelo destino.

Fox O’Dell, o advogado da cidade, é capaz de ler mentes, um talento que compartilha com Layla Darnell. A conexão entre eles pode se tornar o trunfo de que o grupo precisa para derrotar as trevas que ameaçam engolir a cidade. Porém, Layla está tendo dificuldade em lidar com sua recém-descoberta habilidade e com a forte atração que sente por Fox.

Em A maldição de Hollow, Nora Roberts dá continuidade à trilogia A Sina do Sete e prepara o leitor para o emocionante clímax dessa batalha sobrenatural em busca da salvação de uma pequena cidade.

   RESENHA         NO SKOOB         COMPRE NA AMAZON      



Sinopse: Partilhando visões de morte e fogo, os irmãos de sangue Cal, Fox e Gage e as mulheres ligadas a eles pelo destino, Quinn, Layla e Cybil, não podem ignorar o fato de que o demônio está mais forte do que nunca e que a batalha final pela cidade de Hawkins Hollow está a poucos meses de acontecer.

A boa notícia é que eles conseguiram a arma necessária para deter o inimigo ao unir os três pedaços de jaspe-sanguíneo. A má notícia é que ainda não sabem como usá-la e o tempo está se esgotando.
Compartilhando o dom de ver o futuro, Cybil e Gage podem descobrir a resposta para esse enigma se trabalharem juntos. Só que, além de não terem nada em comum, os dois se recusam a ceder aos próprios sentimentos. Um jogador profissional como Gage sabe que se entregar a uma mulher como Cybil – com a inteligência, a força e a beleza devastadora dela – pode ser uma aposta muito alta. E qualquer erro de estratégia pode significar a diferença entre o apocalipse e o fim do pesadelo para Hawkins Hollow.

Em A Pedra Pagã, Nora Roberts encerra a emocionante trilogia A Sina do Sete, uma história sobre família, amor e amizade que consegue arrancar arrepios e suspiros de seus leitores. 

   RESENHA         NO SKOOB         COMPRE NA AMAZON   




Sobre a autora:

Nora Roberts começou a escrever em 1979. Depois de várias rejeições, seu primeiro livro, Almas em chamas, foi publicado em 1981. Desde então, ela não parou mais.

Sucesso em todo o mundo, Nora já escreveu mais de 200 livros, publicados em mais de 35 países e traduzidos para 25 idiomas. Em seu lançamento, Um novo amanhãÁlbum de casamentoBruxa da noiteFeitiço da sombra e Magia do sangue (todos publicados pela Arqueiro) foram direto para o primeiro lugar da lista de mais vendidos do The New York Times, na qual Nora é presença constante.

Nora tem mais de 500 milhões de livros vendidos e foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame. Também recebeu diversos prêmios, entre eles o Golden Medallion, da Romance Writers of America, o RITA e o Quill. A revista The New Yorker já a chamou de “a romancista favorita dos Estados Unidos”.









Deixe um comentário: