Nerezza, a deusa da escuridão, ainda não desistiu de obter as Estrelas da Sorte e destruir todos os mundos. As Estrelas de Fogo e de Água já foram recuperadas pelos seis guardiões, mas resta a Estrela de Gelo, e a batalha atingirá seu clímax.

Doyle McCleary, o espadachim imortal, prometeu nunca mais voltar para casa. No entanto, quando a procura pela última estrela o leva ao condado de Clare, na Irlanda, ele deve encarar o passado. Três séculos atrás, uma tragédia o obrigou a fechar o coração para o amor, sobrando em seu peito apenas morte e solidão. Sua natureza selvagem só não é mais intensa que a de Riley... e da loba que há dentro dela.

Arqueóloga e licantropa, a Dra. Riley Gwin não se rebaixa a ninguém. Fechada em sua biblioteca, em busca da misteriosa Ilha de Vidro, ela tenta negar a forte atração que sente por Doyle. Afinal, a última coisa de que precisa é uma distração.

À medida que o último desafio dos guardiões se aproxima, a loba e o imortal têm que unir forças pela vida de seus amigos. Com Nerezza recuperada e furiosa, os dois vão descobrir que a melhor arma para dar fim à escuridão talvez seja o amor.

Ficha Técnica da obra:
Páginas: 288 | Gênero: Fantasia; Ficção; Literatura Estrangeira; Romance | Formato: Digital; Impresso | Edição: 1ª | ISBN: 9788580419009 | Editora: Arqueiro | Idioma: Português | Ano: 2018 | SKOOB

   COMPRE AQUI!   




Então, o grand finale chegou. Eu ansiava muito por este livro, e quando finalmente chegou, me peguei com dó de ler (risos). Sabe aquela sensação triste de saber que não terá mais as aventuras e romances cheios de “loucura” para te consolar num dia maravilhoso de leitura? Então, essa tristeza me pegou quando comecei a ler as primeiras páginas de Ilha de Vidro. Porém, confesso que tal tristeza foi substituída pela ansiedade máster de conhecer o final dessa história tão incrível, e a ansiedade foi substituída pela satisfação conforme as páginas iam sendo viradas. 

No terceiro e último livro da trilogia Os Guardiões, Narezza, a deusa da escuridão, está mais decidida do que nunca a encontrar as estrelas da sorte e com isso conseguir destruir todos os mundos. Porém, seu trabalho não será nada fácil. Já com as estrelas de fogo e de água recuperadas e bem guardadas, os guardiões irão fazer o impossível para recuperarem a estrela de gelo e assim salvarem o mundo das maldades imensuráveis de Narezza. 


“Haverá mais uma batalha, mais sangue será derramado. Nerezza e o demônio que ela criou querem mais do que as estrelas, mais do que a morte dos guardiões. Querem aniquilação.” 

O romance fica por conta desse casal mara, Doyle e Riley. 

Doyle McCleary, conhecido como o espadachim imortal, depois de uma promessa a si mesmo de nunca mais voltar para casa, o passado se faz presente e ele se vê “obrigado” a voltar para o condado de Clare, na Irlanda. E mesmo com o coração fechado para o amor há três séculos, uma tal loba é a única que poderá abrir esse cadeado. 

Dra. Riley Gwin, a arqueóloga e licantropa, tinhosa como ela só, não se deixa se levar por nada e muito menos por ninguém. Focada a encontrar a última estrela, ela não quer nenhuma distração, no entanto, muito mais do que gostaria de admitir, um espadachim acaba despertando sensações e sentimentos que a dra. gostaria muito que não existissem, mas contra isso ela não pode lutar. 


"Olhe para o passado para encontrar o futuro.
Ela espera na escuridão, fria e imóvel.
Sangue do sangue a libertará. E então o gelo arderá,
Brilhante como um sol."

Nora Roberts, como sempre, construiu uma história de fazer arrepiar em vários sentidos. Toda a fantasia, a magia, os seres místicos, tudo aquilo que fica por conta da nossa imaginação, fez com que a história dos guardiões se tornasse ainda mais esplendorosa e contagiante. A mistura de momentos horripilantes e tensos com os momentos românticos e leves, deixou toda a trama ainda mais interessante. 

O desfecho foi incrível, sério, mesmo esperando um final à altura de toda a trilogia, fui surpreendida com um final maravilhoso. Tudo devidamente explicado, amarradinho, não deixou um furo e nada a desejar. 

E então, depois de lidar com o mal em sua pior versão, todos percebem que a maior arma para eliminar o mal sempre será o amor. 

Sem palavras para essa série. Simplesmente MA-RA-VI-LHO-SA!



Leia também a resenha dos outros livros da trilogia:
 ESTRELAS DA SORTE, LIVRO 01




Sobre a autora: Nora Roberts começou a escrever em 1979. Depois de várias rejeições, seu primeiro livro, Almas em chamas, foi publicado em 1981. Desde então, ela não parou mais.

Sucesso em todo o mundo, Nora já escreveu mais de 200 livros, publicados em mais de 35 países e traduzidos para 25 idiomas. Em seu lançamento, Um novo amanhã, Álbum de casamento, Bruxa da noite, Feitiço da sombrae Magia do sangue (todos publicados pela Arqueiro) foram direto para o primeiro lugar da lista de mais vendidos do The New York Times, na qual Nora é presença constante.

Nora tem mais de 500 milhões de livros vendidos e foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame. Também recebeu diversos prêmios, entre eles o Golden Medallion, da Romance Writers of America, o RITA e o Quill. A revista The New Yorker já a chamou de “a romancista favorita dos Estados Unidos”.











Deixe um comentário: